Tiro no pé. Os bastidores da intervenção em Paranaguá. | Fábio Campana

Tiro no pé. Os bastidores da intervenção em Paranaguá.

A decisão pela intervenção na Prefeitura de Paranaguá tem lances de bastidores palacianos que a antecedem e que podem explicar porque o governo entrou nessa canoa furada.

Ontem, na hora do almoço, Mário Das Dores Roque foi ao Palácio para propor ao governador Requião que ele conduzisse as conversações com o Tribunal de Justiça que pudesse levar à intervenção na prefeitura para desgastar o prefeito José Baka que está disparado à sua frente na corrida eleitoral.

Houve resistências. O chefe da casa Civil, Rafael Iatauro foi radicalmente contra a posição de Mário Roque, que reagiu com rudeza e teve forte discussão com Iatauro. Outros assessores insistiram em que seria um tiro no pé, mas o candidato de Eduardo e Roberto Requião, Mário Roque, não abriu mão. O resultado é esse, o decreto de intervenção que só pode ser cumprido depois de apreciação pela Assembléia Legislativa, segundo o artigo 20, inciso 4º da Constituição.


34 comentários

  1. Zé do Coco
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 18:43 hs

    Utilizar os poderes constituídos para alcançar seus próprios pessoais objetivos? Que barbaridade!

  2. JoãoMariaDeAgostinho
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 18:44 hs

    Esqueceste de dizer que, só em ISS, o Porto de Paranaguá deve R$ 25 milhões à prefeitura de Paranaguá, o que daria para pagar com folgas todas as dívidas de precatórios trabalhistas.

    Tô sabendo dessa história…

  3. BIGCRAB
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:02 hs

    O Sr Mario Roque e o seu aliado Requião estão PATÉTICAMENTE DESESPERADOS. COMPORTAMENTO TÍPICO DE PERSONAS BUFFAS .

  4. Eleitora atenta
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:08 hs

    Eu e todos os meus amigos estaremos de olho na Assembléia Legislativa

  5. Anônimo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:20 hs

    Neste diapasão, o Paraná já devia estar governado por um interventor há anos, pois não paga os precatórios que deve, nem mesmo os alimentares… faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço é o lema deste governo.

  6. Espartano
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:22 hs

    Infelizmente,o governo do Paraná,quer,ganhar no grito porque esta perdendo no voto.Mais uma vez Paranaguá esta sendo enganada
    pelo maior enganador da historia deste Estado

  7. João da Silva
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:23 hs

    O Requião extrapolou. Tentou fazer uma bakalhoada. Mas vai se dar mal…

  8. A história se repete
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:30 hs

    É o mesmo golpe baixo que colocou o Zé Maria como interventor em Matinhos… que depois veio a perder as eleições para prefeito… a fórmual da sujeira é a mesma… o resultado pelo jeito também será igual!

  9. Diogo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 19:31 hs

    Essa estratégia não cola mais, o povo parnanguara já escolheu seu candidato, o prefeito Baka é disparado o mais preparado de todos.
    Essa atitude do desgovernador Requião é lamentável e o candidato Roque deveria ter vergonha de usar essas artimanhas.

  10. Vigilante do Portão
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 20:14 hs

    Agora é que os parnanguaras devem repudiar o governador e seu candidato, dando a maior votação para o prefeito.
    Esse canalha quer acabar com Paranaguá. Coloca o irmão, incompetente, para tocar o Porto e agora que ganhar a eleição no tapetão.

  11. Cap Nasimento
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 20:30 hs

    Ei Roberto Mussoline Requião! Pede para sair!

  12. .ronaldo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 21:13 hs

    Perguntar não ofende; o Sr. Das Dores Roque quer ganhar a eleição no tapetão ?

  13. O Povo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 21:26 hs

    O Requião endoidou de vêz, tem que colocar na camisa de força e prender no hospício!
    Acaba de reeleger o Baka Prefeito de Paranaguá pela trapalhada aceita!

  14. PTudo
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 23:42 hs

    Paga o ISS Requião, pare de atrapalhar a inauguração do mercado de peixe, do teatro, pare de atrapalhar o avanço da cidade… vê se te encherga!!!!!!!!
    está cada vez mais feio pra vc!

