Lula tenta impedir aumento de aposentados | Fábio Campana

Lula tenta impedir aumento de aposentados

Por ordem de Lula, os operadores políticos do governo iniciaram articulação para sepultar na Câmara três projetos que aumentam despesas da Previdência. Não são propostas da oposição. O autor é o companheiro Paulo Paim, do PT, partido do presidente.

Ontem, o ministro José Múcio, coordenador político de Lula, começou a fazer a cabeça dos líderes do consórcio governista contra o “pacote Paim”. Na próxima semana, o pedido será reiterado, de forma solene, numa reunião do Conselho Político, no Planalto.

O governo alega que os projetos que beneficiam aposentados e pensionistas, se aprovados, vão estourar o caixa da Previdência.

As propostas companheiras já passaram pelo Senado, com os votos de governistas e oposicionistas. As baterias do Planalto se voltam para a Câmara.

O projeto mais recente, aprovado pelos senadores na quarta (12), amarra os benefícios previdenciários ao valor do salário mínimo.

Determina que o governo reponha, em cinco anos, a defasagem dos benefícios antigos. Algo que, pela estimativa oficial, vai custar R$ 9 bilhões.

As outras duas propostas dormem nas gavetas da Câmara há mais tempo, desde abril. Foram aprovadas no Senado em votações unânimes.

Uma prevê o repasse automático dos reajustes do salário mínimo às aposentadorias. Outra extingue o chamado fator previdenciário, criado sob FHC para coibir as aposentadorias precoces.

Em contas preliminares, o governo estimara que as três propostas gerariam um custo adicional de R$ 18 bilhões às arcas da Previdência. Agora, já fala em R$ 27 bilhões.

A despeito dos esforços do Planalto, nem todos os deputados governistas se dispõem a comprar briga com os aposentados. Preferem acomodar a batata quente no colo de Lula, que tem o poder de vetá-los.

Para evitar o constrangimento, o governo se mexe para impedir que o “pacote Paim” chegue ao plenário. Conta com a boa vontade do presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP).

Cabe a Chinaglia definir o que vai e o que não vai a voto. Essas decisões são tomadas, porém, em reuniões colegiadas, das quais participam os líderes dos partidos.

Daí o apelo do Planalto aos líderes que devotam fidelidade ao governo. Melhor a tática da gaveta do que o risco de uma derrota em plenário.


18 comentários

  1. Fernandes
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 10:07 hs

    É uma sacanagem do Lula, que com esta atitude rompe mais uma vez com todos os seus discursos proferidos na época em que era oposição!
    Os que tanto contribuíram com o país a cada dia perdem mais direitos!

  2. Guardalupe
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 11:05 hs

    Natural q ele tenha esta atitude, agora pra banqueiro tudo.
    Outra coisa, dinheiro pra montadoras tem muito e para a pequena industria, que é quem mais mantem o nível de empregabilidade, vai ter?

  3. Teodoro
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 11:08 hs

    O “analfa-Lula” só gosta de dar reajuste a Deputados, Militares, Poder Judiciário, e Cargos Comissionados Petistas!
    Aposentados não pode, pois quebram a Previdência, velho papo de anos de FHC de Sarney, etc.
    Os aposentados que se f….!

  4. MENDINGO
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 11:36 hs

    Tremenda de uma sacanagem pra quem eh aposentado a 10000000 anos porque perdeu o dedinho.

  5. sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 11:49 hs

    Ainda bem que não votei no Lula.

  6. sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 12:36 hs

    Aumento só para os kumpanheros né ? Assim é o governo do PT. “Tudo gente fina e ética”.

  7. jango
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 15:44 hs

    Quando o Lula estava do lado de cá era absurdo, agora do lado de lá patrocina outro absurdo maior ! Pagar trilhões ao FMI pode, recompor a base salarial de aposentados e pensionistas não pode ! Que lógica perversa deste presidente perverso. Sabe que aposentados e pensionistas estão mais à beira do túmulo do que da urna eleitoral – então, não pode aumentar salário. Chega de demagogia, Lulalá.

