Oposição questiona reajuste da tarifa | Fábio Campana

Oposição questiona reajuste da tarifa

pedro-paulo

“Em menos de duas semanas depois da posse, o prefeito Beto Richa anunciou dois “presentes de grego” para os curitibanos: a redução de gastos que podem atingir a área social e o reajuste da tarifa de transporte”, diz o vereador Pedro Paulo (foto), do PT.

“A URBS age como sempre monocraticamente, faz as suas contas, conclui e decreta. Nós vamos questionar na Justiça este poder déspota da URBS até porque a planilha de custos da tarifa é algo nebuloso. Enquanto não houver transparência vamos questionar”, comentou o parlamentar.


20 comentários

  1. Usuário
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 12:16 hs

    Faz mais de 10 anos que uso o transporte público de Curitiba, realmente aumento nunca é bom. Mas eu lí na comunidade do orkut “Eu amo curitiba” um rapaz que fazer o calculo que em 2004 se comprava com um salário minimo menos passagens do que se compra hoje com o atual salário e a tarifa reajustada.

    Ou seja, hoje reajustada se paga mais barato do que na época, 2004, em que entrou em vigor o R$1,90.

  2. usuária
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 12:35 hs

    Tem que questionar mesmo. Para mim, este aumento, logo no começo da gestão, serve para resolver um problema básico. Melhor levar paulada agora, do que ano que vem, em plena campanha para governo do estado. Tem mais, quando o PT vai questionar a nomeação da Fernanda Rcha? É nepotismo ou não é? Esse PT anda muito fraco e a Fernanda nem bem assumiu já está tirando o mes de ferias em caioba.

  3. Fábio Max
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 13:47 hs

    Ai que saco!

    Todo mundo sabia que reeleito, Beto faria isso. As pessoas se auto-enganam achando que eleição é a porta do paraíso e voltam para a realidade como acordadas de um sonho bom.

    Não existe mégica em administração pública. Essa “oposição” aí, faz demagogia mas, se fosse eleita em outubro passado, estaria tratando de aumentar a tarifa agora, para evitar fazê-lo em 2010 ou 2012, basicamente porque o dinheiro, se não vem do usuário, vem dos impostos pagos por ele que seriam aumentados do mesmo jeito.

    Não se pode medir eficiência de político por sua predisposição em não aumentar tarifas. Requião vive falando de opção pelos mais pobres, mas sua reforma tributária ridícula vai aumentar os preços de todos os produtos, feita que foi para fechar os enormes buracos cauisados pelo excesso de generosidade social.

  4. Linco
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 15:35 hs

    Todo o Planeta tá reduzindo despesas e esse Pedro Paulo diz que Curitiba tá errada! Cai fora tranqueira.

  5. Lidia
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 15:36 hs

    A Fernanda assumiu pois tem um Parecer da Procuradoria que diz que pode!

  6. Noel Eugenio
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 18:10 hs

    O PT do Pedro Paulo devia era criar vergonha na cara, se em Londrina eles também aumentaram a passagem e Prefeito era do PT e do Grupo dele, porque ele não questionou o aumento em Londrina, eta …macaco senta em cima do rabo e fica olhando o rabo dos outros.

  7. PSDB MULHER
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 20:26 hs

    Começou a desgraceira para o Réto Richa que só navegou em maré mansa até agóra. Você não tem idéia do “pepino” que vem aí

  8. USUÁRIO
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 22:08 hs

    Senhores:

    A hora é agora!
    Questionem!
    Abram a caixa preta!
    Ficam as seguintes perguntas:

    1. Porque o aumento só foi divulgado agora pós eleições?

    2. Quanto a URBS estava subsidiando para cobrir o furo dos valores da tarifa? Já que o aumento era inevitável como alegam as empresas.

    3. Se doaram? Quantos milhões de reais as concessionárias doaram a campanha do Sr. Beto Richa?

    4. Quais investimentos eram realmente mais vantajosos de serem feitos na cidade de Curitiba, o metro ou a sobrevida do transporte coletivo por meio de ônibus.

    5. Quais destes investimentos trariam a longo prazo tarifas menores aos usuários do transporte coletivo?

  9. Eduel
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 0:35 hs

    Agora vamos cair na realidade, a preguiça que tivemos nas eleições de outubro em discutir a cidade, a campanha ridícula que aceitamos ter.. o problema não é só o preço da passagem e sim o próprio sistema coletivo de transporte que piora dia a dia. Quanto ao Sr.Prefeito se comporta como a repetição do mesmo, que é a política do Paraná, mais do mesmo do mesmo….

