Uma história cabeluda de desvio de R$ 10 milhões em Araucária | Fábio Campana

Uma história cabeluda de desvio de R$ 10 milhões em Araucária

Uma história que vem do passado. A Prefeitura de Araucária renegocia dívida com a Agência de Fomento do Paraná no valor de R$ 10 milhões – referente a um empréstimo financeiro. Na época, a Prefeitura usou o dinheiro para adquirir uma área para a instalação de uma grande indústria no município – a CISA-CSN.

Segundo o presidente da Companhia de Desenvolvimento de Araucária (Codar), Geraldo Budziak, a Prefeitura já pagou parte da dívida e vai liquidar o restante, cerca de R$ 2 milhões anuais nos próximos quatro anos. O presidente explicou que o pagamento total da dívida não foi possível antes, pois não estava previsto no orçamento da administração passada.

Cabe a pergunta: o prefeito Zezé Gomes deve pagar o restante ou contestar o empréstimo, seu valor e o destino do dinheiro? Afinal, R$ 10 milhões fazem falta em Araucária para educação, saúde e outros programas de geração de empregos.


3 comentários

  1. araucariaa para tds
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 17:26 hs

    Isso foi na época de quem??
    riziooo???

  2. Jão
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 17:39 hs

    NA ÉPOCA DO RÍZIO WACHOWICZ, O PREFEITO NA ÉPOCA (1997-2000). TUDO ERA PERMITIDO. NÃO EXISTIA, POR EXEMPLO, A LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL. E COMO TODOS SABEM ELE METEU A MÃO NOS COFRES PÚBLICOS. PORÉM, NADA FOI FEITO. E COMO SEMPRE QUEM PAGA A CONTA É O POVO…

  3. lesado
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 11:03 hs

    Sempre quem paga a conta é o povo,mas em alguns casos os investidores que não deixam de ser povo,também pagam a conta, tal como os da Megacred,rsrsrsrsrs.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*