Flagrantes da vida real no Canguiri | Fábio Campana

Flagrantes da vida real no Canguiri

Grotesco? Hilário? Pare de rir. Quem paga a conta é você, que agora terá acréscimos de impostos no ICMS da energia, da gasolina e da telefonia.


36 comentários

  1. NAGIB
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 12:40 hs

    Eita, vidão, hein?
    E tudo pago pelo erário público…
    por nós, os otários.
    E o homem ainda diz na escolinha insana que é um injustiçado e que não paga contas por culpa das penas pecuniárias…

  2. O GUARDIÃO -
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 12:43 hs

    QUE QUE É ISSO EM CIMA DA COISA VERMELHA … ???

  3. Coisa horrorosa!
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 12:45 hs

    E o o povo pagando para o maluco brincar!

    Olhem para a expressão retardada do moleque!

  4. Coisa horrorosa!
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 12:50 hs

    E o povo pagando para o maluco brincar!
    Olhem para a expressão retardada do moleque!

  5. GAMBIT
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:19 hs

    QUE MONTAGEM BARATA…

    OS ESTAGIÁRIOS DO RICHA CONTINUAM TRABALHANDO BASTANTE NO FOTOSHOP.

  6. Antonio W
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:21 hs

    Enquanto isso, o Paraná mergulha nas trevas da insegurança, a educação estagna, reprovada, e os impostos aumentam. Se dependesse de mim e de muita gente que conheço, esse indivíduo já teria sido cassado.

  7. BETO PINHAIS
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:40 hs

    SE O MALUQUIÃO ESTÁ COM AS CONTAS BLOQUADAS PELO MP DEVIDO SUA EDUCAÇÃO ESMERADA, COM QUE DINHEIRO FOI COMPRADO ESTE VEÍCULO?

  8. William
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:48 hs

    Bem feito para os 2.668.611 de otários (eleitores) que votaram nesse canalha, safado, corrupto, nepotista e mau caracter. Cada otário (povo) merece o governante que tem.

  9. Geraldo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:49 hs

    Vixiii, achei que era só em quadúpedes e bípedes vivos que esse déspota montava…

  10. Blanca Cruz
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:54 hs

    Que horror!!!!!!

  11. Orlando Petzayn
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 13:57 hs

    Real? Surrreal!

  12. Mina Grogue
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:01 hs

    Até que tá em forma

  13. ronaldo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:03 hs

    Realmente caro amigo Fábio, é grotesco e hilário, só espero que esse proletário mecanizado não tenha sido comprado com o dinheiro do povo do Paraná.

  14. Orquídea
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:06 hs

    Grotesco, sim.
    Hilário, de maneira nenhuma.

    Os “sintomas” são mais pra náuseas e irritação. rsss

  15. SINCERAMENTE...
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:07 hs

    que visão do inferno hehehe

  16. jango
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:15 hs

    E o Proletário ?
    E o stand de tiro ?
    E o passivo das ações judiciais perdidas contra o pedágio, talvez a mais detrimentosa aventura judicial perpetrada pelo Estado contra uma causa perdida ?
    Um levantamento parcial feito pelo Jornal do Estado identificou pelo menos quatro casos em que o governo paranaense ou já foi condenado a pagar, ou deve ser cobrado na Justiça por decisões e medidas tomadas na administração Requião, valores que passam de R$ 1,5 bilhão. “Em pelo menos um desses casos o prejuízo para os contribuintes paranaenses já é líquido e certo, pois não há mais como recorrer. Trata-se de R$ 400 milhões que o Estado foi condenado a pagar aos servidores do Judiciário, por conta de um reajuste salarial que Requião se recusou a pagar em 1992, quando ainda estava em seu primeiro mandato como governador. Em 2002, a categoria, depois de dez anos de batalha judicial, conseguiu o direito de receber o aumento, que até hoje espera na fila de precatórios do Estado para ser pago. As concessionárias calculam em R$ 170 milhões o montante que pretendem cobrar na Justiça por conta dos prejuízos materiais causados por invasões e depredações das praças de cobrança, os dias em que as cancelas foram mantidas abertas por manifestantes, desequilíbrios contratuais que não foram revistos pelo governo do Estado e os dias que as empresas deixaram de aplicar os reajustes tarifários por falta de autorização do Estado.” (coluna “Na ponta do lápis” de 07/10/07)
    Será que a vida real destes rombos não lhes preocupa ?

