Paulo Rossi, aliviado, aplaude Gustavo Fruet | Fábio Campana

Paulo Rossi, aliviado, aplaude Gustavo Fruet

O presidente da central sindical UGT, Paulo Rossi, que foi recriminado por ter lançado os tucanos Beto Richa como candidato a governador em 2010 e Gustavo Fruet para o senado e para a presidência estadual do PSDB está nas nuvens e se sentido aliviado.

É que o deputado federal Gustavo Fruet deu entrevista dizendo que o PSDB terá candidato próprio e manda que o senador Osmar Dias, do PDT procure o seu caminho ao declarar: “Não é realista acreditar que o prefeito se torne um passivo apoiador da candidatura de Osmar Dias quando ele próprio será, provavelmente, alvo de uma convocação irresistível para ser candidato”, diz Fruet.


19 comentários

  1. munhos
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 10:49 hs

    O Paulo e um bom menino, meio ingenuo ainda, cheio de ideias e acredita em papai noel.

  2. Paulo Rossi
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 10:49 hs

    Prezados Geraldo e Messias,
    Por favor, parem de arrrumar confusão e vamos trabalhar…
    Um abraço,

    Paulo Rossi

  3. M P
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 10:58 hs

    O Paulo Rossi previu tudo antes e lançou Beto e Fruet. Um homem além do seu tempo. É iluminado. Um visionário. Ele ve tudo antes dos outros. Temos que tirar o chapéu para tamanha capacidade de ver o futuro. Parabéns.

  4. Abismado ....
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 11:13 hs

    Fico abismado com a “sapiência” política do Paulo Rossi, pois o menino chega a ser “clarividente” quando diz o óbvio e ululante, o que todos sabem, mas só que em hora errada!

    Ele parece com o Colombo quando colocou o ovo em pé ou ele é o ovo que o Colombo colocou em pé?

    Que dúvida cruel!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  5. Senhor V
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 11:16 hs

    Realmente a pseudo-base que se vislumbrava para 2010 foi-se. Osmar com certeza irá ao DEM, lá terá apoio e será eleito Governador, Beto, com a tucanada traíra perderá, não irão ter as benesses de cargos e escalões, pois ele ficará 2 anos sem mandato, assim caminha a humanidade, quem tudo quer….tudo perde.

    Alvaro Dias, só de longe olha a confusão, irá apoiar o irmão com certeza.

  6. Teodoro
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 12:03 hs

    Como viajam na maionese uns e outros, a ligação que une Beto e Osmar é muito mais forte que imaginam muitos, os dois estão pactados e traçam planos juntos, alguns se surpreenderão com os dois!

  7. Aposentado
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 12:07 hs

    Meu amigo Paulo Rossi,
    Gosto de acompanhar as notícia neste blog pela oportunidade de interargirmos com os leitores.
    Entendo que você foi correto, e já com antecedência avisou a familia Dias que estes estão com os “dias ” contados no Paraná, ficou claro eevidente que o Alvaro quaser pedeu para Gleise, mais não por mérito dela, e sim por votos de rejeição a ele, o Osmar, quse ganhou do indesejado Requião, que não ganha mais nem pra Sindico de Prédio, então, a aliação que faço, é que se muito, Osmar pode ser vice governador numa chapa com o Richa Governador, casocontrário, seria mais prudente a ele qe gosta de poder, “tentar” o senado, ou se eleger com certeza como Deputado Federal.
    Vai aqui o meu abraço ao Paulo Rossi e a todos os leitores deste blog.

  8. Zé cabrunco
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 12:22 hs

    fico imaginando que espécie de central sindical eh essa UGT, que apoia o PSDB. So se for sindicato de empresarios.

  9. Audir Antunes
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 12:54 hs

    Paulo. Lá no norte do Paraná a gente só se sente aliviado depois que entra, faz as necessidades e sai da moita.

  10. Tiago
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 14:52 hs

    Minha Gente,

    Vejam com calma dos últimos acontecimentos.

