Uma intervenção com certo sabor de golpe | Fábio Campana

Uma intervenção com certo sabor de golpe

Uma intervenção na prefeitura de Paranaguá há menos de um mês das eleições caiu como pedra no estômago dos líderes da oposição ao governo. Ainda mais por tratar-se de intervenção justificada pelo não pagamento de um precatório de R$ 35 mil, de ação trabalhista de 1992 e que está no topo da fila para ser ressarcido.

Antes mesmo que o prefeito José Baka (na foto em comício) fosse notificado, a Agência Estadual de Notícias do governo Requião passou a anunciar a intervenção e a usar a notícia de forma a provocar forte desgaste no prefeito que tenta a reeleição. Isso tudo deu ao acontecimento um certo sabor de golpe.

A situação se agrava ao sabermos que a última pesquisa mostra o prefeito José Baka com 45% das intenções de voto, contra apenas 20% de seu opositor Mário das Dores Roque, que é o candidato da família Requião.


12 comentários

  1. Zé do Coco
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 18:45 hs

    Se o clã dor equeijão se submeter a esse papel, será o começo do fim da família no cenário político paranaense, com enraizamento em amplos setores da Nação.

  2. zthox
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 18:53 hs

    Os poderes judiciário e legislativo se vendem por um prato de comida…É uma vergonha!!!

  3. ROMERITO
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:19 hs

    Não se lembram da intervenção do REIquião em Matinhos para que o Delegado cupinhca Zé Maria ganhasse a Prefeitura de lá? Esta repeetindo a dose. Uma vegonha, até porque o Roque ganahava melhor se não tivesse aceitado o apoio-ancora (aquele que afunda o candidato ) da familia que governa despótica e ditatoriialmente o Pr.
    Acho que o azar do Baka é que faltou gardenal hoje de manhã.

  4. augusto
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 21:40 hs

    ISSO SÓ VAI AJUDAR O BAKA A AUMENTAR SEUS INDICES NAS PESQUISAS E GANHAR A ELEIÇÃO.

  5. Paranagua
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 22:32 hs

    FORÇA BAKA, AGORA VAI FICAR MAIS FACIL, TODOS ESTAO VENDO QUE É GOLPE…

  6. Theo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 22:50 hs

    Os partidos aliados ao PDT do Baka, deveriam fazer uma blitz em Paranaguá e esclarecer a população de lá a respeito deste golpe dos Nepotistas Requião!
    Fora Família Requião Melo e Silva do Estado do Paraná, vocês não prestam mesmo!

  7. PTudo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 23:33 hs

    É o Requião está totalmente fora da casinha…

  8. Nelson Bisteca
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 8:59 hs

    Pois é gente!!! Taí o Rei volta a atacar no litoral…
    Nõ faz muito tempo deu o mesmo em Matinhos nomeando Zé Mria de Pula Correia Interventor e assim, em nove meses como Interventor o Tribunal de Contas do Paraná encontrou irregulridades, (23), desde formação de quadrilha, improbidade administrativa, (mais de 9 milhões irregulares)
    Paranaguá que se cuide!

  9. Nolasco Ferreira
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 10:36 hs

    Acabou. Fim de ciclo. Tristeza. Requião entrou no rodapé da história.

  10. COMANDO - PONTAL PR
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 12:37 hs

    Re(i)quião o que é isso, Rapaz! Paranaguá está sefrendo intervenção por deixar de pagar, pasmem, 33.000,00 de dívidas trabalhistas. que vem da época do senhor Mário das Dores (e bota dor nisso se perder as eleições) Roque. Agora em Pontal do Paraná, onde é comandado pelo seu corrigénário, o Coronel Gimenes (PMDB) as coisas são muito diferente. Gimenes abaixou o seu próprio IPTU e amentou da população por decreto, no entanto a nossa justiça disse que houve crime, mas mandou que os prejudicados buscassem seus direitos em ações próprias, esquecendo que podia ter cassado o mandato do Coronel através da lei 201 ( por utilizar a lei em seu favor). O mais grave, agora, é a fraude do orçamento que lhe dá a possibilidade de utilizar 12 milhoes sem autorização da Câmara de Ver(mes)eadores. Tanto o aumento do IPTU abusivo quanto a fraude no orçamento, em coluio com os Ver(mes)eadores, são ingredientes suficientes para pedir a intervenção municipal. Mas o que Pontal tem que Paranaguá não tem? Ah! Em Pontal as pesquisa dão Gigi (PMDB) em primeiro e segundo o Marcelo Loque, digo, Roque(PV), ou vice-versa, os dois da base do Re(i)quião. Agora em Paranaguá a história é outra. Baka(PDT) em primeiro e segundo… Talvez isso explica a atitude do Rei… Ou não?
    Oxalá meu Deus!

  11. jonas souza
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 13:19 hs

    esse tal bisteca é uma boa bisca mesmo foi graças a intervenção em Matinhos e graças ao Zé Maria que a cidade ganhou uma Universidade pública hoje com mais de mil alunos ,o Zé acabou com a roubalheira do caixa da prefeitura , aumentou a arrecadação em 46 por cento e deu o mesmo percentual para nós servidores municipais , outra ,é mentira que tenha havido formação de quadrilha e nuunca o Tc encontrou qualquer desvio de recursos , Senhor jornalista peço publicar este comentário já que fiz parte da equipe de intervenção.

  12. JOSUBA
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 15:05 hs

    O que faz o desespero. Pior ainda é que essa manobra política fica tão evidente e ridícula para a sociedade parnanguara demonstrando claramente que o tiro saiu pela culatra, ou no próprio pé… e deve doer bastante.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*