Morreu Dailza Damas | Fábio Campana

Morreu Dailza Damas

Dailza Damas, a primeira brasileira a atravessar o canal da Mancha e a repetir o feito, morreu na madrugada de hoje, em Bombinhas, litoral de Santa Catarina, onde se recuperava de cirurgia cardíaca.

Seu corpo será sepultado em Apucarana, cidade onde ela nasceu.


11 comentários

  1. Gustavo Bayer
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 10:10 hs

    Uma grande perda…..Que Deus acolha essa pessoa fantástica que só nos mostrou a alegria e a crença que tudo que acreditamos conquistamos nessa vida.

  2. Cristina Leite
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 10:10 hs

    Uma perda irreparável, no mundo do esporte feminino! conheci Dailza a 20 anos, qdo trabalhava de garçonete em restaurante, fui apresentada pelo dono do restaurante, logo era meu cunhado, achei q esta mulher era simplesmente invencível……até a próxima Dailza!
    A gente se encontra um dia, vá em paz!

  3. O Povo
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 10:31 hs

    Uma guerreira, que deixou bons exemplos de luta, raça, de amor a vida, de perseverança e foi uma batalhadora incansável do esporte como recuperador e superador de obstáculos!

  4. bagualla
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 10:39 hs

    Que pena!!! triste notícia!!! Dailza foi uma vencedora sem duvidas e uma grande guerreira!!!

  5. sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 10:49 hs

    Que Deus a tenha na palma de sua mão.

  6. Adir de Souza
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 13:48 hs

    Aqui fica o meu sentimento de pesar ao meu amigo Seu único filho, Marlo, que é um grande Jovem que carrega o a Coragem e a determinação desta Grande Brasileira que os Parananeses sempre irão se Orgulhar
    DAILZA

  7. LEANDRO
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 14:25 hs

    MORRE FAZ PARTE DA VIDA! TEMOS QUE ENCARAR DE FRENTE.

  8. rosane
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 15:27 hs

    “OBRIGADA PELA SUA REPRESENTATIVIDADE, LUTA E DETERMINAÇÃO”

  9. Helenize
    sexta-feira, 7 de novembro de 2008 – 15:49 hs

    Dadá minha amiga, como foi sem se despedir de mim? Tenho certeza, que já estás junto com Deus. Vai em PAZ deixando um grande vazio para nós. Que Deus a abençõe

  10. Luiz Gustavo
    domingo, 5 de abril de 2009 – 18:58 hs

    Entre tantos heróis e heroínas esquecidos e desvalorizados por este país sem memória, mais uma que se vai, sem o devido valor. Mas acima detudo, sua mensagem de vida, garra, força e de grande esportista se perpetuará para sempre. Vá com Deus Dailza!!!!

  11. Joaquim Passos
    sábado, 7 de novembro de 2009 – 17:59 hs

    É simplismente indiscutível a enorme perda. Mas voce Dailza foi tão guerreira que não existe adjetivo que expressa tua importancia, e sempre servirá de exemplo para nós em vários meios.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*