Mandante da chacina de Guaíra passou pelo Paraguai, Mato Grosso do Sul e São Paulo | Fábio Campana

Mandante da chacina de Guaíra passou pelo Paraguai, Mato Grosso do Sul e São Paulo

A polícia apresenta em Curitiba neste momento Jair Correia, de 52 anos, acusado de ser o mandante e principal executor da chacina em Guaíra, no oeste do Paraná no mês passado. 15 pessoas morreram.

Jair foi preso no interior de São Paulo, no momento em que chegava na cidade de Rosana. Ele vinha de barco pelo rio Paraná. A prisão foi feito pela equipe do DENARC, de Cascavel. Logo depois da chacina, Jair ficou 15 dias escondido no Paraguai e cinco dias no Mato Grosso do Sul.

Ele planejou a chacina para cobrar uma dívida de cerca de R$ 4 mil reais do traficante, dono da chácara onde aconteceu o massacre.

Nas próximas horas, a polícia espera prender o filho de Jair, Gleisson Correia, e mais um homem que participou da chacina.


Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*