  15. Altevir
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 23:44 hs

    É verdade que o Estado do Paraná é um “caloteiro” insuperável quando o assunto é não pagar precatórios, fazendo muito mais jus a uma intervenção do que o Município de Paranaguá, mas é muito bom ver o atual prefeito experimentando de toda aleivosia e rapinagem com que sempre tratou seu adversário.

  16. Fora Roqueão
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 23:59 hs

    O Roqueão está desesperado e e com sua tentativa de golpe fortalece ainda mais o prefeito Baka, que será reeleito em repúdio ao que o déspota Requião fez com nossa querida Paranaguá….
    Essa intervenção nos lembra dos tempos da ditadura militar…
    Dá-lhe Baka !!!!!

  17. Grego
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 0:42 hs

    O Dezembargador é o mesmo que concedeu liminares que irritaram o Requião na questão dos cartões corporativos, portanto, salvo engano, havia uma determinação isenta. O problema é que ela é antiga, que deveria ter sido executada já contra o Mário Roque pelo menos. Por outro lado, o Baka teve oportunidade de pagar ou contestar de maneira eficiente, mas também não o fez. Fica difícil discutir o mérito deste precatório com os dados disponíveis, mas de todo modo foi de um (in)oportunismo político escancarado enorme, possivelmente mirando daqui a 2 anos, a cassação da releição do Baka. Este Interventor, só pelo discurso do Marés, vai pagar este precatório em 31 de Dezembro, depois de estudar as contas desde a fundação de Paranaguá , para ter certeza que pode pagar os R$ 35 mil. Vai usar os dedos da mão para ajudar no cálculo. Mais grave, outro exemplo que quem faz a dívida não é quem paga; imaginem os futuros precatórios contra o Estado gerados pelo Governo Requião em especial com o pedágio.

  18. Nolasco Ferreira
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 10:33 hs

    Desespero. Tristeza. É o fim do ciclo. Acabou.

  19. Parnanguara
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 11:16 hs

    Estava na dúvida na eleição aqui em Paranaguá, em quem eu votaria, mas depois desta atitude do Sr. Requião contra o Sr. Baka não restá mais dúvidas vou votar no Baka para Prefeito, se o Requião é contra, é porque deve ser bom para Paranaguá sua permanência! Baka será reeleito por causa do Requião!

  20. COMANDO - PONTAL PR
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 12:35 hs

    Re(i)quião o que é isso, Rapaz! Paranaguá está sefrendo intervenção por deixar de pagar, pasmem, 33.000,00 de dívidas trabalhistas. que vem da época do senhor Mário das Dores (e bota dor nisso se perder as eleições) Roque. Agora em Pontal do Paraná, onde é comandado pelo seu corrigénário, o Coronel Gimenes (PMDB) as coisas são muito diferente. Gimenes abaixou o seu próprio IPTU e amentou da população por decreto, no entanto a nossa justiça disse que houve crime, mas mandou que os prejudicados buscassem seus direitos em ações próprias, esquecendo que podia ter cassado o mandato do Coronel através da lei 201 ( por utilizar a lei em seu favor). O mais grave, agora, é a fraude do orçamento que lhe dá a possibilidade de utilizar 12 milhoes sem autorização da Câmara de Ver(mes)eadores. Tanto o aumento do IPTU abusivo quanto a fraude no orçamento, em coluio com os Ver(mes)eadores, são ingredientes suficientes para pedir a intervenção municipal. Mas o que Pontal tem que Paranaguá não tem? Ah! Em Pontal as pesquisa dão Gigi (PMDB) em primeiro e segundo o Marcelo Loque, digo, Roque(PV), ou vice-versa, os dois da base do Re(i)quião. Agora em Paranaguá a história é outra. Baka(PDT) em primeiro e segundo… Talvez isso explica a atitude do Rei… Ou não?
    Oxalá meu Deus!

  21. Matheus Zanetti Jr
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 15:25 hs

    É

  22. Matheus Zanetti Jr
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 15:27 hs

    É complicado, Baka Está desesperado!
    Depois daquela pesquisa mentirosa, ironica.

