Sem resistência, as gangues do tráfico avançam | Fábio Campana

Sem resistência, as gangues do tráfico avançam

Alessandro Gonçalves Leal tem 19 anos. Levou um tiro na nuca na manhã de ontem, no bairro de São Braz. Na mesma região da cidade foi encontra morto, com vários tiros na cabeça, outro jovem que deve ter a idade de Alessandro. São as mais recentes baixas na guerra do tráfico, que avança em toda a cidade sem encontrar resistências.

Outro jovem foi assassinado na Vila das Torres, no final da noite de ontem. Cleiton de Araújo, 23 anos, levou cinco tiros. Os assassinos fugiram em uma moto.

No Uberaba, traficantes avisam que não temem o que chamam de “polícia pequena”, as patrulhas “Povo”. E ameaçam exterminar as que apareçam em seu caminho.


7 comentários

  1. luis carlos (break)
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 10:57 hs

    procurem o secretario da segurança ele explicara tudo isto. Ta tudo tranguilo com relação ao crime ta tudo sobre controle não é mesmo povo do Paraná. hahahahahaha

  2. irene
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 11:03 hs

    e o que pensam fazer nossas autoridades? se eu estivesse numa viatura da povo sem blindagem, só faria ronda no asfalto principal. O povo que se dane, não é mesmo, governador?

  3. Segurança zero
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 11:37 hs

    Do jeito que as coisas vão no são braz, logo, logo estas gangues estarão retirando pessoas dentro de escolas e igrejas e executando no pátio. É uma afronta a policia e a todo o sistema de segurança falido da cidade. Até quando e quantos precisam morrer para haver uma reação??

  4. Franco Atirador
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 11:53 hs

    “Veja bem… o GEOPROCESSAMENTO é uma ferramenta utilizada pela mais avaçadas polícias do mundo para diagnosticar e localizar os focos de criminalidade, favorecendo uma política de combate eficaz e efetiva, sendo que a polícia cidadã blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá blá …….”

  5. Antonio W
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 13:05 hs

    Enquanto isso, o governador Requião prepara-se para desfrutar das mordomias de um hotel sete estrelas, pagas pela sociedade, inclusive pessoas que têm os familiares assassinados pelo crime. Vamos instalar um processo contra o governador?

  6. Chegou!
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 13:53 hs

    Enfim, chegou! O rio é aqui. Oremos!

  7. Zé do Coco
    segunda-feira, 13 de outubro de 2008 – 17:38 hs

    Muito bem, todos sabem a quem está subordinada a polícia no Paraná. Façam o seguinte: nas eleições para senador, votem no homem.
    É a justa paga pelos excelentes serviços que a população tem recebido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*