Ministério Público ainda corre atrás do caso das tevês laranjas | Fábio Campana

Ministério Público ainda corre atrás do caso das tevês laranjas

tvs_laranjas

Do Abraão Benício, no blog Política em debate:

“A investigação está em andamento perante o gabinete do Procurador Geral. Estão sendo ouvidas todas as pessoas, estamos fazendo uma investigação aprofundada. Todos têm direito que caso seja esclarecido o negócio e a forma como aconteceu. Estão sendo feitas várias diligências e ainda não temos previsão. Todas as pessoas estão sendo ouvidas desde os responsáveis da secretaria da Educação, da empresa fornecedora e pessoas ligadas às empresas que produz o aparelho. Certamente a população terá uma resposta do que aconteceu na aquisição dos aparelhos de TV”, do procurador-geral de Justiça, Olympio de Sá Sotto Maior, sobre os 22 mil televisores adquiridos pela Secretaria de Estado da Educação, durante a gestão de Maurício Requião. Sobre o negócio pesa denúncia de um superfaturamento da ordem de R$ 5 milhões.


15 comentários

  1. ex-pectador
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 16:53 hs

    O ilustre Procurador Geral tem algumas pendências intrigantes em sua alçada, uma delas diz respeito à passividade do poder concedente diante do fato amplamente divulgado de que a concessionária da Travessia da Baía de Guaratuba está sendo executada pelo município por não pagar ISS.
    Fica a pergunta no ar, por que o DER não cumpre a lei exigindo a regularidade fiscal da empresa para a qual concede o serviço?
    Serão os mesmos motivos que levaram esta empresa a constar da “lista negra” da Controladoria Geral da União? É só clicar:
    http://www.portaltransparencia.gov.br/ceis/EmpresasInidoneas.asp

  2. LEANDRO
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 16:54 hs

    Para tirar as duvidas.
    Hoje o preço de mercado de uma tv 29 polegadas, direto da fabrica é de 375 reais, um dvd é de 62 reais e uma tv 29 com dvd acoplado é de 682 reais. Por que pagar tão caro? Será que ninguém será responsabilizado?
    Atentem para o detalhe de que uma das pessoas que avalisou a NEGOCIATA

  3. LEANDRO
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 16:57 hs

    Para tirar as duvidas.
    Hoje o preço de mercado de uma tv 29 polegadas, direto da fabrica é de 375 reais, um dvd é de 62 reais e uma tv 29 com dvd acoplado é de 682 reais. Por que pagar tão caro? Será que ninguém será responsabilizado?
    Atentem para o detalhe de que uma das pessoas que avalisou a NEGOCIATA, é um simples motorista do Sec. da educação, indicado para o cargo de motorista pelo próprio secretário…parece brincadeira.
    FICA A PERGUNTA, NO MEIO DE TANTA DESORGANIZAÇÃO, SERÁ QUE ESTAS TVS AINDA EXISTEM? SE EXISTEM…FUNCIONAM E ONDE ESTÃO?
    SERÁ QUE ALGUÉM VAI SE MANIFESTAR? DUVIDO!!!!

  4. Orquídea
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 17:14 hs

    Sei…sei….hahãmm!!

    Depois de 2010 quem sabe, poderemos ter a esperança de uma pontinha de…sei lá…algo parecido, mas só parecido com justiça!!!

  5. jango
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 18:27 hs

    O grande mistério desta aquisição começa pela cor LARANJA, Parquet ! Entende-se que é pedagógico ficar o aluno olhando todo dia para uma tv cor LARANJA ? Porque será que os produtores de tv ou o comércio não aplicam a cor LARANJA nas trilhões de tvs por este mundo afora ? Alguém já foi a uma loja comprar uma tv LARANJA para sua casa ?

  6. CLOVIS PENA
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 19:40 hs

    Vamos saber com mais clareza sobre isto, só no ano que vem, se o quadro político levar a tal.

