Fani Lerner lamenta o fim da Supersopa | Fábio Campana

Fani Lerner lamenta o fim da Supersopa

Fani Lerner, mulher do ex-governador Jaime Lerner, lamenta que o governo de Roberto Requião tenha extinguido a “fábrica” da Supersopa, um de seus mais bem sucedidos projetos de assistência social. A sopa alimentava a população carente do Paraná e era distribuída para creches e entidades assistenciais.

O alimento foi enviado para todo o Brasil e para vários países da América Latina e África. A sopa, feita de sobras dos produtos da Ceasa, seria perfeita para uma situação de emergência como a de Santa Catarina.


15 comentários

  1. eu mesmo.
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 18:52 hs

    Essa mulher e seu marido, deveriam é comer sopa na CADEIA.

    Safados.

  2. Hmmm
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 19:22 hs

    Alguma linha sobre alimentos orgânicos na merenda escolar já foi publicada?

  3. O Bocudo
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 19:22 hs

    Por ai a gente ve como é o Governo do requiao!
    O Rei dos Escandalos!!!!!!

  4. Lelo
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 20:06 hs

    O Programa era excelente e ajudava muitas pessoas e entidades. Pena que a CEASA só apareça agora nos jornais por conta da roubalheira! Parabéns Dona Fani!

  5. ruth rocha
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 20:10 hs

    Fani Lerner é a melhor gestora de ação social que Curitiba e o Paraná já tiveram.
    E a supersopa, com certeza, era um produto de altissimo valor nutricional que alimentou nicaraguenses, argentinos, costariquenhos e outros irmãos, quando passaram por calamidades.
    Um projeto que foi destruído.
    Era totalmente feita com produtos excedentes de comercialização do Ceasa.
    Uma idéia original que tirou muita criança da desnutrição, muita gestante do estado de risco e muitas famílias da linha da morte.
    Sua continuidade seria um gesto de solidariedade e cidadadania.
    Mas como em Curitiba e no Paraná, tudo que é inventando pelo ultimo, é destruído, vimos, entre outras coisas, a super sopa ser limpa da história do Paraná.
    Se hoje, a supersopa pudesse alimentar nossos irmãos catarineneses, tenho a certeza de que o Paraná seria um exemplo para o País de como lidar com a coisa pública.

  6. jango
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 22:27 hs

    Pode-se esperar algo mais que destruição do governo Sadim ?

  7. Lead
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 22:34 hs

    Em vez de sopa, requião faz melecas!

  8. O POVO
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 22:47 hs

    QUEM VAI COLOCAR A “MOSCA` NA SOPA DO REQUI’AO…

  9. André
    quinta-feira, 4 de dezembro de 2008 – 23:59 hs

    melhor que sopa
    é o leite a luz fraterna
    eu mesmo já vi crianças ganhando peso e velhos tendo uma vida mais digna podendo tomar banho quente.
    sopa se fosse pra essa população eu apoiaria,
    mas para quem pode trabalhar queremos emprego. não sopa

  10. André
    sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 0:02 hs

    nossa! agora o lerner e sua esposa são bonzinhos. kkkkkkkkkkkk

  11. Daniele Farfus
    sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 8:14 hs

    Estive da data de 04/12 no CEASA em Curitiba e fiquei revoltada em ver caçambas de alimentos sendo jogadas foras, caçambas de tomates, bananas, laranjas, verduras entre outras, inclusive tenho material fotográfico. Onde esta a responsabilidade social do governante público, que não dá continuidade a programas iniciados em gestões anteriores e que promovem a melhoria da qualidade de vida do cidadão? Quando se governa representa-se o povo e não o interesse individual.

  12. Luis Konig-Contenda
    sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 8:22 hs

    Tratando-se de Requião está tudo normal!!!

  13. sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 12:34 hs

    Bem, como disse um colega um tempo atrás, ” A água que não bebo, eu sujo…..”. Como podemos ver nos cometários, esses Ptistas e Requiaonistas são todos farinha do mesmo saco. Devem se moer de raiva de ter que apreciar toda a obra do Sr Lerner em Curitiba, percebem que não contribuiram em nada , entram em estado de “loucura” e acham que vão salvar o mundo. Quer dizer que leite materno é mais importante que Sopão????? Cada vez me convenso mais, Beto limpa o estado desses lixos, por favor.

  14. Henrique
    sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 16:57 hs

    Sandro,concordo com você.Como é que pode,em pleno século 21,existir desclassificados como esse “eu mesmo” e o tal “andré”?

  15. Zé do Coco
    sexta-feira, 5 de dezembro de 2008 – 17:04 hs

    Estou de consciência tranquila, porque nem com duas garrafas da marvada dentro dos miolos eu teria votado no Requião.
    Quem votou nele que conviva com esses absurdos. Outra coisa que ele fez e que pouca gente conta é quando Lerner criou as comunidades rurbanas e ele, o Requião assumiu e um dos seus primeiros atos foi acabar com o programa. E começou a destruir o que Lerner fez da maneira mais sórdida: não autorizava os caminhões da prefeitura a ir às comunidades recolher os repolhos e couves que aquela gente tinha plantado e a produção ficou perdida.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*