A esbórnia eleitoral de sempre | Fábio Campana

A esbórnia eleitoral de sempre

As confusões de boca-de-urna são sempre esperadas e não estão decepcionando. O professor Galdino se meteu em confusão do mesmo tipo que o levou a ser preso em 2006. Galdino estava com seu jaleco e fazendo campanha.

Outras 7 pessoas estão no ginásio da PUC, que vai servir de armazém de cabos eleitores em atividades irregulares nesta eleição. Entre eles está o candidato a vereador pelo PSDB, Chico do Uberaba.

O bom humor ficou por conta do eleitor curitibano que foi votar vestido de palhaço.


4 comentários

  1. Cientista Político
    domingo, 5 de outubro de 2008 – 17:03 hs

    Resultado dos mais votados:

    Beto

    Gleisi

    Galdino

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Zé do Coco
    domingo, 5 de outubro de 2008 – 20:55 hs

    O eleitor fantasiado de palhaço talvez tenha sido o mais autêntico exemplo de protesto.
    O tal “estado democrático de direito” impõe voto obrigatório e trabalho escravo de mesários. É ilegal impor a qualquer cidadão trabalho de qualquer natureza sem a justa remuneração em pecúnia.
    Nisso os senhores políticos estão laborando em erro crasso e atentatório aos direitos fundamentais da pessoa humana.

  3. jorgebarros
    domingo, 5 de outubro de 2008 – 22:10 hs

    araucaria ate o presente momento nao foi divulgado nenhum resultado.

  4. segunda-feira, 20 de outubro de 2008 – 19:09 hs

    Só que o Galdino foi sacaneado e preso porque não tinha defesa em 2006.
    Desta vez, ele veio munido de testemunhas, advogados, jornalistas e testemunhas, daí a dita cuja “Bandida” do TRE percebendo que ele estava preparado, fugiu como uma ratazana pelos bueiros da UFPR.
    Daí, o Professor Galdino pode votar da mesma forma que queria fazer em 2006, ou seja VOTOU de JALECO e sem problemas.
    pois estava como na eleição passada LEGAL.

    É isso aí professor Galdino, mostrou caráter. MATOU A “COBRA” E MOSTROU O PAU!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*