Prefeitura quer acabar com o barulho das propagandas de rua | Fábio Campana

Prefeitura quer acabar com o barulho das propagandas de rua

barulho1

“Este é o carro do sonho que está passando”. Se é verdade que a propaganda é a alma do negócio, o “carro do sonho” vai passar por dias difíceis. Só este mês, a prefeitura notificou 29 proprietários de carros de som e empresas contratantes dos serviços de propaganda sonora.

As notificações fazem parte de uma ação conjunta da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e do Ministério Público para evitar a poluição sonora provocada por carros de sons. O uso de carros de som para fins comerciais é proibido por lei municipal e federal.

No ano passado, 49% das denúncias noturnas e 16% das denúncias diurnas recebidas pela prefeitura, eram de poluição sonora. Quem insistir receberá multa de R$ 5.700,00.


21 comentários

  1. Daniel Fernandes
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 15:53 hs

    Deveriam multar também as lojas que colocam amplificadores no último volume.
    Especialmente no centro da cidade existem infinitas lojas que usam desta tática promocional duvidosa e irritante.
    Se a loja faz este tipo de propaganda, eu BOICOTO.

  2. LEANDRO
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 16:13 hs

    Quem está trabalhando deveria abaixar um pouco o volume, principalmente quando para em um semáforo, agora o pior são os carros de passeio, cheio de cornetas e módulos de potência com som no último volume. Isso sim deveria ser punido!!!Mas eu DUVIDO que seja feito algo a respeito! Nossa autoridades são realmente…muito bunda moles!!!!ou seriam bundas mole!!!!Com esta mudança ortografica eu fiquei em dúvida, mas para ilustrar melhor…..são muito INÚTEIS.!!!!

  3. Ricardo Campelo
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 16:16 hs

    Concordo com o Daniel. Aqui no Centro há uma farmácia que passa a tarde com uma caixa de som vomitando em nossos ouvidos as suas ofertas.

    E lanço outra questão: esta lei não se aplica no período eleitoral, com relação aos candidatos? Ou somos obrigados a sofrer com anúncios eloquentes e jingles irritantes?

  4. Emerson
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 16:35 hs

    Ótimo. Deve a Prefeitura também iniciar a fiscalização de nossa versão da “Cidade Limpa” e fazer os proprietários de prédios (e locatários) retirarem as horríveis placas que deixam nossa cidade com aparência horrível.

  5. J. A. REZZARDI
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 16:40 hs

    Aqui em Pato Branco não é diferente. Vou levar essa sugestão ao prefeito Roberto Viganó. Eu faço questão de não comprar naquele estabelecimento que paga para fazer propaganda de rua com o som nas alturas. Vá catar coquinho com essa barulheira que só incomoda, nem dá pra gente entender o que está sendo anunciado. Xô!!!…

  6. terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 17:08 hs

    Resta ver se tal medida também alcançará nossos ilibados candidatos, quando época de eleição!!!
    Quando o assunto é voto , os coronéis disfarçados de políticos, em conluio com seu exército de “colaboradores partidários” desrespeitam toda a legislação, passam por cima de contratos e rasgam a moral: isso pode!!!
    Agora, os coitados que estão nos seus “carros de sonhos” batalhando para sobreviver e contribuir com seus impostos, são penalizados e obrigados a quem sabe…começarem a transgredir!!

  7. sílvia
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 17:09 hs

    Ótimo,pois os decibéis altíssimos e ruídos destas propagandas ineficientes contribuem para que as pessoas fiquem irritadas e mais neuróticas! Boicote às lojas!!!

  8. orlando
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 17:13 hs

    mais e o caminhoes de lojas tam bem va ser multados????

    a esqueci eles tem dinheiro entaun ao podem ser multado tam bem quem nao aceita uma doação em $$$$$

    eu acho q isso so vai atrapalhar os caras dos sonhos etc…

    e os das lojas humm

    esqueça q nunca vão ser multado

  9. sílvia
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 17:13 hs

    …sem contar que os funcionários que trabalham no interior dessas lojas sofrem mais do que nós transeuntes.Barulho causa perda auditiva,depressão,insônia,impotência sexual…

  10. orlando
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 17:14 hs

    mais e o caminhoes de lojas tam bem vai ser multados????

    a esqueci eles tem dinheiro entaun nao podem ser multado tam bem quem nao aceita uma doação em $$$$$

    eu acho q isso so vai atrapalhar os caras dos sonhos etc…

    e os das lojas humm

    esqueça q nunca vão ser multado

  11. luana cambará
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 20:40 hs

    tava na hora. mas bem que a prefeitura podia cumprir o decreto da publicidade externa, que ela mesma criou e não cumpre. e quando o beto sair candidato em 2010, não vai ter aquele jingle ridículo nas ruas???

  12. E As Harley
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 20:49 hs

    Concordo com esta atitude da prefeitura mas sugiro que o nosso prefeito motoqueiro multe tmb seus colegas harleiros que incomodam muito e nem ao menos estão trabalhando, que pena! Esqueci que a nata do Country esta imune, Salve Playboizada.

