René Dotti recebe homenagem pelos 50 anos de vida profissional | Fábio Campana

René Dotti recebe homenagem pelos 50 anos de vida profissional

dotti_homenagem1

O renomado jurista René Ariel Dotti completa, neste mês de dezembro, 50 anos de vida profissional. Ele recebeu homenagem da Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar), no último dia 10, quando seu nome foi imortalizado no átrio do Tribunal do Júri do Paraná.

Dotti foi recepcionado pelo Presidente da Amapar, Desembargador Miguel Kfouri Neto e pelo Presidente em exercício do Tribunal de Justiça do Paraná, Desembargador Antonio Lopes de Noronha. Ambos homenagearam Dotti pelos anos de dedicação profissional e contribuição às ciências jurídicas. “Dotti representa um modelo de conduta profissional ao Tribunal do Júri”, disse o Des. Miguel Kfouri Neto.

O Desembargador Antonio Lopes de Noronha destacou o amplo currículo de René Dotti e sua atuação sem limites. Os 50 anos como profissional da área de Direito proporcionaram a Dotti a oportunidade de escrever diversas obras, participar da autoria de projetos de lei, atuar como Secretário de Estado da Cultura e ainda como Professor Titular de Direito da Universidade Federal do Paraná.
Para o jurista a homenagem foi recebida com grande alegria. “Entre advogados e juízes existem interesses comuns, independente da condição que cada um tenha no processo, como o aprimoramento do serviço da Justiça”, comentou. Incansável, Dotti agradeceu a presença de todos que o prestigiaram durante o evento, principalmente de seus familiares e colegas de trabalho.


7 comentários

  1. jango
    sábado, 13 de dezembro de 2008 – 12:31 hs

    O Professor Rene Dotti merece todas as homenagens pelo seu incansável e persistente labor em prol da Advocacia como força social transformadora dos homens e da sociedade.

  2. Jorge Eduardo
    sábado, 13 de dezembro de 2008 – 12:50 hs

    Tenho a honra de ser ex-aluno do prof. René Dotti. Ensinou-nos o humanismo do direito penal, ou do que ele deve carregar, a começar por nos encaminhar a “Dos delitos a das penas”, de Beccaria (muito, mas muito antes de existir Foucault).
    Defensor das liberdades, cultor do ser humano em sua plenitude.
    Longa vida ao imenso professor e, desde estudante e sempre, jornalista.

  3. Jorge Eduardo
    sábado, 13 de dezembro de 2008 – 12:50 hs

    “Dos delitos E das penas”, obviamente.

  4. Silva 2
    sábado, 13 de dezembro de 2008 – 20:27 hs

    dentre os merecedores de homenagem em vida, este é o jurista René Ariel Dotti.

    Além de grande jurista e advogado, nos negros tempos da ditadura militar, deu apoio jurídico à inúmeros injustiçados do regime militar.

    Perfilou-se a seu modo do lado dos brasileiros que clamavam por liberdade, justiça e por uma país grandioso e justo.

    Parabéns Dr. René Ariel Dotti, infinitas homenagens serão insuficientes para expressar e retribuir os seus relevantes serviços prestados ao Brasil e aos brasileiros.

  5. Nego Veio
    domingo, 14 de dezembro de 2008 – 13:03 hs

    Parabéns ao renomado jurista René Ariel Dotti,obrigado professor , suas aulas são inesquecíveis…

  6. Guilherme
    segunda-feira, 15 de dezembro de 2008 – 21:46 hs

    O Prof. René Dotti é um exemplo a ser seguido por várias gerações de advogados. Apesar de desfrutar de renomada posição profissional – e econômica, merecidamente -, continua indo aos diversos fóruns do Brasil afora defendendo incessantemente os interesses de seus clientes, demonstrando a mesma paixão e dedicação do início da carreira. Um grande advogado e um ser humano admirável. Merecidíssima homenagem.

  7. José Bolivar Bretas
    quinta-feira, 26 de abril de 2012 – 15:09 hs

    O Professor René Ariel Dotti é Homem Honrado, Advogado Competente e Ético, Professor Sábio, Estudioso e Dedicado, Amigo Fiel e Colega Exemplar. Eu e meu filho Adriano Bretas sempre que estamos juntos (ele Adriano atua em Curitiba e eu em Cascavel) não nos cansamos de falar da dignidade e da grandeza de caráter do Professor René Ariel Dotti, oportunidades essas nas quais destacamos a importância de seguir o seu exemplo. Sem dúvida ele, o Professor René Dotti, é um paradigma. A homenagem da Amapar foi um ato de Justiça. Até Sempre! José Bolivar Bretas, de Cascavel, em 26 de abril de 2012.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*