Perdemos Claudio Seto | Fábio Campana

Perdemos Claudio Seto

Foto de Denise Somero

Chuji Seto Takeguma, o nosso Claudio Seto, nasceu em Guaiçara, São Paulo, em 1944. Na juventude conheceu o Japão, mas para nossa alegria acabou por passar a maior parte da vida em Curitiba.

Seto foi um artista plástico de raro brilho. Nas histórias em quadrinhos foi mestre de uma geração inteira. Especialista em imigração e cultura japonesa em particular, mas também conhecedor das mais diversas disciplinas, do bonsai à publicidade, Seto muito favoreceu Curitiba com seu ativismo cultural. Faleceu, vítima de derrame. Perdemos todos.


7 comentários

  1. mauriciocavalcanti
    segunda-feira, 17 de novembro de 2008 – 9:26 hs

    Realmente perdemos uma excelente pessoa. Bom caráter e profissional dedicado. O Brasil perde um dos seus mais ilustres ilustradores.

  2. segunda-feira, 17 de novembro de 2008 – 10:29 hs

    Seto chegou no Céu:- Entra menino !…Aqui vc não precisa de licença; disse-lhe São Pedro; tal qual Irene ,no poema de Bandeira, Claudio Seto entrou, reviu os parentes, cumprimentou os amigos todos e logo foi papear com Leminski,exibir -lhe uns cartoons novos,apresentou seus gibis para Kurosawa, que podem virar filme, depois na cerimônia de chá com Helena Kolody,aceitou ilistrar seu novo livro…iria mais tarde falar com Portinari sobre as paisagens dos cafezais..em suas telas…e preparar uma comidinha japa,,,em seguida …em seguida iria para a festa….hoje tem festa no Céu ; um grande desenhista voltava pra casa….Valeu Seto !

  3. Fernandes
    segunda-feira, 17 de novembro de 2008 – 11:10 hs

    Entrou para a nossa história!

  4. jango
    segunda-feira, 17 de novembro de 2008 – 15:19 hs

    Não o conhecia, mas meses atrás vi uma entrevista de Seto e admirei a lucidez, cultura e clareza de seu pensamento, além da simpatia.

  5. João
    segunda-feira, 17 de novembro de 2008 – 17:48 hs

    Pessoa de poucas palavras. Falava pelo traço, pelo talento. Uma grande perda.
    Paz à família. Valeu, Seto!

  6. Eliana
    segunda-feira, 1 de dezembro de 2008 – 22:59 hs

    Agradeço por ter conhecido esta pessoa maravilhosa como o Seto. Deixo aqui minha homenagem pois fiquei muito triste por ver a notícia do seu falecimento dias depois.
    Eliana da Silva Araujo

  7. karina de souza carn
    quinta-feira, 8 de janeiro de 2009 – 17:13 hs

    É UM GRANDE HOMEM CONCERTEZA CLAUDIO SETO ERA PELO MENOS NA MINHA OPINIÃO UMA PESSOA DE BEM UM AMIGÃO ELE ME AJUDOU MUITO ISTO NÃO POSSO NEGAR DEVO MUITO A ELE UM GRANDE AMIGO QUE SE FOI … MAS TENHO CERTEZA DE UMA COISA OS QUADRINHOS DE MANGÁ NÃO SERÃO MAIS OS MESMOS SEM SETO PARA …BOM ESTEJA AONDE FOR QUE ESTEJA EM PAZ ETERNA CLAUDIO COM VOCE APRENDI OQUE É SER UMA PESSOA HONESTA !!!! COM ISSO SÓ RESTAM MEUS SENTIMENTOS A TODOS DE SUA FAMILIA E QUE VOCE ESTEJA EM PAZ SEI QUE SABE DE TUDO ISSO ONDE QUER QUE VOCE ESTEJA VAI VER ESSA HUMILDE MAIS POREM SINCERA HOMENAGEM.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*