  17. Gilmar
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:15 hs

    A GENTE PRECISA DAR OS PARABENS AO FOTOGRAFO…..
    HAHAHAHAHAHAHA
    O QUE É ESSE GOVERNADOR SEM CAMISA…
    UHAUHAUHAUHAUHAUHA

  18. O Povo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:32 hs

    O Povo a olhar isso fica a imaginar, “que mal que nós fizemos para merecer tamanha desgraça e pesadelo”, não terá fim está era de insanidade, nepotismo, prepotência, arrogãncia e inércia e abuso das coisas públicas, aonde chegará o Requiolândia!
    Até 2010 é muito tempo para pagarmos a fatura do maluco beleza, ou corrige as distorções ou cassamos o déspota já, pois sermos otários e coniventes não dá mais!

  19. Turko Loko
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:40 hs

    E a carta de puebla??? onde fica??? e a opção preferencial pelos pobres??? era discurso demagogo???

  20. fabio maleico
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 14:58 hs

    QUANTA AMARGURA JANGO….

  21. Roberto
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 15:05 hs

    Isso é vergonhoso, esse quadriciclo deveria estar no litoral, para dar apoio aos salva vidas do corpo de bombeiros e foi desviado para casa desse governador corrupto e sem vergonha!!! Fora requião!!!

  22. Jovem
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 15:11 hs

    Na época em que estudava não havia projetos como os de hoje, FERA, COMCIÊNCIA, JOGOS COLEGIAIS….a falta de iniciativa por parte do governante com projetos como os de hoje me fez perder oportunidades…..político é tudo igual, querem poder, vantagem, ” pé de meia ” o atual pelo menos está dando mais oportunidades aos alunos de novas experiências.

  23. Sou educadora!!!
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 15:24 hs

    Será que ele estava indo entregar a Carta de Puebla a alguém? Rsrsrsrs…

  24. Mano da Vila
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 15:46 hs

    Mas ganhou o brinquedinho de quem?

  25. Simplicio Figueira
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 16:00 hs

    Essa fto deve ser muito antiga, pois com o frio que anda deve fazer tempo.

  26. Ninguém merece!
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 16:04 hs

    Mina Grogue, você deve estar se referindo à forma de JACA…

  27. P/ Jovem
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 16:12 hs

    Ora meu caro “Jovem”, acho que você não foi bem informado, já que disse que não estuda mais o ensino básico.

    Estes e alguns outros projetos dos Estados brasileiros, não influenciaram na qualidade de ensino de cerca de 29 mil jovens que SAEM ANALFABETOS, mesmo FREQUENTANDO A ESCOLA.

    Pelo que sei, em outros tempos, haviam mais analfabetos, mas as poucas pessoas que concluiam o Ensino Médio (antigo 2° grau) não saíam analfabetas.
    Portanto só posso concluir que aumentamos a quantidade, sem sequer manter a qualidade.
    Algumas soluções não exigem muita massa encefálica, pois bastaria contratar professores (qualificados, é claro) para dar aulas de reforço aos alunos que possuem um tempo diferenciado de aprendizagem e, estes alunos “acabam” com baixo rendimento, em função do nosso sistema educacional, que é adaptado ao sistema capitalista que vivemos.

  28. filo
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 17:58 hs

    QUANDO É QUE VAI APARECER O PREFEITO COM SUA MOTO PODEROSA?????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????

  29. Ricardo Guerra
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 21:02 hs

    O que que eu quero saber da vida privada do Governdador. Se quisesse eu compraria a revista Caras nas bancas.

