"Foi um momento infeliz de Romanelli", diz Gleisi | Fábio Campana

“Foi um momento infeliz de Romanelli”, diz Gleisi

Foi com esta frase, nada mais do que isso, que Gleisi Hoffmann resumiu sua indignação diante da declaração do deputado Luiz Claudio Romanelli ao dizer que a presidente do PT seria uma espécie de ventríloqua do marido, o ministro Paulo Bernardo.

A declaração foi dada agora há pouco na CBN. Gleisi não quis polemizar. Parecia mais uma integrante da Brigada dos bombeiros que tenta apagar o incêndio entre PT e PMDB.

“Não é uma briga, só uma diferença de posicionamento entre o PT e o governador Requião no que se refere à política econômica. A situação hoje do Brasil diante da crise internacional mostra que estávamos certos”, reafirmou Gleisi.


8 comentários

  1. laura gimenez
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 15:28 hs

    O VERDADEIRO PT-essa é a cara verdadeira
    do PT, nada de perder carguitos, sinecuras,
    e outras prebendas…criticam e falam mal do
    governador…mas não a ponto de sair do governinho…aliás, qual o carguito novo da
    mocinha???

  2. Leonardo
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 20:52 hs

    O que essa Gleisi entende do que?
    o Paulo Bernardo é uma vergonha pro nosso país. Não sabe nada sobre economia e é Ministro do Planejamento, como bem lembrou ontem nesse blog, alguém, de que esse Ministério já foi ocupado pelo Celso Furtado, Roberto Campos, José Serra, Simonsen, Reis Velloso, Sayad. Esse Brasil do Lulismo tá difícil.
    Nada como um dia após o outro.

  3. Mano da Vila
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 20:56 hs

    Momento infeliz com o deputado-pula-catraca Roubanelli: ter nascido.

    Interessante a postura da Barbie, enquanto Lula assopra, ela bate !?!?!?!

  4. Pantagruel
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 22:07 hs

    Gleisi, infeliz foi tua candidatura pro nosso partido. Fui!

  5. Luis Konig-Contenda
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 23:07 hs

    A ventríloca do marido não fura pedágio e na maior cara de pau acha tudo normal.

  6. Arrelia
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 23:33 hs

    O Romanelli, pessoa sem expressão nenhuma, se vê comtemplado com um cargo de deputado e como lider do governo do PMDB, se acha próximo do limiar das verdades celestiais. Dá maus exemplos, como o de furar pedágios sem pagar(para puxar o saco do Governador). Ora, quem te viu e quem te vê. É uma Barbaridade!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  7. LINEU TOMASS
    sexta-feira, 14 de novembro de 2008 – 23:33 hs

    OLÁ DEP. ROMANELLI.
    VIDE MEU COMENTÁRIO NESTE BLOG, NA CRÍTICA DO VALDIR PUGLIESI, SOBRE A GLEISI.
    QUAL É A SUA HIPÓTESE SOBRE A ORÍGEM DESTE ACONTECIMENTO?
    LINEU TOMASS.

  8. tô de olho
    sábado, 15 de novembro de 2008 – 11:48 hs

    senhores e senhoras do PT, PMDB e demais partidos, vamos parar de debater e incrementar picuinhas e vão tratar do que é sério e importante para o Paraná e Brasil…

    Fica a pergunta que não quer calar: O que cada partido faz no dia-dia do município, país e nação ?

    O que se vê são ações individuais dos partidários com mandato e não a perfomande do programas e visões partidárias….

    Vamos deixar de lado os EGOS e governar estes municípios, estados e país, seja à frente dos governos ou nas opoisções …

    Hajamos e elevemos os níveis dos debates no seio dos parlamentos ! Vamos tratar da violência infantil e contra os idosos, da violência urbana que assola os municípios, as comunidades, das drogas que matam nossa juventuide, da educação de baixo nível, da agricultura, do meio ambiente e tantos outros temas ….

    Vamos estudar os problemas nacionais e propor soluções para sua eliminação e resolução …

    Se não se prepararam antes, acerquem-se de bons assessores e preparem-se para governar …elevemos o nível do parlamento municipal, estadual e nacional ..

    Abaixo a MEDIOCRIDADE e a BURRICE nacional …..

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*