Em Araucária, escolas com problemas estruturais | Fábio Campana

Em Araucária, escolas com problemas estruturais

escola_maria_aparecica_saliba_torresbA secretária de Educação de Araucária, Maria José Dietrich, fez uma visita à Escola Municipal Jardim Fonte Nova na manhã de ontem a pedido dos pais dos alunos.

O objetivo foi averiguar problemas na estrutura do prédio, que apresenta rachaduras e umidade.
De acordo com a Secretaria Municipal de Obras Públicas, escola_maria_aparecida_saliba_torres_1bo prazo para a execução do laudo estrutural depende da gravidade do problema, podendo variar de um a dois meses.

Além da Escola Fonte Nova, várias outras instituições de ensino de Araucária estão com problemas na estrutura física. Entre elas estão o Centro Municipal de Educação Infantil Planalto e as escolas municipais Centenário, Irmã Elizabeth Werka, Maria Aparecida Saliba Torres, Papa Paulo VI, Planalto dos Pinheiros e Professor Ambrósio Iantas.

Ao visitar as escolas, a secretária de Educação se deparou com corrimões, portas, pisos e brinquedos do parque infantil quebrados, além de rachaduras e infiltrações.

“Quando assumimos a secretaria de educação no início de janeiro nos deparamos com uma situação caótica nas escolas municipais devido a falta de manutenção nos últimos quatro anos. Certamente não teremos tempo hábil para resolver os problemas para o início do ano letivo, marcado para o dia 09 de fevereiro, por isso pedimos a paciência dos pais até que tudo seja solucionado”, destaca a secretária de educação.


3 comentários

  1. Ex-pectador
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 – 10:36 hs

    Pensando em tragédias prováveis, alguém aí tem usado o ferry para ir a Guaratuba?
    Apesar de fazer mais de três anos que ninguém morre ao usá-lo, parece que ainda bóia só por estar uma M…
    Não precisa ser especialista, é só dar uma olhada nas condições de conservação, tem até furos pela corrosão do aço!! Isso mesmo, furos!! E, segundo a Gazeta do Povo, a concessionária ao invés de trocar as embarcações vai é trocar o CNPJ para ser contratada de novo pelo DER por mais dez anos. Não é por falta de aviso!

  2. Zé mane
    sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 – 22:23 hs

    mas veja em que ano foram constridas essa escolas e a joao esperandio, foi em 2004
    olha bem isso

  3. Revolta
    quinta-feira, 12 de março de 2009 – 20:56 hs

    É fácil dizer que falta manutenção nas escolas, mas a secretária de educação não diz que foram construidas na gestão de Zezé e Nega!!! Acho que ela tá mais preocupada em perseguir funcionários e mostrar a incompetência da gestão anterior do que fazer o seu trabalho!! Acorda gente…quem faz bem feito não precisa apontar a falha no trabalho dos outros!!!!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*