Doático voltou à ativa distribuindo bordoadas | Fábio Campana

Doático voltou à ativa distribuindo bordoadas

Quem acessar os sites Fórum Social do Mercosul, Frente Ampla e Assuntos de Curitiba vai perceber que Doático Santos voltou à ativa. Prepara grande encontro do movimento sindical e de associações de moradores para lutar pela continuidade dos programas sociais, de obras e de distribuição de renda no Estado.

A bandeira é: “Diga não ao retrocesso social”. Segundo Doático, seu movimento vai continuar na luta para manter os programas do leite, luz fraterna, tarifa da água barata, salário mínimo regional, programa de construção de moradias, hospitais, escolas, canchas esportivas, estradas e de geração de emprego.

Para isso temos que organizar o povo para impedir o retrocesso social. Do encontro partirá uma grande caravana para o Fórum Social Mundial que este ano será realizado no Pará, “onde se pretende enterrar de vez as propostas neoliberais”, conclui Doático.


20 comentários

  1. Fernando Messias
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 16:26 hs

    Em homenagem ao guerreiro dos pobres vamos cantar juntos:

    O Portão
    Composição: Roberto Carlos
    Eu cheguei em frente ao portão, meu cachorro me sorriu latindo
    Minhas malas coloquei no chão, eu voltei
    Tudo estava igual como era antes, quase nada se modificou
    Acho que só eu mesmo mudei, eu voltei
    Eu voltei, agora pra ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar
    Eu voltei pras coisas que eu deixei, eu voltei
    Fui abrindo a porta devagar, mas deixei a luz entrar primeiro
    Todo meu passado iluminei, e entrei
    Meu retrato ainda na parede, meio amarelado pelo tempo
    Como a perguntar por onde andei e eu falei
    Onde andei não deu para ficar, porque aqui, aqui é o meu lugar

    Eu voltei pras coisas que eu deixei, eu voltei
    Sem saber depois de tanto tempo se havia alguém em minha espera
    Passos indecisos caminhei e parei
    Quando vi que dois braços abertos, me abraçaram como antigamente
    Tanto quis dizer e não falei e chorei
    Eu voltei, agora pra ficar porque aqui, aqui é o meu lugar

  2. Jovem
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 16:29 hs

    Esse integrante dos SEM VOTOS não deveria ter direito a falar!
    Não se elege nem síndico de prédio!

  3. O Povo
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 16:56 hs

    O reprovado nas urnas pelo Povo tem que colocar o rabinho entre as pernas e aproveitar seu “carguinho” que lhe garante 17 mil por mês junto a Cohapar, enquanto não acaba essa mamata após 2010!

  4. Adoniran
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 17:07 hs

    pfff…

  5. jango
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 17:18 hs

    Enquanto seu patrão e mentor vai a périplo árabe-nipo-franco à custa do erário, o moçoilo ressurgido das cinzas eleitorais vai do Paralá ao Pará – com que cascalho ? Vocé já sabe: do cargo comissionado, é claro ! Nós, otários, pagamos estes demagogos.

  6. Zé do Coco
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 18:26 hs

    Dizer NÃO ao retrocesso social é investir na qualificação da mão-de-obra para que não dependa de esmolas e favores do governo.
    Sinto ter de reconhecer que ele é a favor de continuar a encabrestar o povo para impedir que exerçam a cidadania.

  7. Cara de Pau
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 19:01 hs

    Fábio, esqueça o Doático. Depois do desempenho eleitoral de outubro, deu para ver que politicamente está morto, não merece ser notícia mais.

  8. Cristiano
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 19:23 hs

    E o pedágio …. abaixa ou acaba ??

  9. Theo
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 20:01 hs

    Quem deixou o cachorro escapar do canil do Canguiri?
    Coleira e focinheira nele!

  10. NAGIB
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 20:14 hs

    Não acredito…
    Esse indivíduo de volta fazendo demagogia, para justificar seu cargo doado pelo Requião. Depois das eleições, somente neste ultimo sábado a ausência dele foi comentada, com alegria, no “boca” maldita.
    Hoje, a tarde, conversando com ex-advogado do Coritiba fiquei sabendo que na década de 70, o Doático foi chefe de torcida do “coxa”, (não sabia disso) novidade pra mim. Brigou, por que não era bem quisto no alto da Glória e, “virou casaca”, mudando para o Atlético. E a galera da baixada o aceitou. Desespero?

