Prefeito de Guaratuba voltou, mas pode ser por pouco tempo | Fábio Campana

Prefeito de Guaratuba voltou, mas pode ser por pouco tempo


A nova temporada de Miguel Jamur (foto) no comando da prefeitura de Guaratuba pode durar apenas três dias. Na próxima sexta-feira, às 14h, a Câmara vota o pedido de cassação do mandato de Jamur, acusado de irregularidades na gestão do sistema de saúde do município.

Hoje o presidente da Câmara, Antonio Caldeira Junior, que assumiu a prefeitura durante o afastamento de Jamur, dizia a todos que acredita na cassação. O promotor Rui Riquelme Macedo também já anunciou que, caso o prefeito não seja cassado na sexta-feira, o Ministério Público vai tentar novamente na Justiça conseguir o afastamento dele.


9 comentários

  1. VERANISTA
    quarta-feira, 26 de novembro de 2008 – 18:12 hs

    Enquanto veranista em Guaratuba e proprietário de um imóvel fcio à pensar: Por que até agora não cassaram o prefeito? Desde o inicio de sua gestão a mídia política não cansou de divulgar uma série de irregularidades da sua administração e o que revela motivos mais do que suficentes para tal. Nós veranistas, e portanto pagadores de impostos naquele aprazível balneário, queremos: praias limpas, sem qualquer indicio de poluição, IPTU mais condizentes com a realidade local, varrição de ruas, podas de árvores, coleta de lixo adequada, excelente fornecimento de água, segurança, atendimento de saúde, bares e hoteis com frequentes visitas dos órgãos sanitários, urbanidade no trato, preços não extorsivos dos serviços prestados e por aí vai. Enfim, como essa administração já está em ocaso aguardemos a próxima que com certeza vai atender aos reclamos tanto dos nativos quanto da maioria de veranistas que ao balneário ocorre para as merecidas férias de verão. Sorte á todos nós e à Guaratuba.

  2. O Leguminoso
    quarta-feira, 26 de novembro de 2008 – 18:14 hs

    Para quem não lembra, este mau velhinho é do laranjão PT do B, o PT do Bem…

  3. JOMAR FERREIRA
    quarta-feira, 26 de novembro de 2008 – 19:29 hs

    A Camara Municipal, no momento esta sem autoridade p/ cassar o Prefeito, todos eram da tiurma, estão comprometidos pela velha amizade aquela AMIZADE, entendeu Dr. Campana.

  4. Mano da Vila
    quarta-feira, 26 de novembro de 2008 – 22:00 hs

    Esse país não tem mais conserto, pena de morte para corrupto já!

  5. Lauro Rodrigues
    quarta-feira, 26 de novembro de 2008 – 23:42 hs

    Bom leguminoso já que você que deve ser uma frutinha e quer levar para o lado da fera-livre, vamos lá ,imagine se o abacaxi do seu candidato chegasse a ganhar a eleição sabe quem iria descarcar esse pepino o cidadão curitibano , então só posso desejar uma banana bem no seu rabanete .
    E ao contrario de você não me escondo atrás de codinomes , alias você sim, que deve ser uma das viúvas do muro, que costumam usar dessa pratica .
    E quanto ao Sr. Jamur como todo homem publico deve prestar conta a justiça e as pessoas de sua cidade.
    Lauro Rodrigues.:

  6. fantástico
    quinta-feira, 27 de novembro de 2008 – 10:11 hs

    pelo jeito o sr lauro esta começando a frequentar as aulas, estou no aguardo do próximo debate dele na band, só pra lembrar ve se leva assunto pra dois ou três minutos viu, senão ficar veio e só pra lembrar , pronto é essa a minha resposta

  7. O Leguminoso
    quinta-feira, 27 de novembro de 2008 – 12:10 hs

    Caro Lauro.
    Para um homem que se dizia de poucas palavras e até semanas atrás era incapaz de se expressar oralmente, você avançou a passos largos. Talvez agora, com uma dicção mais articulada, você finalmente seja capaz de explicar o seu papel na última eleição e também nesta gestão de Beto Richa. O aluguel de partidos inexpressivos como o seu é algo corriqueiro na política brasileira, para a infelicidade de legendas menores que têm o mínimo de ideologia, como é o caso do PSOL. Agora, eu lhe pergunto: qual é a ideologia do seu brioso PTdoB? Vamos, diga. Porque o único exemplo de gestão pública do seu partido no Paraná deixa muito a desejar. O seu correligionário Miguel Jamur conseguiu levar o município de Guaratuba à bancarrota. Postos de saúde estão fechados porque a prefeitura não paga salários, meu caro Lauro. Isso é muito sério, e deveria envergonhá-lo. Mas vamos voltar à eleição de 2008 e ao seu papel nela. Você registrou um grande feito. Não me refiro à sua votação. Me refiro, sim, ao seu sucesso no intento de rebaixar o nível do debate eleitoral. Blogueiros perderam dias e dias dedicando linhas à sua risível capacidade de expressão, enquanto questões mais sérias como a falta de vagas em creches acabaram deixadas de lado. Com você na parada, meu caro, a eleição em Curitiba foi transformada em um circo de horrores no qual apenas um candidato se apresentava em condições de administrar a cidade. Logicamente, você não teria condições de articular uma estratégia dessas sozinho. E não deve ter lhe faltado ajuda, sobretudo, de jornalistas. Sim, jornalistas. Um deles, muito experiente e cheio de energia, vindo da fronteira, se orgulha de ter redigido os textos daquele personagem grotesco que satirizava a candidata do PT. Caro Lauro, em que isso ajudou o debate político na nossa cidade? Pare, pense e avalie. Não se deixe levar pela fúria, não vista a carapuça. Reflita! Você, sem dúvidas, empobreceu em muito as eleições em Curitiba.

    Obs: Seja um homem de poucas mas, pelo menos, educadas palavras. Não pega bem a um homem público como você se portar desta forma. Ou, então, se filie ao PMDB e vá militar com o Doático!!

  8. fantástico
    quinta-feira, 27 de novembro de 2008 – 13:42 hs

    muito obrigado sr lauro, você foi a alegria do povo durante as eleições, contribuiu e muito para que a comdéia alavancasse na capital, vou te dar um toque tem precisando de gente na zorra total, e você ja esta com o personagem pronto até, pronto essa é a minha resposta , vai pegar hein!!!!!!!!!!!!!

  9. O Leguminoso
    sábado, 29 de novembro de 2008 – 16:55 hs

    Cadê você, Lauro? Estou à espera de sua resposta. Saudações.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*