Raul Castro contou a Lula | Fábio Campana

Raul Castro contou a Lula

Durante jantar em Havana, Raul Castro contou a Lula sobre as férias que passou certa vez na Sibéria, durante o inverno. Adiante na conversa, o brasileiro reiterou o convite para que o presidente de Cuba participe na Bahia, em dezembro, da cúpula América Latina-Caribe.
– Não sei… É tão difícil eu me ausentar do país… – alegou o irmão de Fidel.
Lula rebateu com argumento definitivo:
– Olha, pra quem já foi à Sibéria no inverno, não tem o menor cabimento deixar de ir à Bahia no verão!
No dia seguinte, Raul confirmou presença na reunião.


8 comentários

  1. Jose Carlos
    domingo, 2 de novembro de 2008 – 16:08 hs

    Se alguém quer conhecer um pouco melhor este irmãozinho sanguinário do moribundo Fidel, dê uma olhada nas fotos do blog do Reinaldo Azevedo… a revolução cubana, ficou só na primeira sílaba do nome da ilha… mas, dentro em breve, vou saborear suas especialidades, numa praia belíssima, em hotéis de primeira, quando essa corja estiver enterrada numa cova rasa…

  2. Chico
    domingo, 2 de novembro de 2008 – 17:44 hs

    Lula foi convidar Castro para vir falar sobre “como conviver com a crise”, matéria em que o cubano é expert – desde 1959!

  3. Carlos Augusto
    domingo, 2 de novembro de 2008 – 20:17 hs

    Reinaldo Azevedo? Ele já não morreu?

  4. Andre
    domingo, 2 de novembro de 2008 – 21:17 hs

    Carlos Augusto,
    Quem já morreu foi a revolução cubana…está podre, fedendo, só esqueceram de enterrar.

  5. jose
    domingo, 2 de novembro de 2008 – 21:41 hs

    Carlos Augusto, dá uma olhada em quem é o tal do raul…

    http://www.latinamericanstudies.org/revolutionary-firing-squads.htm

  6. domingo, 2 de novembro de 2008 – 22:42 hs

    Esse Raul vai sair da Bahia convertido ao Capitalismo ou então ao candoblelismo.

  7. Zé do Coco
    segunda-feira, 3 de novembro de 2008 – 10:19 hs

    Existe uma campanha em nível nacional para espalhar outdoors onde quer que haja espaço divulgando as delícias do paraíso cubano.

  8. Vigilante do Portão
    segunda-feira, 3 de novembro de 2008 – 11:44 hs

    Trata-se de um país MUITO DEMOCRÁTICO, e o medo do Raúl é de que outro ocupe a sua cadeira e ele tenha que pedir asilo ao Brasil. Lembrando daqueles atletas que tentaram fugir da delegação Cubana e se deram mal, pois em menos de 24 horas foram deportados sem que o STF fosse consultado, e seguiram para o paraíso da Ilha do Fidel, num avião, gentilmente cedido pelo outro grande democrata, Sr. Hugo Chaves. KKK

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*