  30. J. A. REZZARDI
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 22:53 hs

    Pelo jeito esse Ricardo Guerra é aqui de Pato Branco, um jovem político frustrado com a última eleição onde e ele e o seu tio Alceni (bicicleta e guarda-chuva) levaram um tundão. Mas, também, queriam o quê? Ricardo, caso eu não esteja engando, os teus assessores me conhecem, estou à disposição para o (ou um) debate. Você tem dinheiro, mas eu tenho o conhecimento das ruas…

  31. EU FALO TUDO...
    quinta-feira, 9 de outubro de 2008 – 23:55 hs

    Política
    09/10/08 20:05

    Vai e volta

    Derrotados nas urnas encontram abrigo no governo Requião Doático Santos assume diretoria da Cohapar; Ênio Verri volta à secretaria e Moreira se coloca “à disposição”….

    Doático: com apenas 1,5 mil votos para vereador, presidente do PMDB volta ao governo Doático: com apenas 1,5 mil votos para vereador, presidente do PMDB volta ao governo Rejeitados pelos eleitores, os aliados e correligionários do governador Roberto Requião (PMDB) começam a ser recompensados com cargos comissionados na administração pública do Estado. Na tarde de ontem, Doático Santos – candidato à vereador não eleito – assumiu a Diretoria de Relações Institucionais da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar).
    O presidente do Diretório do PMDB de Curitiba, que recebeu apenas 1.538 votos no último domingo, é o primeiro entre os protegidos de Requião a ser acomodado no governo. Nem mesmo o prestígio do governador foi capaz de garantir a Doático uma cadeira na Câmara de Curitiba. Nas semanas que antecederam a eleição, Requião usou a propaganda eleitoral gratuita de rádio e televisão para pedir votos para o “pupilo”.
    Na Cohapar, Doático substitui o sobrinho de Requião, João Arruda Filho, que foi obrigado a deixar a função depois da publicação da súmula vinculante antinepotismo do Supremo Tribunal Federal (STF). Segundo as informações recebidas pelos deputados de oposição na Assembléia, que investigaram denúncias de irregularidades na Companhia, o salário de diretor de Relações Institucionais poderia chegar a R$ 17 mil mensais.
    A posse de Doático Santos na Cohapar foi confirmada pelo primeiro-secretário da Assembléia e homem de confiança de Requião, o deputado Alexandre Curi (PMDB). O presidente do diretório peemedebista, que antes da eleição ocupava o cargo de secretário especial para Assuntos de Curitiba, ainda tentou despistar. “Não há nada formalizado. Mas faço parte da equipe do governador. Me afastei apenas para disputar as eleições e não fui bem sucedido. Nos próximos dias, deve ser formalizada nova situação”, comenta Doático, que informa que a secretaria para Assuntos de Curitiba está extinta.
    À disposição – Outro dos aliados de Requião que deve ser agraciado com cargo de confiança é Carlos Moreira. Depois do vexatório – palavra utilizada pelos próprios deputados peemedebistas – desempenho na disputa pela Prefeitura de Curitiba, o ex-reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) pode inclusive assumir a Secretaria de Estado da Educação (SEED). Desde que Maurício Requião – irmão do governador – assumiu função de conselheiro no Tribunal de Contas do Estado (TCE), o cargo de secretário vem sendo ocupado provisoriamente por Yvelize Freitas de Souza Arco-Verde.
    Em um universo de 1,25 milhão de eleitores, Moreira fez 19.157 votos, encerrando em terceiro lugar a disputa pelo Executivo da Capital. “Conversei com o governador sobre diversas possibilidades, mas ainda não recebi nenhum convite oficial”, despista o ex-reitor.
    Na tarde de ontem, Moreira foi até o gabinete de Alexandre Curi na Assembléia tratar de seu futuro no governo. “Ele veio conversar comigo para dizer que se tiver alguma coisa está à disposição. Ainda não tratamos com o governador deste assunto”, explica o deputado.
    Retorno – Em baixa com o eleitorado de Maringá, apenas três dias depois do fracasso nas urnas, o petista Ênio Verri já anunciava seu retorno ao comando da Secretaria de Estado do Planejamento (SEPL). Na disputa pela Prefeitura da “Cidade canção”, Verri somou 40.226 votos, sendo derrotado por Silvio Barros (PP) – eleito com 104.820 votos.
    Verri assumiu a SEPL logo depois das eleições de 2006. Sua participação no governo Requião faz parte da cota reservada ao PT – principal aliado do governador na conquista da reeleição.
    Derrotado na briga pela Prefeitura de Foz do Iguaçu, Samis da Silva (PMDB) – filho do deputado estadual Dobrandino da Silva (PMDB) – é outro que deve retornar ao governo. Para ser candidato, Samis se desincompatibilizou do cargo de coordenador da Região Metropolitana de Foz do Iguaçu, que deve reassumir nos próximos dias.