  7. SYLVIO SEBASTIANI
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 21:23 hs

    ORQUÍDEA ESTÁ CERTA. TEREMOS QUE ESPERAR 2010, MAS PARA ISSO TEMOS QUE ALERTAR OS ELEITORES, POIS ROBERTO REQUIÃO ELEITO SENADOR, FICA COM IMPUNIDADE, NADA PODERÁ ACONTECER A ELE E O PROPRIO ELEITOR QUEM VAI PAGAR, COM SEUS RECURSOS ATRAVÉS DE IMPOSTOS, OS PREJUIZOS DO NOSSO PARANÁ.

  8. José Antonio
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 21:53 hs

    Qualquer cidadão que queira de verdade saber a respeito das tv laranja podem ir a qualquer escola estadual ou conversar com alunos que estejam usufruindo desse aparelho. É SIM UMA REVOLUÇÃO no ensino…Não precisa ser muito inteligente para entender que a cor chamativa desestimula os furtos e também não precisa ser muito observador para entender que os preços desses aparelhos cairam muito nos últimos meses.Na época não existia no mercado tv que aceitasse o pen drive que por sinal foi fornecido a todos os professores do Estado………”Não existe o erro, existe a ignorância.”( Sócrates )

  9. Ambrosio
    segunda-feira, 5 de janeiro de 2009 – 23:28 hs

    Provem que ouve superfaturamento.

  10. Zé do Coco
    terça-feira, 6 de janeiro de 2009 – 6:21 hs

    Ambrosio, é só fazer as contas, como sugeriu o Leandro. Nem aos preços mais altos do mercado se consegue gastar com aquela quantidade de aparelhos o montante que foi gasto.
    É simples assim.

  11. divo juruna
    terça-feira, 6 de janeiro de 2009 – 15:53 hs

    Puxa vida, quanta agilidade do Ministério Público do Meu Paraná. Quando eles abrirem o olho as TVs já desbotaram e nem são mais laranjas. Deve estar todo mundo de férias né

  12. asshi
    terça-feira, 6 de janeiro de 2009 – 18:15 hs

    Pior coisa é falar sem conhecimento de causa:
    A tv laranja é tv pendrive. Gostaria de saber onde tem televisão em que eu conecto meu pendrive e visualizo o que quero. falo de pendrive e não de DVD com entradaUSB que recentemente entraram no mercado. Ainda não existe. Outro fato interessante. O leitor ótico de um DVD gira cerca de 800 horas ou um pouco mais e depois estraga. No pendrive não é estipulado tempo de uso. Além da facilidade. Quanto ao valor, basta analisar que no tempo da Implantação da tv pendrive não havia nada similar no mercado. Fizeram até pesquisa. A cor laranja é para evitar furto, assim como o peso. Perguntem aos professores que utilizam a tv se eles reclamam. È claro que não pois as aulas ficaram mais dinâmicas e motivadoras.
    O foco da crítica deveria ser: Quem foi a segunda maior fornecedora da campanha do governo estadual: A empresa da Tv laranja ou a Positivo.

  13. Bola Oito
    terça-feira, 6 de janeiro de 2009 – 18:49 hs

    asshi, o problema não é se a tv laranja recebe pendrive ou não.

    a tv laranja poderia até voar, curar mau olhado, fazer churrasco e ter tecnologia alienígena, mas isso não justifica que um secretário da educação ganhe uma bolada da empresa na campanha para depois comprar 1 bilhão de tvs.

    o problema não é a tv. a tv pode até ser boa. o problema é a negociata, pois para que a empresa tenha lucro mesmo depois de encher os bolsos dos larápios, com certeza essa tv é vendida com 600% de lucro.

  14. Julinho
    sexta-feira, 9 de janeiro de 2009 – 22:43 hs

    Faco das palavras do Bola Oito as minhas…
    Que o povo do Paraná foi lesado com tudo isso não há dúvidas.

  15. Asshi
    terça-feira, 20 de janeiro de 2009 – 17:21 hs

    Sem prova sem acusação….
    Basta ao MP provar a maracutaia.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*