    O Beto teve bem mais de 70% dos votos na capital. Para quem não sabe ele é natural de Londrina e tem chances de eleger o ticano Hally por lá, ou seja, na segunda maior cidade do Estado ele é extremamente competitivo.

    De outro lado Osmar Dias, derrotado por Requião nas últimas eleições, também angariou vitórias nessas eleições. Paranaguá, Foz do Iguaçu e Cascavel.

    Em um terceiro lado temos o PMDB com aquela massa de pequenos munícipios (os mesmos que garantiram a vitória de Requião), que com o final do governo do estado, deve migrar para a onde a “onda do momento” mandar.

    O próximo governador do estado deve ser o timoneiro dessa ‘onda’. Agora fica a pergunta, quem tem mais condições de ser líder nesse momento, o prefeito da capital que fez 77% dos votos, tem apoio consolidado na 2º maior cidade do estado, ou o senador que ganhou somente em cidades médias?

    Em minha opinião uma tradicional familia deve voltar ao poder geral do Estado, mas não é a Dias, e sim a Richa.

  11. Zé do Coco
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 14:59 hs

    Não existem sindicatos apoiando o PSDB para nenhuma pretensão política. Eles todos estão convictos de que trazem de volta o PT ao cenário para ganhar.

  12. Bola no chão
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 15:15 hs

    Tiago
    Creditar uma possível vitoria do Rauly a Beto Richa e muita pretenção. 1° porque a eleição em Londrina não está definida e 2° Rauly é Alvaro Dias até a morte.
    Se beto Richa não mandar baixar a bola de seus “auxiliares torcedores” vai fazer um segundo mandato mediocre e vai dançar.

  13. tucano suplente
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 15:24 hs

    Eu apóio o menino aí, o Reginaldo Rossio, para suplente de senador do FRUETA.

  14. Pitta
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 15:34 hs

    Eu quero Beto, Beto Fica!

  15. quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 16:20 hs

    Paulo Rossi, vc está lindoooooooooooooooo, nessa foto, continua solteiro gatinhu

  16. J. Silvestre
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 16:26 hs

    Melhor ser sindicalista ligado ao PSDB e ao Democratas como é o caso do nosso vereador eleito Denilson Pires em Curitiba do que ser sindicalista ligado ao Partido do Mensalão e dos dólares na cueca. É BETO RICHA GOVERNADOR E BECA LUPION SENADOR EM 2010!!!

  17. Pedro malasarte
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 16:35 hs

    Além de um prognóstico lógico, tem fundamento. O Paraná precisa de sangue novo, gente nova, com capacidade para retomar os caminhos e a posição no cenário nacional, que o nosso estado sempre teve. Osmar embora seja um político, que muito nos honrou no senado federal, defendendo os interesses do Estado com galardia e competência, deixou escapar a chance, pois, o momento atual é a força do PSDB, e se articular com o PPS, DEM, e os tendenciosos do PMDB (stefhanes),….

  18. Pedro Charles
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 17:22 hs

    Sou de esquerda!
    Entre osmar e beto richa prefiro beto!

  19. Bituruna14
    quarta-feira, 22 de outubro de 2008 – 18:59 hs

    o unico Paulo Rossi que eu me lembro é aqele da Copa de 82……esse ai…. deve ser mais um querendo tirar vantagem atraves de “puxasaquismos” aos tucanos em pauta…Beto e Osmar devem fazer dobradinha em 2010…tenho certeza que com Osmar na cabeça….pois Osmar na eleiçao passada foi um dos poucos a ter coragem de enfrentar “Requeijao” e sua tropa de prefeitos…..Osmar teve o apoio de Beto apenas no final do segundo turno….mas de la pra ca ….os os dois estao unidos por um ideal….e ja devem ter algum acordo entre ambos…criaram uma dupla que se nao brigarem por causa de interesses particulares de alguns de seus aliados (fruet e etc…) com certeza colocarao o Parana de novo na trilha do progresso….Da lhe Osmar em 2010….e Beto 2014…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*