Requião é a nossa sina, mas não há mal que sempre dure, diz Rossoni | Fábio Campana

Requião é a nossa sina, mas não há mal que sempre dure, diz Rossoni

O deputado Valdir Rossoni (foto) disse hoje que o Paraná paga o preço mais caro desta crise porque tem um governador ancorado no passado, cheio de idéias esclerosadas e esclerosantes, que só agravam a situação em nosso estado.

Ele comparou a iniciativa de José Serra, em São Paulo, que lançou um pacote de R$ 4 bilhões para as montadoras, de Aécio Neves, em Minas, que anuncia medidas para manter a economia do estado aquecida, enquanto aqui Requião lança um pacote tributário para aumentar impostos e a arrecadação. “É a nossa sina diz Rossoni, mas não há mal que sempre dure”.

Foto: Denis Ferreira Netto


13 comentários

  1. filo
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 16:48 hs

    O saudosista Rossoni surtou desde que seu grande idolo deixou o governo. Mas no fundo ele sabe que mais um pouco de tempo ele poderá voltar a ser feliz… e aí talvez o novo governo possa dar dinheiro a montadoras, a empresários e quem sabe até para bancos.
    Aguarde… só mais 2 anos…

  2. Orquídea
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 16:49 hs

    A palavra é bem colocada: Mal.

    Espero que este mal não continue comandando nenhum espaço político do país.

    Já que os “nossos” deputados fizeram o favor de colocar o irmão por muito tempo em um cargo vitalício, que pelo menos, fique só um “Mau”.

  3. jango
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 16:57 hs

    Não existe sina, existem – com exceções – autoridades de controle público em compadrio escandaloso, que em vez de defenderem o interesse público submetem-se aos desígnios do governante de ocasião – aí a sina, não é deles, que se defendem no do ut des, é nossa, que não reagimos ao estado de anomia que tomou conta do Estado.

  4. Gilmar
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 17:09 hs

    Talvez o Rossoni imagine que continuar a entupir as cidades com automóveis seja a solução. O trânsito em nossas capitais carece de mais automóveis? Há poucos em circulação? As revendas de carros usados estão vazias ? E a atmosfera ? Precisa de mais CO2 ainda.
    Tanto o Serra, quando o Aécio e até mesmo setores do governo federal são míopes em imaginar que incentivando a decadente indústria automobilística a crise será contornada. Isso não representa mais do que uma sobrevida a um sistema que se encontra na UTI.
    O mundo precisa de uma guinada de 180 graus e, tampouco Serra, Aécio ou Rossoni são capazes disso. Estão tão absortos quanto o resto da manada que representam. Infelizmente.

  5. Dá-lhe
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 17:10 hs

    A falta de uma OPOSIÇÃO consistente, guerreira, voluntariosa, permanente também contribue para que o quadro não mude. O que não se pode é fazer oposição de maneira pontual, isto é, aqui e ali com somente alguns (poucos mesmo) deputados que se apresentam para questionar algumas ações da administração. Oposição é oposição, sempre, Não está aí para deixar o “inimigo” em paz. Qualquer ação mínima de governo deve ser analisada e , se for o caso, sofrer a crítica que merece no sentido de correções de rumo. Enfim, dizer que é de oposição só por dizer não funciona e até a sociedade em sua letargia sabe disso. Ainda dá tempo, falta pouco mais de dois anos anos para o fim desse governo, bastando tão somente uma pegada mais forte. Aguardemos, enfim.

  6. vovo sacudo
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 17:14 hs

    Irresponsável. consumiu as florestas d Bituruna e Região. A partiu para a política, campo fértil e lucrativo.

    Concordo com o Gilmar. Esse sistema é falido.

  7. Cap Nascimento
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 18:08 hs

    É sina, é atraso, é nepotismo, é irresponsabilidade, é personalismo, é autoritarismo, é cinismo, é loucura, é má gestão da coisa pública, é arrogância, é mentira, é demagogia, é populismo, é facismo, é ignorância, é incompetência, é inveja, é oportunismo, é truculência; será que esqueci de algum?
    Ei reiquejão, pede prá sair

  8. Arrelia
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 19:11 hs

    Isso é uma Cruz de Caravaca.Ninguém merece esse castigo .

  9. ronaldo
    quarta-feira, 12 de novembro de 2008 – 22:04 hs

    Ponha sina nisso Sr. Rossoni……….

  10. quinta-feira, 13 de novembro de 2008 – 1:29 hs

    Essa cruz de caravaca é encalacrada!

  11. Shirley
    quinta-feira, 13 de novembro de 2008 – 5:33 hs

    Requião devia pedir direito de resposta para jornalistas que publicasse essa mentira:Que o projeto do ICMs aumenta os Impostos e processar os políticos que dissessem isso na tribuna, pois é uma inverdade. Pois o projeto tambem diminue os impostos de milhares de produtos. Então que se diga os dois lados do projeto, mas não como estão fazendo, falando só o que aumenta e omitindo os beneficios.
    Esse Rossoni é que é o mal do Paraná.
    Só atrapalha.
    Requião dá um duro danado. Trabalha para melhorar o Estado.
    O Rossoni alem de não fazer nada, e só vadiar lá naquela Assembleia dizendo besteiras e ganhando as nossas custas, ainda atrapalha o Progresso do Paraná.

  12. quinta-feira, 13 de novembro de 2008 – 8:52 hs

    Dep Dossoni:
    Tudo tem seu ciclo, o chamado requianismo do Doático chegou ao fim. Resta-nos aguardar o Vice assumir d quem sabe dar andamento as 595 obraselhorar a segurança pública trocando o pequeno gênio imbecil,e que Deus nos ajude.

  13. O Bocudo
    quinta-feira, 13 de novembro de 2008 – 10:51 hs

    Shirley

    Ja que ele esta dando duro pelo Parana, vc poderia explicar para todos nos: O q foi feito ate agora no caso COHAPAR? CEASA? etc etc

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*