Élio Rusch: "Requião brinca com a inteligência dos paranaenses" | Fábio Campana

Élio Rusch: “Requião brinca com a inteligência dos paranaenses”

O deputado estadual Élio Rusch (foto), do DEM, disse que “a princípio, somos contrários a quaisquer alterações que venham a elevar as alíquotas do ICMS“.

Segundo Rusch “a mensagem com as alterações propostas por Requião acarretará um encarecimento da energia, da telefonia, dos combustíveis, onerando o orçamento da maioria das famílias. E a compensação que eles pensam em dar, reduzindo alíquotas de produtos industrializados atinge um número infinitamente menor de pessoas”.

Rusch entende que “o Governo deixa de arrecadar 1 e passa a arrecadar 3. Isto não é justo, é uma tremenda enganação e o povo não pode ser ludibriado, por pacotes que resultam em prejuízo para os paranaenses. Isto não é fazer reforma tributária, isto é brincar com a inteligência dos paranaenses”.


12 comentários

  1. VIGILANTE DA 147
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 19:36 hs

    “Isto não é justo, é uma tremenda enganação e o povo não pode ser ludibriado.”
    Esta frase do deputado Élio Rusch deve ser entendida também por seus pares, e aqueles que não pensam assim devem ser denunciado.
    Cadê a imprensa, as associações comerciais, as…., os…….. !?!?!
    Já deviam se mobilizar !
    Parabéns deputado.

  2. VIGILANTE DA 147
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 20:13 hs

    O FURA PEDÁGIO, disse em pronunciamento na assembléia, no dia 03/10, que o anteprojeto foi apresentado e discutido com representantes do setor comercial, e PASMEM, acharam que a proposta do Governo é muito boa e a expectativa entre os empresários é positiva e a maioria dos setores do comércio está de acordo com o projeto .
    Será que eles estão ENTENNNDENNDO !!!!
    energia + kra = custos maiores
    combustível + kro = custo de transporte maior
    e assim vai aumentando os custos da cadeia produtiva, e NÓS VAMOS SAMBANDO ……..

  3. To ligado
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 20:56 hs

    Precisamos parar com a insanidade do Sr. Requião. Se a secretaria da fazenda e os seus técnico da receita, como nominou o sr. heron na escolinha, “pensaram” para fazer o anteprojeto de lei, tá na hora de substituir todos. O pessoal interno não concorda com essas loucuras, principalmente pela atitudes adotadas recentemente pela direção.

  4. terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 21:06 hs

    PÔ, ATÉ QUE ENFIM COMEÇARAM A MOSTRAR SERVIÇO,É ISSO QUE O POVO GOSTA É ISSO QUE O POVO QUER,NÃO É SÓ FARRA COM O DINHEIRO DO CONTRIBUINTE…
    VAMOS FICAR ATENTOS EM 2010 VAMOS VER QUEM REALMENTE SE PREOCUPOU COM O POVO…
    EM 2010 NEM PRA GUARDIÃO DE RUA DUCE…

  5. Tom-Mga
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 21:09 hs

    Vale lembrar que esse “pacote” em nada afeta o Sr. Requião. Afinal ele não paga, água, energia eletríca, telefone, combustível…O povo paranaense paga pra ele e para a parentele que o rodeia…Assim é fácil aumentar.. Desgruda da teta Requião!!!!.

  6. Ricardo
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 21:41 hs

    Porra, os 65% do prefeito deram crédito até pro Hélio Rusch?

  7. jango
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 22:26 hs

    Aproveita o embalo, deputado, e apura a responsabilidade pelo passivo milionário das ações perdidas pelo Estado contra o pedágio – a mais detrimentosa aventura judicial perpetrada pelo Estado contra uma causa perdida. “As concessionárias calculam em R$ 170 milhões o montante que pretendem cobrar na Justiça por conta dos prejuízos materiais causados por invasões e depredações das praças de cobrança, os dias em que as cancelas foram mantidas abertas por manifestantes, desequilíbrios contratuais que não foram revistos pelo governo do Estado e os dias que as empresas deixaram de aplicar os reajustes tarifários por falta de autorização do Estado.” (Jornal do Estado – coluna “Na ponta do lápis” de 07/10/07)

  8. Shirley
    terça-feira, 7 de outubro de 2008 – 23:54 hs

    Requião tem razão.

    Tem que subir o preço do cigarro, para incentivar as pessoas a deixarem de fumar e assim evitar cancer de pulmão e gastar menos no SUS.

  9. Zé do Coco
    quarta-feira, 8 de outubro de 2008 – 0:08 hs

    Ele se vinga no povo pelas derrotas de seus candidatos nas eleições municipais.

  10. marta
    quarta-feira, 8 de outubro de 2008 – 8:47 hs

    O deputaqdo Rusch tem memória curta. Se esquece que no governo Lerner, que defendeu com unhas e dentes, aprovou com louvor aumento de ICMS para esses mesmos itens. E também não sabe ler porque ao mesmo tempo em que Requião aumento o imposto da gasolina, energia, reduz o de produtos da cesta básica, o que Lerner nem pensou em fazer.

  11. PESSOA
    quarta-feira, 8 de outubro de 2008 – 9:05 hs

    CAMPANA
    O Rei do SUTIÃ voltou???
    Pq ele andava escondido???
    Só para constar, a nivel Nacional o tal DEM foi o partido que mais perdeu prefeituras.
    Também com esse tipo de gente queriam o Q ????

  12. Franco Atirador
    quarta-feira, 8 de outubro de 2008 – 10:52 hs

    O que o Paraná precisa urgentemente é de uma OPOSIÇÃO no Legislativo, pois nas ruas e nas urnas eleitorais a oposição é GIGANTE. O pior é aquele povinho de visão curta que diz mais ou menos assim: vcs reclamam que o Bob chuta o seu estômago ? O Jâime chutava sua boca… ORA, SEUS RIDÍCULOS, O POVO NÃO GOSTA QUE NINGUÉM DÊ CHUTES , JUSTIFICAR AS ATITUDES DO BOB INVOCANDO QUE O JAIME ERA PIOR É DE UMA PEQUENEZ MORAL ABSURDA . O mundo não se divide emtre lernistas e requianistas.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*