  10. Jonas
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 8:39 hs

    o Richa precisa fazer caixa para a próxima eleição. Tadinho deixa ele. Lindão. Curitiba é a nossa Chuissa.

  11. Jonas
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 8:43 hs

    Não se preocupem com o lixo que estão os terminais de ônibus e com as filas. Elle é lindo.Muito fofinho

  12. Mario do armário
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 8:46 hs

    Esse cara dp PT é tão iganorante como todos os seus companheiros…deve ser analfabeto também… apesar de fazer parte da Administração Pùblica, a URBS é uma empresa privada, e pode tomar suas decisões monocraticamente…se houver erros o Tribunal de Contas vai apontar futuramente… se ele quiser entender algum cálculo, deve antes ir à escola aprender o bê-a-bá…

  13. OBSERVADOR
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 10:04 hs

    É ISSO AI A CAMPANHA COMEÇOU, PRIMEIRO CORTA-SE A VERBA PARA O SOCIAL COM ESSE PAPINHO FURADO DE CORTAR GASTOS E A PERIFERIA CONTINUA ESQUECIDA. DEPOIS GARANTE-SE A VERBA PRA CAMPANHA COM O AUMENTO DA PASSAGEM, E AI MUITA PROPAGANDA DANDO UNS GUARAMINGUAS PRA IMPRENSA, UNS GARGOS PRA LÁ UNS PRA CÁ, E O POVO POBRE QUE PRECISA DE GOVERNO ESQUECIDO, E MEIA DUZIA DE ASSPONE BATENDO PALMA…… REFORMA POLITICA JÁ

  14. Seu Creysson
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 10:42 hs

    kue iço, Mário… o pissual do PT é tudo fabetizadu… todius istiudaram na mesma iscola ki ieu… çobre a tarifa, divia ser tudo di gratis, pois o povo ki usa os buzão é pobri, num tem dinheru i votaru nu Lula Molusco, o pai dus osiozus pingussos

  15. fred
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 10:59 hs

    agora não é um bom momento para aumentos, com essa crise onde já se viu aumentar as passagens?

  16. Antonio Flavio
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 12:34 hs

    Complicado!As pessoas com o amor cego pelo prefeito não se dão o direito de questionar os erros desse grupo político.Mais do que entender que o transporte público esta com o preço defasado é compreender que o transporte público é questão de investimento.Trata-se de uma política pública fundamental para a população ter mecanismos para se locomover com dignidade.E o que é pior, a tal caixa preta nao foi aberta até hoje.Sabemos que eles subsidiam as campanhas do Beto(o que é ilegal).E ainda, se este aumento vinhesse seguido de investimentos, mais ônibus, melhores condições….curitibanos, reflitam, NÃO DEIXEM O CONSERVADORISMO mandar em suas opniões!

  17. MARCOS COSTA JUNIOR
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 16:10 hs

    Será que existe oposição na CMC, foram 36 votos para o mesmo politico continuar na presidência, até o secretário do partido do PSDB, achava que era hora de mudar. Sr. Pedro Paulo vc elegeu quem para a presidencia da CMC. Quem é o presidente da URBS agora? Um técnico ou um Politico?

  18. tENHO DITO
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 16:41 hs

    seu tonho fràvio!!! VINHESSE??, CÊ DEVE TER ISTUDADO CUM LULA SAPO BARBUDO…SANTA KINORANÇA, DEUS ME LIVRE DESSES corruPTos!!

  19. Maradona
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 17:17 hs

    Lo Brasile és um país governado por corruptos… jo non sei per que o povo non compreende isso…100% honesto o Beto non deve ser, mas ele fez várias coisitas boas pela cidade…entonses, quem non esta satisfeito, venha para a Argentina dançar um tango (aqui vamos te alfabetizar, petistas irracionais)

  20. vander
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 18:01 hs

    ESSE PROJETO DE VEREADOR É MUITO RIDICULO. TÁ QUERENDO APARECER E PELO JEITO TÁ CONSEGUINDO. QDO ELE SE TORNAR UM VEREADOR DE VERDADE TALVEZ CONSIGA FAZER ALGUM PROJETINHO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*