PP cresceu no Paraná | Fábio Campana

PP cresceu no Paraná

A deputada Cida Borghetti, do PP, avaliou o desempenho do PP nas eleições. Diz ela que o partido aumentou a sua representatividade no Paraná ao eleger 38 prefeitos e 314 vereadores. Citou Juliano Borghetti, seu irmão, que conquistou cadeira na Câmara Municipal de Curitiba, e Sílvio Barros, reeleito prefeito de Maringá.

O crescimento amplia as condições de Ricardo Barros se lançar candidato ao Senado em 2010.


7 comentários

  1. Zé do Coco
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 9:54 hs

    É verdade, o partido criado por Paulo Maluf está crescendo.

  2. terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 9:58 hs

    Nem sonhe!!! Quem vai querer um Senador que é vice-lider do Lula???

    Vocês já inventaram aquele vice do Osmar e por isso estamos nesse inferno requianico. Agora chega!!! Fiquem na de vocês!!!!

  3. Denilson
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 10:00 hs

    Ricardo Barros ao Senado, deve ser brincadeira, um sujeito que pelo partido PP, ora abraça o PT do Lula, ora o PSDB de FHC não merece confiança nem respeito dos Paranaenses temos pessoas melhores qualificadas para nos representar no Senado, como por exemplo: Dep.Fed. Gustavo Fruet, que com certeza é um melhor nome!

  4. O GUARDIÃO -
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 10:03 hs

    PREFIRO ESTA, À GLAZY-BARBIE …

  5. João da Pinga
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 10:10 hs

    Agora tá tudo jóia. A família toda empregada e bem empregada, diga-se de passagem. A família poderia agregar ao nome de todos Mello e Silva. O que acham?

  6. gabeiga
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 11:58 hs

    Triste ver uma escumalha como essa do PP se eleger para qualquer coisa.

  7. Zé do Coco
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 13:46 hs

    Que tal reservarmos Gustavo Fruet e Álvaro Dias para a presidência da República? Alvaro como presidente e Gustavo como vice é um prato irrecusável.
    É o Paraná no Palácio do Planalto.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*