    Prática já vem desde 2006
    Para os aliados de Requião, a derrota nas urnas não implica em afastamento do poder público. Depois da disputa das eleições de 2006, o governador promoveu ampla reformulação na estrutura do governo para acomodar os apadrinhados.
    Na época, Rafael Greca (PMDB), que com 34.997 votos, não se reelegeu para a Assembléia, foi nomeado diretor-presidente da Cohapar. A ex-deputada Elza Correia (PMDB), recebeu 21.971 votos, também não obteve novo mandato na Assembléia, mas assumiu o cargo de coordenação da Região Metropolitana de Londrina, seu reduto eleitoral, com status e salário de secretário. Outro peemedebista, Vanderlei Iensen, que fez 29.949 votos e também não conseguiu garantir o retorno ao Legislativo, retornou à chefia de Gabinete do governador, que já havia ocupado no mandato anterior de Requião. O petista ex-prefeito de Maringá, João Ivo Caleffi, que teve 49.121 votos para a Câmara Federal, mas também não emplacou, se tornou coordenador da Região Metropolitana de Maringá, também com status e salário de secretário.

    OU SEJA….É UMA POUCA VERGONHA….SÓ GOSTAM DE MAMATAS…O PRIMEIRO SALÁRIO DO DOÁTICO DEVERIA SER UTILIZADO PARA PAGAR AS MULTAS DE CARRO DA COHAPAR E TIRAR UMA CARTEIRA DE MOTORISTA……

  32. Ele brinca...
    sexta-feira, 10 de outubro de 2008 – 9:27 hs

    Ele brinca de ser um motoqueiro, binca de ser um cavaleiro medieval, brinca de ser um franco atirador e brinca com o nosso erário!

    CHEGA DE BRINCADEIRAS!

  33. Bufo Rei picareta
    sexta-feira, 10 de outubro de 2008 – 10:06 hs

    Enquanto o nosso pobre povo passa por todos o tipos de vicissitudes temos de ficar observando a vida, que as custas do dinheiro público, este nababo leva!

    Cavalariça, piscina, saúna, salão de festa, stander de tiro, banquetes para os apaniguados regados a bebidas finas, viagens ao exterior de onde nada trás de retorno a não ser as compras para uso pessoal, seguranças, veículos de luxo blindados, etc. é o que nós, que moramos na planície, temos de bancar para este cretino!

    Para que este pilantra possa ficar sem trabalhar curtindo a vida sem camisa o povo fica descamisado por falta de opção!

    ESTAMOS DE SACO CHEIO!

    O REI MORREU NA FRANÇA!

  34. gabeiga
    sexta-feira, 10 de outubro de 2008 – 12:53 hs

    Pois, e além de tudo isso eu ainda tenho que financiar a viagem do Beto Richa

  35. Cavalo do Canguiri
    sexta-feira, 10 de outubro de 2008 – 14:33 hs

    Hiiiiiiiiiiiiiiihihihihihihihih!!!

    Que bom! agora meu chefe vai andar neste animalzinho motorizado e eu terei uma folguinha…

    Espero que tenha destes cavalinhos motorizados para os convivas dele também quando vierem para a Granja.

  36. Tudo de Bom
    sexta-feira, 10 de outubro de 2008 – 23:34 hs

    VAMOS NOS PREOCUPAR AGORA COM O FIM DO MUNDO, QUEDA DA BOLSA, CAOS TOMANDO CONTA DO MUNDO, ALIÁS A UNIFICAÇAO DA MOEDA, QUEBRA DE BANCOS…..VAI SOBRAR P QUEM?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*