"Mensalinho" de Londrina acaba em pizza | Fábio Campana

“Mensalinho” de Londrina acaba em pizza

sandra-graca1

A Câmara de Vereadores de Londrina decidiu arquivar três representações contra os parlamentares protocoladas na Casa ao longo do ano. Os documentos pediam punição em casos que supostamente envolveram cobrança de propina para aprovação de projetos de lei.

Um deles é o famoso ‘caso Mensalinho’, denunciado pelo ex-vereador Orlando Bonilha, cassado em maio deste ano. Ele admitiu ao Ministério Público que a empresa “Transporte Coletivo Grande Londrina” pagava uma quantia mensal aos vereadores Luiz Carlos Tamarozzi, Gláudio Renato de Lima, Marcelo Belinati, Sidney de Souza, Flávio Vedoato, Osvaldo Bergamin, Renato Araújo, Jamil Janene e Sandra Graça.

A mesma Sandra Graça (foto) que agora encabeça a chapa para concorrer à presidência da Câmara de Londrina no dia 1º de janeiro de 2009 e que vai assumir temporariamente o comando da prefeitura da cidade.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*