Zezé evita fechamento de Farmácia Popular em Araucária | Fábio Campana

Zezé evita fechamento de Farmácia Popular em Araucária

O prefeito Albanor Zezé Gomes corre contra o tempo para evitar que a Farmácia Popular de Araucária feche suas portas. Além da população ficar sem remédio com descontos que vão de 50 a 90%, a unidade pode deixar de atender mais de 300 pessoas por dia.

Segundo o secretário municipal de Saúde e médico, Haroldo Ferreira, a decisão de fechar a Farmácia Popular foi anunciada pelo Ministério de Saúde no final do ano passado – visto que as condições de atendimento não estavam sendo cumpridas pela gestão anterior, conforme determina o programa.


Para resolver parte do problema, a Prefeitura deverá encaminhar ainda esta semana, uma proposta de reformulação para continuar mantendo o programa na cidade. “Despesa com saúde é um dos itens que mais pesam no orçamento familiar. Sabemos da realidade do nosso cidadão. Por isso manteremos a Farmácia aberta. Estamos solicitando um prazo de 60 dias ao Ministério da Saúde para reavaliarmos a situação e evitar que a farmácia seja fechada”, explica o secretário.

De acordo com Ferreira, atualmente a unidade funciona num local de difícil acesso para a maioria da população. “Também queremos indicar um novo local para instalar a Farmácia”, completa. O secretário explica ainda que é a Prefeitura que administra a Farmácia Popular, pagando o aluguel e mantendo uma equipe de atendimento no local.


3 comentários

  1. Mauricio
    terça-feira, 20 de janeiro de 2009 – 12:53 hs

    Zezé, sem dúvidas, terá um desafio e tanto em se tratando de saúde na Cidade-Símbolo. Lá, a saúde era de verás fraca na época de Olizandro. O NIS, praticamente o único pronto-socorro da cidade, vivia lotado, havia falta de medicamentos, e ainda tinha gente que reclamava do péssimo atendimento dos funcionários da Saúde.
    Alias Zezé, mais do que qualquer Pemedebista araucáriense esbanja carisma para trabalhar com os funcionários da prefeitura e as pessoas próximas do poder na cidade, visto que foi eleito, muito graças ao apoio destes.
    Ps. Por favor, não apaguem mais os meus comentários, minha intenção é discutir Araucária em auto nível, e aqui ainda me sinto a vontade para fazê-lo.

  2. LINEU TOMASS
    terça-feira, 20 de janeiro de 2009 – 14:23 hs

    FABIO.

    É O FIM DA PICADA.

    ORA, SE O PREFEITO ANTERIOR NÃO CUMPRIU AS NORMAS DE CONTROLE, OU SEI LÁ O QUE O MINISTÉRIO DA SAÚDE ALEGA, QUE SE ABRA UM INQUÉRITO E SE RESPONSABILIZE OS CULPADOS.

    NÃO, E NÃO SE PODE AGORA, OU MESMO NO PASSADO FECHAR A FARMACIA, POR CULPA DE QUALQUER “ZÉ MANÉ” QUE NÃO CUMPRIU A LEI, PIPOCAS!

    PERGUNTO; O MINISTÉRIO DA SAÚDE VAI FICAR CONIVENTE COM ESTAS IRREGULARIDES QUE ELE APONTOU?

    FABIO. ESTÁ DIFÍCIL, MUITO DIFÍCIL DE ENTENDER O QUE PASSA NA CABEÇA DESSA GENTE AÍ.

    OU TEM MUITA “CONFUSÃO” NESTE CASO?

    LINEU TOMASS.

  3. TÔ REVOLTADO !!!!!!
    quarta-feira, 8 de abril de 2009 – 9:12 hs

    PEDE PRA ESSE TAL DE AROLDOI EXPLICAR QUENTOS MÉDICOS VÃO FALTAR À PARTIR DO MÊS DE MAIO ( MAIS DE 30 ), PEDE PRA ELE EXPLICAR PORQUE O HOSPITAL SÃO VICENTE DE PAULA NÃO RECEBER AINDA O “REPASSE” MENSAL PARA ATENDIMENTO AOS NECESSITADOS, E TAMBÉM PERGUNTE A ELE SE O HOSPITAL MUNICIPAL QUE ATENDO MUITOS NECESSITADOS E PESSOAS IGUAIS A MIM QUE NÃO PODE PAGAR PLANO DE SAÚDE, VAI SER CONSULTADO E INTERNADO QUANDO PRECISAR, CLARO ELE VAI MANDAR PRA CURITIBA É MAIS FÁCIL SE LIVRAR DOS ARAUCARIENSE QUE PRECISAM DE AJUDA NESSE MOMENTO, ENTÃO ME RESPONDA ONDE EU VOU BUSCAR AJUDA SENÃO ÀS LIDERANÇAS DO MUNICIPIO…….PELO JEITO É MAIS FÁCIL PEDIR AJUDA NA PREFEITURA DE CURITIBA……….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*