O teste de Colombo | Fábio Campana

O teste de Colombo

Foto de Beto Richa e J. Camargo em carreata em Colombo

Os palacianos gostavam de dizer que Requião passava por mau pedaço entre os eleitores de Curitiba, mas em compensação estava muito bem nos municípios da Região Metropolitana.

Mais uma tese que cai por terra. Saiu afinal uma pesquisa de instituto de respeitabilidade nacional para medir a corrida eleitoral em Colombo, onde Requião apostava todas as suas fichas na deputada Beti Pavin, do PMDB.

Pois, pois, saiu o Vox Populi e o prefeito J. Camargo, do PSC e PT, tem 49% das intenções de voto. A candidata de Requião, Beti Pavin, do PMDB, tem apenas 32%. A diferença em favor de J. Camargo é de 17%. Na espontânea, 46% afirmam que votam em J. Camargo e 29% em Beti Pavin. 79% confirmam que não mudam o voto.

A rejeição de Beti Pavin é de 32% de eleitores que dizem que nela não votam de jeito nenhum. A rejeição de J. Camargo é de 23%. Ou seja, tudo diz que o prefeito, apesar de Requião, se reelege com um pé nas costas.

Agora, outro dado que demonstra o quanto murchou a capacidade de convencimento ideológico de nosso Berlusconi paranaense. Vox Populi perguntou ao povo de Colombo sobre a influência que Lula, Requião e Beto Richa podem exercer sobre a sua definição de voto.

O resultado é vexatório para Requião. Enquanto 53% dos entrevistados dizem que a indicação de Beto Richa aumenta a sua vontade de votar no candidato apresentado pelo prefeito de Curitiba, e 36% confiam na indicação de Lula, caiu para apenas 28% o índice dos que confiam na indicação de Requião. Pior. 20% da população dizem que não votam em nome indicado pelo governador. Esta porcentagem é de apenas 6% quando se trata de Beto Richa, e de 13% quando é o presidente Lula quem fala.


9 comentários

  1. Henrique
    quarta-feira, 1 de outubro de 2008 – 21:15 hs

    Mas como pode existir pessoas que ainda votam ou podem ser influênciadas por Requião?Será que não enxergam o que está acontecendo com nosso Estado?Será que apoiam o nepotismo,a falta de honra,a falta de educação,a falta de desenvolvimento que assolam o Paraná?Será que apoiam a fuga de exportadores do Porto de Paranaguá?Será que apoiam a política de terror e mentira do executivo estadual?Será que ainda se consideram paranaenses?…

  2. Cristiano
    quarta-feira, 1 de outubro de 2008 – 21:47 hs

    + 1 Derrota do Requião !!
    ela ainda vai ficar sozinho, AH VAI !!!

  3. Colombiano!
    quarta-feira, 1 de outubro de 2008 – 22:20 hs

    O Beto Richa está fortalecendo os Municípios da Região Metropolitana de Curitiba, com candidatos aliados e que são contrários ao PMDB do Sr. Requião, governador em pleno declínio de aceitação, devido aos casos de truculência, nepotismo, corrupção, estagnação do Estado, falta de Segurança Pública, etc.
    O apoio do Beto Richa, dá aos candidatos uma certeza de futuras boas parcerias entre as nossas cidades!

  4. CLOVIS PENA
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 7:58 hs

    PARA BETO, GUSTAVO E OUTROS NOVOS

    Somente o povo para limpar os governos.
    Lembro de Rui Barbosa com a citação inesquecível, em que o desencanto por vezes leva o homem a “ter vergonha de ser honesto”.
    É o que vemos, com a validação, por falha na legislação, do abuso do poder, em favor pessoal e da familia. A validação do nepotismo, que nos cala mas repudiamos, pois, sabemos, agride princípios éticos maiores.
    Vai, Beto. Se posso ajuda-lo, sugiro ter sempre presente o conselho do Sérgio Mota ao Presidente Fernando Henrique: NÃO SE APEQUENE”.

  5. Anderson Ribeiro
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 8:37 hs

    Apesar da expressiva votação que o Requião teve em Colombo em 2005, a vingança declarada contra o Atual prefeito que derrotou o grupo PMDBista em 2004 foi a “gota dágua” !!!
    Não tem cabimento o que o Requião e a Beti Pavin fizeram , ou melhor, não fizeram, pra Colombo.
    Sacrificar 240 mil habitantes por um ideal oposicionista e coronealista não é atitude de políticos sérios.
    Não favoreceram nada, pelo contrário, só preudicaram e ainda querem que a população os apoiem… de que jeito !!!??
    Colombo vai de 20 no Domingo…
    Para vereador também votamos 20.

  6. ronaldo
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 9:18 hs

    É isso aí meu povo de Colombo, borduna na turma do baíacu.

  7. Anônimo
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 9:29 hs

    Mesmo sem pesquisas publicadas, o PMDB vai levar uma tunda em São José dos Pinhais, onde embarcou na canoa de Meyer e do PSDB, colocando na mesma chapa dois inimigos históricos que se fizeram acusações pesadíssimas nas eleições de 2004…

  8. Henrique Souza
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 10:45 hs

    Ignorancia tem limite buscar apoio do Beto Richa isso e o fim , so por que Beto esta com indice alto de popularidade Beto e somente candidato a prefeito de Curitiba e o Beto ganhando ele vai cuidar da cidade de Curitiba nao de Colombo, a nao ser que J quer garantir um emprego em Curitiba porque em Colombo nao ganha mais como prefeito !!!!!!!!!!!!!! O bom mesmo povo de Colombo e votar na na Beti vote 15!!!

  9. Douglas
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 11:21 hs

    Aqui na Fazenda Rio Grande os candidatos a prefeito também tem no Beto Richa e no Requião seus maiores cabos eleitorais. O primeiro diz que vai trazer benefícios da capital para a Fazenda e o segundo diz que vai “ser um pouco prefeito” junto com o candidato apoiado. Aqui não existe pesquisa registrada e deferida, mas ao que parece a disputa está em aberto, não existe um favorito, a diferença será muito pequena. Agora é esperar o resultado e também a proposição de representações eleitorais na tentativa de impedir a diplomação do eleito.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*