Requião amplia o escritório de Brasília para o irmão Eduardo | Fábio Campana

Requião amplia o escritório de Brasília para o irmão Eduardo

requiao1309082

Eduardo Requião é o secretário da Representação do Paraná em Brasília. O mano do governador mandou reequipar o escritório e abrir vagas para a turma de assessores que Eduardo vai levar para Brasília. Serão sete novos felizes ocupantes de uma sinecura na capital da República. O escritório passa a ter 27 funcionários para atender o mano do peito que não pode continuar como suserano do porto de Paranaguá porque a lei anti-nepotismo o impediu.

Juntos, os salários dos novos assessores chegarão a R$ 15.156 por mês. Os cargos a que o irmão do governador Roberto Requião (PMDB) terá direito de nomear são os de diretor-geral (R$ 4.790 de salário), chefe de gabinete (R$ 3.991) e outros cinco de assessoria (R$ 1.275 cada). Os dois primeiros serão remanejados da Casa Civil e os demais da Secretaria de Estado da Administração e Previdência. As determinações constam do Decreto 4.106/09 do governador, o mesmo que nomeou Eduardo secretário.
Cargo no DF seria sonho desde 2003

O novo secretário disse que vai morar na capital federal e que pretende viajar para Curitiba esporadicamente para visitar a família. Ele destacou que está finalizando um plano de gestão para a representação, que deve ser apresentado ao irmão na semana que vem. Eduardo diz que trabalha em duas propostas. A primeira teria duração de 18 meses e seria executada na hipótese de Requião ser candidato em 2010 e ter que renunciar ao cargo para disputar a eleição. A outra seria de 24 meses, caso ele não participe do pleito.


6 comentários

  1. jango
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 12:24 hs

    Porque só agora o Escritória se tornou “importante” ? É mais uma vez o Estado que está sendo usado para pretensões personalíssimas do governador e de seu irmão que talvez queira descolar uma candidatura para parlamentar, no caso, pralamentar, pois por onde passou no Estado nada produziu, ou melhor, só produziu confusão. Isto tudo está no custo do voto das ultimas eleições. Uma contabilidade que o povo precisa aprender, porque está indo sequencialmente à falência de seus interesses. Ou não ?

  2. Carlão
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 13:46 hs

    Requião , vc deve ter uma dívida alta com este teu irmão , faz tudo por ele !
    Mas é o povo do Paraná quem paga.

  3. Alessandro
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 14:28 hs

    Os novos cargos devem ser para mais alguns indolentes das famílias “Requião” e “Mello e Silva”.
    Assim como o Eduardo.

  4. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 18:40 hs

    Claro que vai ter mais funcionários, pois o lerdo do novo secretário não vai aparecer para trabalhar. Aquele apto. lá nos EUA deve ser bem melhor do que aguentar a chatice do ambiente de Brasília.

  5. divo juruna
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 21:25 hs

    o que o eduardo sabe que eu não sei?

  6. Fábio Max
    quarta-feira, 21 de janeiro de 2009 – 21:32 hs

    Para isso, o senhor Doiático não faz abaixo assinado não é?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*