  11. SOCORRO!
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 20:27 hs

    “Diga não ao retrocesso social” é o que todo o paranaense deve fazer, depois do verdadeiro desmanche feito pelo Requião na área da Assistência Social. Começou acabando com a Secretaria da Criança e Assuntos da Família, órgão responsável pela Política da Assistência Social. Instituiu um Núcleo na Secretaria do Trabalho, com recursos praticamente inexistentes. Desprezou os funcionários de carreira e além de um ínfimo grupo de petistas em cargo comissionado, a área está sendo conduzida por estagiários da PUC. Nada foi feito de concreto e ainda houve o maior retrocesso da história!!!

  12. Geraldo
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 22:38 hs

    Todos já disseram, se toca, seu ridiculozinho, que nem pra síndico de conjunto habitacional do Tatuquara vc consegue se eleger. Continue a puxar o saco do déspota falido do Canguiri, vai lá mamar nas tetas da COHAPAR, que 2010 vem rápido!!!

  13. Geraldo
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 22:39 hs

    E ri do que ainda essa Anta???

  14. paulão
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 22:55 hs

    Se alguém atirar no saco do Requião o Doatico fica maneta……

  15. Turkoloco
    terça-feira, 4 de novembro de 2008 – 23:35 hs

    O Bobático não conseguiu conversar nem 1.500 pessoas votarem nele nas últimas eleições, que dirá que conseguirá organizar um “grande evento” !!!!
    Ele não tem competência para tanto, e o barco que está está afundando dia a dia, até o dia do naufrágio total……
    Prendam novamente o cachorrinho do canguiri em uma coleira curta !!!!!

  16. irene
    quarta-feira, 5 de novembro de 2008 – 10:50 hs

    dar espaço na mídia pra esse insignificante é tudo o que ele quer e nada do que ele merece. Doático já era, caput, finito, zero, nihil

  17. Roberto
    quarta-feira, 5 de novembro de 2008 – 10:52 hs

    Sempre amparado pelo Aiatoláh Requião, o Mulá (ou seria mula) Doático parte para mais uma investida sectária.
    É incrível como o fanatismo não permite o convívio com as diferenças ideológicas ou políticas. Os adversários são sempre vistos como inimigos. Suas realizações não merecem nenhuma consideração. Todos os que não fazem parte do grupo são desonestos, manupuladores e ladrões.
    O Mulá (ou mula) doático merece desprezo por todos que realmente querem fortalecer uma sociedade livre e democrática.

  18. SYLVIO SEBASTIANI
    quarta-feira, 5 de novembro de 2008 – 12:50 hs

    Doático: Ter perdido uma eleição não é motivo para você deixar a Presidência do PMDB de Curitiba.Vou te dar um exemplo para o seu caso: Abilon de Souza Naves, foi candidato à deputado estadual pelo PTB em 1950, não foi eleito, ficou em 18a. suplencia, com apenas 917 votos..Naquela eleição o PTB elegeu 12 deputados estaduais. Posteriormente, foi Presidente do PTB do Paraná, Vice-Presidente Nacional do Partido, e em 1958 foi eleito Senador da República,obtendo maior votação que os dois candidatos opositores juntos.Foi o MAIOR LIDER TRABALHISTA DO PARANÀ!. ^Você precisa é mudar de estilo de fazer política, no momento não se candidatando a cargo eletivo, colaborando com todos os seus correligionários, realizando reuniões periódicas do Diretório, concedendo liberdade de expressão a todos e sendo mais ético. Creio ser estes os fatores que lhe darão mais poderes partidários.

  19. Cidadao F
    quarta-feira, 5 de novembro de 2008 – 14:26 hs

    Sr. Sylvio Sebastiani como diz o velho dito popular.
    Burro velho não aprende truque novo.
    Pepino que nasce torto se tentar endireitar quebra.
    Este pseudo-cidadão não tem capacidade de entender o que vc falou, na sua grande e ilibada carreira jornalística e de cidadão brasileiro.Além do que a palavra caráter não existe no vocábulo deste indivíduo.
    Além do mais não é 1% do que foi Abilon de Souza Naves. Apenas mais um sem-cérebro.
    Que usa inocentes e pouco esclarecidos como massa de manobra, e quando o bicho pega desaparece.

  20. quarta-feira, 5 de novembro de 2008 – 17:23 hs

    Caro Sr Campana:
    Não existe uma coluna mais democrática que a sua,pois, ainda oferece espaço ao nobre Doático Santos, porta voz dos menos abastados, mas que receberá um excelente salário pago pelos desnudos na Cohapar. É muito dinheiro para alguém que, com certeza, não tem Carteira Profissional, nunca soube o que é “trabalhar” produtivamente. Pena que o Linguiça do Circo, mais votado que o Doático não tenha o mesmo espaço em sua coluna e nem na Cohapar. Parece-me que aquele, ao menos, era mais capacitado e levava a alegria a população mais necessitada
    Desculpe-me pela inssurgência.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*