Beto Richa, longe da república de Porto Belo | Fábio Campana

Beto Richa, longe da república de Porto Belo

Neste verão, o prefeito Beto Richa adotou a praia mansa de Caiobá. Assim se manteve distante da chamada república de Porto Belo, praia de Santa Catarina, onde se concentram políticos, deputados, conselheiros do TC, secretários de Estado de Requião, concessionários de obras públicas e mais uma chusma de lobistas sempre interessados em nomear amigos e influenciar decisões.


10 comentários

  1. pescador
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 12:10 hs

    em Caiobá tem que aguentar o assédio do Secretário de Indústria de Requião conhecido como “Arthur o milionário ” pela semelhança com o ator do filme , cada vez que Beto ou Fernanda descem para a praia lá vai o Arthur (Virgilio Moreira grudado nos dois de ponta a ponta da praia mansa) é motivo de piada esse assédio diário.

  2. CLOVIS PENA
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 13:28 hs

    Em Caiobá tem gente igual aos referidos de Porto Belo. Só que é mais perto, não tem enchentes e é mais fácil de voltar, além de possibilitar um passeio privativo de barco até as ilhas do nosso litoral………

  3. ACORDO BRANCO
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 13:44 hs

    Estas esticadas até Ilha das Cobras, Porto Belo e Caiobá lembram a configuração do Triângulo das Bermudas. Epicentro misterioso.
    Parece que as mobilidades tem a liberação de uma torre de comando situada no ponto alto do Cabral.
    Ali está um mago, que recebe voz consultiva niponica vinculada ao Distrito Federal.
    Um exílio provisório para baixo clero instala-se em Guaratuba. O turismo ali é atrativo.
    Clovis Pena

  4. Geraldo
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 16:31 hs

    Nosso nobre alcaide livrou-se de algumas m.., mas ficou envolto com as próprias, literalmente, nesse nosso mar merdavilhoooso…

  5. PSDB MULHER
    domingo, 11 de janeiro de 2009 – 20:20 hs

    O BÉTO VEIO FAZER CAMPANHA NO PARANÁ. AGÓRA QUE É CANDIDATO RESOLVEU VERANEAR POR ESSAS “BANDAS”. iSSO É QUE É SER paranaense ( com letras minúsculas ).

  6. antunes
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 13:59 hs

    já que o Beto é veranista de Caiobá podia mandar fazer um convênio do IPPUC com a Prefeitura de Matinhos para planejamento do sistema viário , o trânsito é um caos só não existe um único semáforo em uma cidade como Matinhos incluindo Caiobá e por lá estão circulando cem mil veículos , o Prefeito Dalmora assumiu e sumiu , as ruas estão todas esburacadas e cobertas de lixo e areia , para tapar buracos , passar patrola , varrer ruas , recolher lixo só é necessário vontade e competência , Matinhos tem mais de mil funcionários (pasmem!) onde estão eles ? a arrecadação passará de 40 milhões uma da maiores do Estado (per capita local) não dá para entender o marasmo .

  7. Jose Carlos
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 16:00 hs

    Caiobá – apenas Caiobá – devia ser desmembrada de Matinhos (uma cidade com este nome…) e anexada a Curitiba… chega de pagar impostos, taxas e outros bichos, para deleite dos parasitas locais… uma cidade que cobra impostos altíssimos e tem um serviço público lamentável… basta, xô, fora…

  8. Solange
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 16:21 hs

    Tomara que ele faça um ponte entre Guaratuba e Caiobá daqui a dois anos, cansei do ferry…

  9. divo juruna
    segunda-feira, 12 de janeiro de 2009 – 20:04 hs

    Beto “nulidade” Richa

  10. claudia
    domingo, 23 de janeiro de 2011 – 23:53 hs

    quero ver ele tomar banho neste mar LIMPISSIMO

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*