  13. Zé Ninguém
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 23:01 hs

    E por falar em som que incomoda , algum vereador poderia fazer um projeto de lei para regulamentar o serviço de vigilância de moto noturno , explico esses vigilantes que ficam passando a noite inteira com um apito ou buzinando e tirando o sono de todos da rua em que trabalha , chega a ser pior que aqueles mosquitinhos chatos, sugestão ao amigo do Lineu , que se coloque relógio ponto em determinados pontos da rua e eles que fiscalizem direito descendo da moto e fazendo uma ronda mais correta.

  14. Rui
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 0:59 hs

    Sem comentários o prefeito Beto esta saindo melhor que a incomenda, isso é porque ele não precisa vender sonhos e pasteis pra sobreviver.e nem precisa ir de onibus para o serviço.Como se diz “o povo tem memoria curta”

  15. Alekine
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 8:47 hs

    Aproveitando o ímpeto regulatório da PMC, sugiro que essa medida abrangesse os templos das seitas evangélicas.

  16. Fábio Max
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 10:18 hs

    Façam algo assim em Rio Branco do Sul, Itaperuçú, Almirante Tamandaré e cercanias, PELOAMORDEDEUS!!!!!

  17. biscoito
    domingo, 22 de março de 2009 – 20:56 hs

    acho q não se deve usar o radicalismo,é só questão de impor limite para o volume,e dexa os caras trabalhar em paz….simples….afinal é um trabalho digno como o de vcs….

  18. Apoiado
    domingo, 26 de julho de 2009 – 1:08 hs

    A verdade é que o tróço virou bagunça, ninguém conserta mais nada e fica nesse diz que disse, uns defendem outros reclamam, como eu que também sou contra mas como a bagunça está instituída como disse, fica na mesma e somos obrigados a ficar irritados e a conviver com essa podridão, com todo tipo de poluição especialmente a sonora que a tantos incomoda. O que fazer diante de tal situação? Os malditos carros do sonho estão por aí, tirando a paz do cidadão comum que nada quer além de sossêgo e dizer que ‘estes’ estão trabalhando para sustentar a casa? Por favor, a lei existe e deveria ser cumprida ou ao menos que fossem estabelecidos parâmetros suportáveis com fiscalização rígida que fizesse doer no bolso, além do mais, outros métodos de comércio podem ser utilizados e que não agridem ninguém. Eu da minha parte estou esgotadíssimo com os tais carros do sonho, a beira de um ataque de nervos!

  19. quarta-feira, 4 de julho de 2012 – 5:17 hs

    Aqui em Paracambi existe um jingle irritante da supergasbraz, e que ainda por cima é escrito errado, é possível entrar com uma ação, há várias pessoas que não gostam também.Paracambi é uma cidade do interior do Estado do Rio de Janeiro.

  20. marcos
    segunda-feira, 6 de agosto de 2012 – 21:13 hs

    TEM tantas coisas pro povo se preocupar vão ficar se preocupando com carros de som q estão trabalhando, e os carros da galera q ficam zuando a noite esses ninguem fala nada, porque na maioria das vezes são filhinhos de papai , na maioria das vezes quem escuta os carros de som são pessoas q não tem nada para fazer ai tem q achar algo para falar, isso serve pra alguns jornalistas, q falam até pelos cotovelos, vão achar materia pra publicar ao inves de querer tirar o ganha pão das pessoas seus desocupados.

  21. José Magalhães
    sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018 – 17:24 hs

    uma pessoa comentou aqui tentando justificar esses anunciantes
    como meio de vida e dizendo q nao multam os carros de propaganda politica e tirar o sustento do cara q anuncia produtos e ele ficar sem emprego e começar a trangreidir.
    1- Ele JA ESTÁ trangredindo, a lei da pertubaçao do sossego, isso
    gera stress, cansaso e pode levar a infartos, problemas de saude.
    2- Esse mimimi , ah mas as propagandas politicas ,pode. Bom nao é porque os politicos SAO ruins que vamos ser cidadaos ruins.

    3- O FIM do carro de anuncio nao fara o cara q trabalhava com isso transgredir, se vc se refere a roubos, e tal… isso vai do carater, se a pessoa é honesta é honesta, se é ladra vai roubar ate mesmo dentro da firma onde trabalha. Meu pai passou nescessidade e nunca assaltou ninguem.
    assalto é um desvio de carater, por iso que assaltante mata, pois
    nao tem coraçao, Se a pessoa nao tem carater vai fazer coisas
    erradas, roubos, homicidios, vandalismos, estupros,etc.

    essa porcaria d carro de anuncio niguem quase presta atençao, so serve pra tornar o dia mais stressante com essa gritaria.
    GUINCHO neles , multa pesada e se possivel colocar
    no codigo de transito uma emenda de apreensao da CNH

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*