  8. sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 22:42 hs

    EM 1998 EU ME APOSENTEI COM 627,69 REAIS O MÍNIMO ERS 120,00 HOJE EU GANHO 1210.34 ISSO É UMA BRIMCADEIRAAAAAAAAA RSRSRS KKKKKKK

  9. Antonio Ranauro
    quinta-feira, 27 de novembro de 2008 – 15:34 hs

    So os jegues não enxergam que quanto mais reduzirem o salario dos aposentados mais gente ficará desempregada, pois os aposentados estarão voltando ao mercado de trabalho e por sua experiencia terão a preferencia mercado. Consequentemente as contribuições a Previdência estarão sendo reduzidas. Os jegues precisam tirar seus antolhos para encergarem melhor o sistema previdênciario do pais. Se não o fazem e por conveniencia para abastecer os projetos pseudo socialista desse governo enganador das classes menos favorecidas. Eta governinho demagogo e pretencionista de lider socialista da America do Sul. Fora jegues!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  10. Adolpho Adduci
    quinta-feira, 8 de janeiro de 2009 – 17:16 hs

    Mais um Ano termina com a grande legião de Aposentados e Pensionistas a ver Navios. Culpa de quem…? Da maioria dos 513 Deputados Federais do Partido dos Trabalhadores e da Base Aliada? Vossas Excelências foram eleitos por aqueles eleitores e simpatizantes que outorgaram o mandato de Deputado Federal para que analisassem os projetos e votassem com suas consciências em beneficio dos mais necessitados como faziam inflamados discursos criticando o governo de então e acenando com respeito ao salário do Aposentado, respeito esse que na prática não existe. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o Partido dos Trabalhadores, agora que podem resgatar para todos os Aposentados e Pensionistas ficam: Enrolando os Projetos (engavetando), tirando da pauta de votação em cima da hora Projetos do Ilustre Senador da Republica Paulo Paim, que por sinal é do Partido dos Trabalhadores, pois são poucos Senadores e Deputados Federais desse Partido que mantém coerência no que o Partido sempre defendeu os que se opunham na linha traçada pelo Partido, mudaram de Partido ou foram marginalizados e fundaram o PSOL, porque o Partido dos Trabalhadores mudou tanto principalmente com relação aos Aposentados e Pensionistas essa classe de Trabalhadores que deveria ser respeitada por todos os Governos e principalmente pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva que sabe das dificuldades que estamos passando há muitos anos, mas não faz nada em nosso beneficio, podem esperar Senhores Aposentados e Pensionistas o Governo e o Partido dos Trabalhadores darão a desculpa agora que querem resolver o nosso problema, mas em virtude da Crise Financeira Mundial não podem aprovar os três Projetos do Senador Paulo Paim, a desculpa será essa… Invés de o Governo respeitar a arrecadação do INSS que é do TRABALHADOR e não do GOVERNO que desvia para outros fins não é? Como agradecimento ao Trabalhador Aposentado que fez o País crescer e se desenvolver e seguir o exemplo dos paises desenvolvidos, onde o trabalhador Aposentado recebe proventos dignos porque não há desvio de verbas. Os Aposentados e Pensionistas irão ficar de olho no voto de Vossa Excelência e daremos o troco nas Eleições de 2010, quem e contra e será candidato, esse alerta serve também para o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

  11. sexta-feira, 30 de janeiro de 2009 – 19:14 hs

    è tem até gatos recebendo bolsa familia ,um monte de vereadores que consegue bolsa familias ,para seus familiares e amigos , senadores querendo aumentar vereadores ,para cabo eleitoral , isto não dá despesa para o brasil???? só aposentados que trabalhou 30anos comtribuindo com o crecimento do pais ,dá sespesas !!!!!!!!!!!, ei lula presta atenção , nós somos aposentados mais nos tambem somos eleitores , pense nisso , se quesermos mudaremos tudo ,basta nos votarmos em quem nunca se elegeu ,e trocarr todos voceis,começar agora nas proximas eleições ,

