Contra a crise, Lula põe mais R$ 130 bi no PAC | Fábio Campana

Contra a crise, Lula põe mais R$ 130 bi no PAC

lula-mt-pac

Na onda das más notícias, em particular a queda da produção industrial brasileira em 12,4% em dezembro de 2008, o governo federal vai reforçar o PAC. Os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) hoje mostraram o pior resultado na indústria desde 1991, quando começou a série histórica da pesquisa.

Como parte da estratégia do governo para combater os efeitos da crise econômica, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, anuncia amanhã um aumento de cerca de R$ 130 bilhões nos investimentos públicos e privados do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) até o final do governo. O valor representa um aumento em torno de 26% na estimativa feita no lançamento do programa, há dois anos.

Em uma série de conversas nos últimos dias, Lula e Dilma têm cobrado dos outros ministros maior empenho para acelerar o gasto do dinheiro previsto para as obras do PAC.


6 comentários

  1. O MALA
    terça-feira, 3 de fevereiro de 2009 – 23:00 hs

    Antes da realidade no mercado havia um excesso de recursos virtual, sem lastro e cobertura, impulsionando a demanda por produtos e inflacionando as “comodites” beneficiando o Brasil e os demais países emergentes.
    Os superávits comercial, os recordes de arrecadação de tributos vivido na euforia, na êxtase consumista, sofre a descendência.
    84% da população aprovam o governo Lula, méritos em razão do controle da inflação na casa de dois dígitos, aliado ao assistencialismo oriundos do FHC.
    Mas, enfim, o Brasil perdeu a oportunidade de implementar reformas essenciais, tributárias, que pudessem fortalecer as empresas e mordenizassem os parques fabris, para o tempo de vacas magras, tornando as mais competitivas.

    O petróleo por um certo tempo foi vilão, preços inaceitáveis. Estamos retomando o curso normal, haverá situações complicadas aos que perderam suas rendas seus empregos, mas nada como o tempo para restaurar as perdas momentâneas.
    O PAC, nesse momento é um instrumento paliativo, a força de trabalho ociosa são aquelas dependentes do mercado externo, da globalização, muitos terão de fazer como os chineses, quiçá voltarem para roça.

  2. Giovani
    quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 – 9:51 hs

    O MALA, temos que lembrar que enquanto o Congresso atuava de forma teatral nas tentativas de minar governo com suas CPIs inocuas, a pauta do congresso ficou travada, com o bloqueio nas reformas necessárias e, ainda, por um determinado período, vivemos a inversão patética de função com um Legislativo (congresso) tentando atuar como o judiciário o que forçou o governo a emitir medidas provisórias, enqto a panacéia teatral nao acabava.
    Por fim, a medida tenderá a esquentar o mercado interno, principalmente, por se tratar da construção civil. De tudo, o que mais parece incomodar é que o governo tem dados respostas com resultado positivo (po´rem modestas) ao invés do famoso entreguismo que assolou o país.

  3. quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 – 10:17 hs

    AVALIAÇÃO DO PAC “PROGRAMA DE ANUCIOS CASCATA´´
    VEJA O QUE LULA INFORMOU EM 29 DE JANEIRO DE 2007 (publicado na pagina da COFECOM) – “O PAC espera dispor nos próximos 4 anos de um montante em torno de R$ 504 bilhões, entre investimentos públicos e privados, para investir no país. E a expectativa é que com o Programa possa proporcionar um crescimento de pelo menos um crescimento de 4,5% em 2007 e 5% ao ano entre 2008 e 2010 do Produto Interno Bruto (PIB). Dos investimentos previstos, R$ 300 bilhões sairão do Orçamento da União e das estatais. O restante virá da iniciativa privada´´.
    – Segundo avaliação Ministerial, nesta segunda (02/02/09), mais de 60 % das obras do PAC, estão em atraso. Parte das obras estão paradas por falta de liberação de recursos, outro tanto estão emperradas na licitação e grande parte nem saiu do papel.
    Agora gostaria de saber por que deste anuncio. Se nem o que foi previsto e programado esta sendo cumprido??
    Acredito que LULA deveria deixar a ´´MÃE DO PAC´´ cuidar dos PAQUINHOS anunciados em 2007, para que o PAC não vire um PROGRAMA DE ANUNCIOS CASCATAS (NOVO PAC)
    http://blogvaldiritambe.spaces.live.com

  4. perseguidor
    quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 – 10:46 hs

    O QUE A SIGLA PAC REALMENTE SIGNIFICA?

    Peeling Aplicado na Coroa

    Programa de Auto-limpeza da Cara

    Privilegiar Aparência da Candidata

    Programa de Aceleração da Cirurgia

    Plástica de Adequação da “Companheira”

    Programa de Alavancagem da Candidata

    Perfil Aceitável da “Companheira”

    Pregas Arregaçadas e Costuradas

  5. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 – 13:04 hs

    Duplinha de mentirosos, Lula e Dilma.
    A CBN, na abertura do jornal das 12:00 deu em manchete que NÃO HÁ DINHEIRO NOVO PARA OBRAS DO PAC, ou seja, é tudo metira, pegam obras que já estavam programadas e anunciam como algo novo.

  6. jango
    quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009 – 16:43 hs

    E adianta por mais 150 bi no PAC se até agora nem 30 % foi repassado, conforme noticiado pela mídia, devido à incompetência dos gerentes governamentais de Lula que não sabem o que fazer com tanto dinheiro ? Onde estão as obras, gente ? ONDE AS OBRAS EM ANDAMENTO, ALOPRADOS DESTE PAÍS ?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*