Acreditem, o Pedro Paulo fez um elogio | Fábio Campana

Acreditem, o Pedro Paulo fez um elogio

pedro-paulo

O vereador Pedro Paulo do PT, que às vezes critica a administração da Prefeitura e outras vezes também, fez ontem um elogio. Na audiência pública do Consórcio do Lixo, na noite de quinta, Pedro Paulo parabenizou o Consórcio e o IAP pela condução do assunto até agora.

O Consórcio reúne Curitiba e mais 16 cidades da RMC. As audiências abrem para a população o debate para a implantação do Sistema Integrado de Processamento e Aproveitamento de Resíduos (Sipar), que substituirá o aterro da Caximba.

O Sipar será a primeira indústria de tratamento de lixo implantada no Brasil. A empresa, ou o consórcio de empresas que vencer a licitação, terá de cumprir exigências como o aproveitamento de no mínimo 85% das 2.400 toneladas diárias de lixo produzidas pela população dos 17 municípios.


7 comentários

  1. OBSERVADOR
    sábado, 17 de janeiro de 2009 – 9:48 hs

    Realmente é de espantar a incompetência do PT em fazer oposição depois que Lula se tornou presidente. Elogiar o Consorcio do Lixo? Só faltava essa.
    Pedro Paulo, como é que voces do PT, estão com os olhos travados nesta questão do lixo e não conseguem denunciar aos orgãos ambientais da ONU, o gaz que se perde no aterro da Caximba e compromete o aquecimento e meio ambiente. Que saudades daquele PT que denunciou na ONU a morte do Texeirinha na questão dos recursos humanos e o Brasil foi repreendido – aquele caso em que a Policia do Requião executou em Campo Bonito o lider sem terra.
    Mas aforante isso, vereador Pedro Paulo, voce e a caterva do Raska Rodrigues também e todos estes ecologistas porras locas do PV, tinham era que cobrar do Betinho e seu secretario Andregueto porque não é feita a licitação para explorar o gaz que se perde no lixão do Caximba, um prejuizo de mais de 150 mil dolares por mes, isso mesmo, mais de cento e cinquenta mil dolares por mes, em créditos de carbono.
    Que oposição de arraque que vcs do PT e deste PV são, que já deixaram passar mais de quatro anos desta situação do gaz do Caximba se perdendo e o municipio de Curitiba ja perdeu mais de SETE MILHOES DE DOLARES?
    Estão todos na Caixa Preta da Prefa?

  2. Rosângela
    sábado, 17 de janeiro de 2009 – 11:13 hs

    Está aí um vereador equilibrado. Critica sempre que necessário e propõe. Também reconhece avanços. Eu estava na audiência e escutei a sua fala, por volta das 23 horas. Em primeiro lugar ele parabenizou e agradeceu os moradores do Cachimba, por que a mobilização deles contra o lixo, despertou a cidade toda para discutir o assunto. Em segundo ele criticou a ausência do prefeito Beto Richa e do presidente do IAP. Se o prefeito realizou 250 audiências por que não compareceu nesta? Só por que o povo do Cachimba não quer nem ver a cara dele! O vereador falou também que estará junto com os moradores do Cachimba na luta contra o aterro. Por último ele elogiou o trabalho dos servidores públicos que estão tocando o processo, dizendo que fará a sua parte acompanhando todo o processo de implantação do sipar.

  3. Lais
    sábado, 17 de janeiro de 2009 – 18:59 hs

    Esse Vereador gosta de jogar prá torcidinha. Critica a Prefeitura e vai lá sorrateiro pedir favorzinho.

  4. Rosângela
    sábado, 17 de janeiro de 2009 – 22:49 hs

    Me perdoe essa Lais, mas para você falar isso é sinal de que é de dentro da prefeitura. Por que diz que ele vai lá “pedir favorzinho”? Que eu saiba vereador é representante do povo e deve reivindicar pelo povo. Isso não é “pedir favor”. A não ser que você considera que o Richa é o “dono da empresa” chamada prefeitura (bem que ele gostaria de ser depois que lançou o contrato de gestão…)
    Saia do anonimato Lais. Você tá é lá dentro juntinho com o betinho… Ou tá lá em Porto Belo?
    E esse observador, tão conhecedor que é das coisas, deveria estar lá na audiência falando essas coisas. Quem quis falou, mas ele pelo jeito não estava…

  5. beto porto belo
    domingo, 18 de janeiro de 2009 – 11:32 hs

    Acertou, Rosângela, a prefeitura é uma empresa privada mesmo. Os donos são os mesmos de sempre, o Betinho Porto Belo é o fantoche.

  6. Carlos
    domingo, 18 de janeiro de 2009 – 15:24 hs

    Nossa é cada post aqui….
    Parabens para o vereador, se fosse esse elogio com o Lula ou o Requião certas pessoas não iriam deixar esses posts…
    fazer oq por isso q nao vai pra frente mesmo esse país com essa mentalidade……..

  7. maneco
    domingo, 18 de janeiro de 2009 – 17:11 hs

    Esta é uma questão que deveria ser melhor explorada pelos disseminadores de informações. A própria palavra “lixo” já é um tanto pejorativo como se fosse um problema, exatamente por ser problema que devemos nos preocupar no sentido de transformá lo em algo de valor e obter o maior aproveitamento possível, respeitando o meio ambiente. Basicamente, tudo está ligado ao meio ambiente, tudo se transforma nada se cria, e para que não haja contaminação e destruição da vida, da cadeia ecológica este assunto é de suma importância à sociedade.
    A escassez de recursos, as mudanças climáticas são demonstrações e indicativos de que o planeta urge por mudanças comportamentais e de consciência da população.

    Implantar projetos para reutilização de grande parte do lixo, como: construção civil(plasticos,poliuretano) pré moldados, agricultura, e a parte orgânica, compostagem, hortas comunitárias…parabéns ao jornalista Fábio, por trazer esse assunto à luz e desta forma possamos refletirmos.

    Um dia ainda poderemos ter tamb´m vários pontos próprios para banho em nossos balneários, e uma Curitiba mais comprometida na recuperação do “lixo”….

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*