  12. Anônimo
    sábado, 31 de janeiro de 2009 – 18:56 hs

    vergonha vergonha vergonha em 2001 me aposentei com 1salario,70% quer dizer menos de dois e pagando sobre quatro ai vem essa droga de fator e ba ba ba e me aposentei proporcional e olha com uma diabete que me furo de 6a 8 vezes dia mas vou viver muito!!!!!! so que hoje era p/ estar recebendo750 pasmem estou com 560 pessoal se eu e minha esposa tevessemos pagos um salario cada um era muito menos po mes e estariamos agora com 930 isso e justo brasil que pena desabafo porque se eu pudesse faria campanha p/ nao serem enganados por estes politicos sem alma

  13. Acacia
    quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009 – 23:33 hs

    È uma pena que o Lula esqueceu os aposentados.. tenho ódio de ser uma, que perdi 40% do meu salário, minha empresa faliu, não tive opção..deveria inventar uma lei q quem não quizesse aposentar.. devolver o dinheiro pago e corrigido.. eu acho que quem pagou muito como eu ficaria mais feliz!!

  14. quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009 – 9:28 hs

    Eu quero saber para onde vai o dinheiro que é descontado para o inss de quem trabalha depois que já se aposentou por tempo de serviço, e continua trabalhando e pagando o inss sendo que não vai aposentar novamente!!!!!!!!!!!!será que é para financiar a eleições de 2010????porque tudo neste pais quem paga é o aposentado ,até o perdão da divida dos prefeitos com o inss !??!??

  15. quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009 – 9:36 hs

    meus amigos aposentados ,a unica maneira de reverter esta situação é nos só votarmos em que nunca foi eleito a nada começar agora trocar tudo não deixar ninguem se reeleger ,comesando dentro de casa nos bairros ,com os vizinhos ,na nossa cidade ,e asim por diante ,vamos lutar e pegar firme com esta batalha ,quem sabe teremos respeito, porque somos tratados como um trapo velho ,não desanime

  16. quarta-feira, 29 de abril de 2009 – 15:27 hs

    É verdade do jeito que vai nós aposentados vamos nos tornar mendigos quero dizer acho que já somos de alguma forma pedintes.
    Pedimos aos parentes e aderentes que nos ajudem a sobreviver, somos constrangidos pela nossa condição de aposentados, se pelo menos tívessemos saúde de qualidade do governo, ainda amargamos o pagto. de um plano de saúde para não penarmos na rede de saúde pública.
    Srs. vamos nos unir porque do jeito que estamos somos sobreviventes. Enquanto isso aqueles em quem depositamos nossa confiança estão trabalhando em causa própria é só assistir a mídia o que esses canalhas estão aprontando com o nosso suado dinheiro.

  17. CARLOS AUGUSTO DE SO
    quarta-feira, 13 de maio de 2009 – 9:31 hs

    CASO OS APOSENTADOS CONTINUE RECEBENDO AUMENTO ABAIXO DO PERCENTUAL DO SALÁRI M-NIMO, CHEGARÁ O DIA QUE ESTAMOS RECEBENDO MENOS QUE O SALÁRIO MÍNIMO. NÃO SOMOS CONTRÁRIO QUE O PERCENTUA DO SM SEJA 10%, O QUE QUEREMOS É TER OS MESMOS DIREITOS. POIS SE ASSIM NÃO ACONTECER O QUE VAMOS RECEBER NÃO VAI DÁ PRA COMPRAR REMÉDIOS PARA DEPRESSÃO, PRESSÃO ARTERIAL, DIABETE ETC. AS ELEIÇÕES ESTÃO CHEGANDO E VAI O MEU ALERTA: TEMOS UMA GRANDE ARMA QUE É O NOSSO VOTO, VAMOS FICAR DE OLHO NOS DEPUTADOS, SENADORES, PRESISENTE E NAS COMISSÕES EM BRASÍLIA.
    DE: CAMPO FORMOSO-BAHIA.

  18. Sandra Serpa
    quinta-feira, 25 de junho de 2009 – 21:17 hs

    Sr. Lula:
    O Sr. ainda sonha que indo contra os aposentados e emprestando milhões ao FMI o Sr. ainda acha que seu partido vai ganhar as próximas eleições?
    Pois saiba que o Sr. está indo contra os principios que alegava ter para se eleger nós “O Povo”.
    Nós “O povo” nas próximas eleições vamos dar uma resposta ao seu partido, os aposentados principalmente, todos eles vão votar contra o PT.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*