Sarney promete ao DEM cargo e verbas de R$ 2 bi | Fábio Campana

Sarney promete ao DEM cargo e verbas de R$ 2 bi

De Josias de Souza, na Folha Online:

Candidato do PMDB à presidência do Senado, José Sarney comprometeu-se a entregar para o DEM um dos cargos mais cobiçados da Mesa diretora. Chama-se primeira secretaria. Cuida da administração do Senado. Gere um orçamento anual de mais de R$ 2 bilhões.

Passam pela mesa do primeiro secretário: a folha salarial do Senado, contratos milionários de aquisição de bens e serviços, viagens dos senadores, verbas de gabinete, gestão de apartamentos funcionais e um interminável etc.

Hoje, a primeira secretaria é comandada pelo senador ‘demo’ Efraim Morais (PB). Deve passar às mãos de Heráclito Fortes (DEM-PI).

Sob Efraim, o Ministério Público abriu pelo menos cinco investigações. Envolvem da contatação irregular de servidores terceirizados a supostas fraudes em contratos.

Heráclito, o provável substituto de Efraim, deixará a presidência da Comissão de Relações Exteriores, reivindicada pelo PSDB, que planeja entregá-la a Eduardo Azeredo (MG).

Rival de Sarney na disputa pelo comando do Senado, o petista Tião Viana (AC) ofereceu a Primeira Secretaria ao PSDB.

A oferta foi vista como uma tentativa de Tião de provocar cizânia na seara oposicionista, indispondo o PSDB com o DEM.

O tucanato prefere ocupar na Mesa o cargo de primeiro vice-presidente, a ser entregue a Marconi Perilo (PSDB-GO).

Depois da primeira secretaria, por ordem de importância, o DEM reivindica a presidência da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça).

A pretensão submete Sarney e o centro-avante da candidatura dele, Renan Calheiros (PMDB-AL), a uma constrangedora saia justa.

Depois de mandar à cucuia a recandidatura de Garibaldi Alves (PMDB-RN), Renan e Sarney acenaram com a hipótese de acomodá-lo num posto de primeira grandeza.

Garibaldi ambiciona justamente a CCJ, comissão da qual os ‘demos’ não abrem mão. Sarney tem dificuldades para contrariar o DEM, seu parceiro de primeira hora.

Renan coordena, em nome de Sarney, a negociação dos cargos com os líderes dos demais partidos. Torra os miolos para arrumar uma acomodação para Garibaldi.


8 comentários

  1. SYLVIO SEBASTIANI
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 9:46 hs

    ESILO SARNEY PARA VENCER !

  2. Almasor Abbas Adilah
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 10:12 hs

    Ele é o “SUPER HOMEM” expresso na obra de Friedrich Nietzsche!

    De líder da UDN e ex-presidente da Arena a presidente do país pelo principal partido de oposição a ditadura (PMDB), conselheiro do FHC e hoje um dos principais mentores do governo Lula, além do fato de ser um dos poucos brasileiros a fazer parte do Clube de Roma.

    Friedrich Nietzsche:

    “Um político divide os seres humanos em duas classes: instrumentos e inimigos.”

    “A moralidade é o instinto do rebanho no indivíduo.”

    “Aquilo que não me destrói fortalece-me”

    “As convicções são cárceres.”

    “Há homens que já nascem póstumos.”

  3. Nego Veio
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 10:46 hs

    Meu DEUS, como aprendemos cada vez mais com estas raposas,um velho quase morto que fez uma mer…de governo, e,mesmo assim a panacada de senadores aliam-se a este déspota para levá-lo ao cargo que tanto já se locupletou.Os bons exemplos na família já o denunciam, a filha quase presa por ocultar dinheiro ilícito,claro não deu em nada,era a filha do Zé, o filho(Zéquinha) ,está enrolado até o pescoço por suas artimanhas na esplanada,corrupção etc…Ninguém pára esta família de víboras,vejam o seu estado,Maranhão,somente a família dele prospera os demais habitantes são seus servidores ou lacaios,é nojento ver e ter que conviver com tudo isso…

  4. Todos companheiros
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 12:13 hs

    É muito interessante ver como que funciona a política.
    Lula (PT) apóia Sarney (PMDB), Sarney quer o apoio do DEM, para isso pretende colocar Heráclito Fortes (DEM) na mesa diretora.
    Mas como fica essa história, se o DEM é oposição ao PT??
    O será que a oposição do DEM no Senado é a mesma de Rossoni (PSDB) ao Requião (PMDB) aqui no Paraná??
    Então estamos todos juntos??
    Isso que chamamos de política dos companheiros.
    Então somos todos companheiros!!!
    Viva!!

  5. ricardo
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 12:15 hs

    Meu Deus!!!
    Será que todo mundo esqueceu quem foi (e quem é) Sarney?????
    Os senadores não podem deixar esse crápula assumir um cargo tão importante, não se pode dar as costas à História…
    Faço um apelo aos senadores do PR, votem contra esse representante da velha política…

  6. Zé do Coco
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 14:12 hs

    Esse aí foi um dos piores presidentes que o Brasil já teve. Deixou terra arrasada para seus sucessores, graças à sua monumental incompetência e desídia.

  7. Astrogildo
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 17:06 hs

    Esse cargo de presidente do senado vai ser muito importante devido ao estado de saude do José Alencar, e o Sarney articulando pra ser dele.

  8. LINEU TOMASS
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 21:23 hs

    VIVA A REPÚBLICA DOENTE, FISIOLÓGICA E EM CRISE PERMANENTE.

    LINEU TOMASS.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*