Requião e prefeito de Foz do Iguaçu trocam farpas | Fábio Campana

Requião e prefeito de Foz do Iguaçu trocam farpas

Durante a inauguração do Centro de Ressocialização em Foz do Iguaçu, o prefeito reeleito, Paulo Mac Donald Ghisi, do PDT, resolveu dar uma cutucada no governador Requião “desculpando-se” pelas eleições e aproveitou para pedir recursos para asfaltar a estrada que dá acesso ao Centro.

Requião prontamente respondeu que seria reservada uma cela especial para o ex-diretor do Instituto de Trânsito de Foz (Foztran), Yoshimitsu Oda, supostamente envolvido com pedido de propina a uma empresa de ônibus na cidade. Oda apareceu em um vídeo, veiculado na campanha, pedindo uma “colaboração” para um empresário.

“Assumo o compromisso de determinar que uma cela seja reservada para seu secretário que aparece achacando um empresário do transporte coletivo. Se ele for recolhido para esta cela, mando asfaltar a estrada que dá acesso ao Centro de Ressocialização”, zombou Requião, ainda inconformado com a derrota do PMDB nas últimas eleições exatamente para Ghisi.

Na briga de cachorro grande, quem sofre é o povo. Ouça a provocação de Requião:

Ou clique aqui para baixar o arquivo em formato mp3.


15 comentários

  1. Bigan
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 18:19 hs

    Voce é engraçado Campana voce mesmo da a noticia que foi o Mc. Donald, que começou com as gracinhas e depois pede para se escutar as provocações de Requião, o Governador não pode responder ninguém a altura que logo esta provocando. Se o cara estava extorquindo empresários tem mesmo é que ir para a cana. Não vejo provocações nisso

  2. sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 18:33 hs

    Campana, o que poucos sabem é que foi Requião qum começou com as provocações.
    Ao cumprimentar Paulo Mac Donald antes do inicio da inauguração, o governador teria alertado Paulo que uma das celas já estaria reservada para o Paulo, no que ele retrucou: só se for a que ficará ao lado da sua.

  3. Luis Adolfo Konig
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 19:11 hs

    INFELIZMENTE MAIS FOGO PARA O PESSUTI APAGAR.
    PESSUTI, DESDE QUE O CONHEÇO SEI A PESSOA QUE REPRESENTA, LAMENTO QUE SUA IMAGEM TAMBÉM ESÁ SENDO ARRANHADA.
    DE QUALQUER FORMA É O DESVAIRISMO QUE TODO O PR CONHECE

  4. Antonio W
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 19:24 hs

    O arremedo de governador Roberto Requião não tem moral ética para criticar ninguém, nem mesmo o mais desqualificado ladrão.

  5. Antonio W
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 19:40 hs

    E se ele não parar de condicionar a algo em troca o envio de verbas públicas para cidades, vamos processá-lo por improbidade. Vamos acordar sociedade paranaense!

  6. O Bocudo
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 20:23 hs

    Bigan
    Onde esta o Samis, o prefeito apoiado pelo Requiao??
    A desculpe ele nao se elegeu hauahuahauhau
    E sera q nessa mesma cela podemos prender a galera do CEASA? Da COHAPAR? Da PAVIBRAS? ……..
    Perguntar nao ofende neh!

  7. jango
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 21:36 hs

    É a fanfarronice do Inquilino do Canguiri que, depois deste destempero, vai a Dubai e Japão com o dinheiro do povo, em turismo acidental, sem manifestar qualquer justificativa de interesse público. E as ditas autoridades de controle público se fazem de desentendidas …

  8. Falcão
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 22:16 hs

    Peço licença ao Bocudo, para acrescentar, em sua lista de presidiáveis, a curriola da Sanepar.

  9. Bigan
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 22:45 hs

    Os Que tiverem que pagar que paguem, Bocudo o que não se pode é essa intolerancia com o Governador. Perguntar não ofende Bocudo, não no meu caso, por isso la vai a minha pergunta. E o teu sai dia primeiro ou pode ocorrer algum atrazo,la na prefeitura, já que teu patrão agora não para no serviço, desde que ganhou a eleição já foi para o exterior, depois Londrina e hoje parece que esta em S.Paulo, quando ele volta para o batente, pergunta que os Curitibanos estão fazendo.

  10. Shirley
    sexta-feira, 24 de outubro de 2008 – 23:41 hs

    É Campana, põe aí o trecho de mídia onde o prefeito começa a briga.
    Não aja com parcialidade. Coloque a conversa toda…

  11. JOAO CARLOS
    sábado, 25 de outubro de 2008 – 8:40 hs

    O FINAL DA CARREIRA POLITICA DO SENHOR ROBERTO REQUIÃO, ESTA SENDO TÃOPATÉTICA QUANTO A SUA VIDA POLITICA , TÃO CEGAMENTE IDOLATRADA POR ALGUNS.O QUE MAIS PODEMOS LAMENTAR QUE PARA TENTAR ATINGIR PESSOAS QUE LHE FALAM A VERDADE (COISA QUE ELE ODEIA) E DESCONTA NO POVO QUE MUITAS VEZES SÃO SEUS ELEITORES, ISTO FAZ COM QUE CADA VEZ MAIS AS PESSOAS QUEIRAM DISTANCIA DELE.BOM PARA SEUS OPOSITORES.

  12. sábado, 25 de outubro de 2008 – 12:28 hs

    Destas duas figuraças da política paranaense somente podemos esperar isto, e, nada mais.
    Falou bem da vaga do Duce no presídio,lhe caberá em suas medidas, isto quer dizer, se os trairas não o elegerem senador ou outra coisa bem pior.
    Duce, em 2010 nem pra guardião de rua…

  13. Boss
    sábado, 25 de outubro de 2008 – 23:46 hs

    Tá tudo muito parcial por aqui…
    Infelizmente…

  14. O Bocudo
    segunda-feira, 27 de outubro de 2008 – 15:20 hs

    Bigan

    A melhor defesa eh o ataque! Quem nao tem o q falar ataca!
    Governo Requiao nao passa uma semana sem um escandalo! Isso eh uma vergonha!
    De tao bom q eh o Reuqiao q agora ate o PT quer deixar ele…. quer ir com o Osmar!!!
    Como diria Chico Anisio… tem pai que eh cego! hauhauahuahuahuah

  15. Anônimo
    terça-feira, 28 de outubro de 2008 – 13:12 hs

    Senhores, todos sabemos o quão arrogante é o governador do nosso Estado, como um representante pode acusar criminosos se o mesmo pratica crimes contra a administração como são os casos de nepotismo do mesmo. Nosso Governador tem essa mania de prender verbas e só liberar de acordo com as vontades dele e é sim a população que paga por isso, posso eu citar como exemplo aqui de Curitiba, quando o Governador Requião trancou todas as verbas que estavam destinadas a execução da obra da Linha Verde aqui em Curitiba, pois o mesmo queria que o então prefeito reeleito de Curitiba (Beto Richa) colocasse por toda a obra que a mesma era financiada pelo Estado “do Governador Roberto Requião”, ora diante disso o Prefeito de Curitiba, conseguiu empréstimos do BID, e a cidade de Curitiba, arcou sozinha com os custos de mais de R$ 100.000.000,00 (cem milhões de reais) nesse empreendimento, vejam que o Governador só libera as verbas de acordo com os seus caprichos e auto-promoção. Precisamos dar um basta nisso, e realmente começar a fiscalizar esses Governos, tomando uma postura rigída com a administração do dinheiro público e do fim a que se destina, sem ficar discutindo quem está certo ou não e em questão de dias esquecer todo o ocorrido.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*