Sai habeas corpus para Sandro Mendes, de Almirante Tamandaré | Fábio Campana

Sai habeas corpus para Sandro Mendes, de Almirante Tamandaré

Saiu o habeas corpus para Sandro Mendes, secretário de Assuntos Estratégicos do prefeito de Almirante Tamandaré, Vilson Goinski, do PMDB. Na segunda-feira, Às 14h30, o prefeito Vilson Goinski dará entrevista coletiva sobre a situação do hospital em Almirante Tamandaré e todo o caso.


6 comentários

  1. PARANÁ
    quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 17:13 hs

    com toda certeza agora em liberdade, SANDRO vai provar sua inocência, e os acusadores terão que responder por esta irresponsábilidade práticada, a politicagem de opositores de plantão terá que ser apurada, e os responsáveis terão que serem punidos por estas caluneas.
    agora é momento de curtir a sua familia, DEUS nunca abandona as pessoas, principalmente as de bem que é o seu caso, um forte abraço conpanheiro,

  2. Massilon
    quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 18:03 hs

    Parabéns ao Tribunal de Justiça do Paraná e seus desembargadores pela correção e lisura em suas decisões,corrigi se uma injustiça e o injustiçado pode provar sua inocência.

  3. Antonio
    quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 18:07 hs

    secretario de assuntos estrategicos, precisa rever suas estrategias pq esta do desvio do hospital não foi bem estrategica, pois lhe rendeu 36 dias de cana, por sinal foi pouco e pq so para ele, e os demais estrategistas?

  4. eleitora feliz
    quinta-feira, 22 de janeiro de 2009 – 19:44 hs

    justiça foi feita!!!!!

  5. renegado
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:39 hs

    Que que é isso companheiros. como sempre tudo acaba em pizza.

  6. EoO
    domingo, 25 de janeiro de 2009 – 19:35 hs

    Pessoal Apenas o habeas corpus foi concedido..
    POR TANTO Parem de comemorar,
    Isso naum quer dizer nada se SandrO é inocente ou Não!!!

    QueroO ver ser provada realmente sua inocencia..

    SE naum q volta prO lugar que deve!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*