    Agora tá fechando o cerco!
    p/ surpresa dele e de quem está com ele!

  23. Alvaro
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 15:47 hs

    Vamos tirar Paranaguá do vermelho já e fora os Requiões da vida.

  24. INTERVENÇÃO JÁ
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 16:03 hs

    BEM FEITO PRO BAKA, DEIXAR SE ARRASTAR UMA DÍVIDA DE MENOS DER$35.000,00, E PASSAR TODA ESSA VERGONHA, ENVERGONHANDO TAMBÉM OS PARNANGUARAS.
    CARA, CAI FORA, TENHA HUMILDADE E DESISTA, QUE O ROQUE SABE O QUE FAZ

  25. ana claudia crocetti
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 17:04 hs

    ficamos admirados de como as pessoas falam mal do governador do estado e ele nao toma nenhuma atitude?até quando vai esta baixaria?voces colocam este baka num pedestal mas não sabem que ele é um ladrão maior do que os outros?ja conhecem a mansão dele no barigui que totalmente computadorizada?porque ele não faz uma casona assim aqui em paranaguá/as filhas dele não se misturam com as nossas,a família dele não frequenta os mesmos medicos no posto de saúde que nós,é bom abrirem o olho voces que estão lambendo os pézinhos dele e de dona jô.

  26. PARABÉNS ANA CLÁUDIA
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 17:19 hs

    FINALMENTE ALGUÉM BEM INFORMADA.
    RAPIDINHO O SR. PREFEITO ARRANJOU A GRANA PRA PAGAR O QUE DEVE, MAS NÃO ADIANTA O POVO É ROQUE

  27. BIGCRAB
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 20:26 hs

    PORQUE O ILUSTRE DESGOVERNADOR NÃO TOMOU A MESMA ATITUDE COM OUTRAS DEZENAS DE MUNICIPIOS DO ESTADO ? PORQUE O CARRASCO E NEPOTISTA DO PORTO ,NÃO PAGA O ISS QUE DEVE PARA CIDADE ?
    DÁ-LHE BAKA

  28. Juliao Cardoso O S
    quinta-feira, 11 de setembro de 2008 – 20:42 hs

    O novo ,a quem o Roberto se refere na corrida para Prefeito em Paranaguá,é da mesma prática de seu progenitor,um dos responsáveis pela Concessão á empresa de águas e esgotos. E ,ele, a esperança nova,ainda tem a carta de pau de criticar o Saneamento da cidade. E , tem mais ,até hà pouco tempo, o NOVO fazia parte do time do Vermelho e dos irmãos Requião. O povo não é bobo cara.

  29. Roberto
    sábado, 13 de setembro de 2008 – 1:56 hs

    Julião,
    Quatro anos na oposição ao atual prefeito, e em momento algum Alceuzinho foi contemporâneo do Roque na política de nossa cidade. Você não tem como renegar o seu sangue e dizer que não é filho do seu pai, agora as suas atitudes e os seus pensamentos não são os mesmos que os do seu pai, ou são? Sua personalidade e inteligência, são colocadas a prova e as opiniões são livres, acredito que em Paranaguá precisamos renovar e não ficar mais quatro anos nas mãos desse mesmo grupo que administra a cidade a quatro gestões. Além disso, reeleição, não lembro uma única que o segundo mandato do administrador foi melhor que a primeira, geralmente o administrador faz nos primeiros quatro anos e no segundo mandato “mete a mão”, o Baka não fez nos primeiros quatro e já ” meteu a mão” imagina só o que Paranaguá vai passar nos próximos quatro anos se ele for reeleito?
    Paranaguá precisa ser lembrada no cenário Político do Estado e Nacional por notícias boas e não escandalos e mais escandalos, tipo desaparecimento de 44.000 pneus, deportar mendigos entre outras isso somente nos últimos quatro anos.
    Aguas de Paranaguá, que cobra 80% do valor do consumo de água em taxa de esgoto, isso sem ter rede própria, utilizando a rede pública, sendo o esgoto despejado em linha de escoamento das chuvas. O Roque antes de sair “caneteou”concedendo mais vinte anos para que essa empresa possa fazer a rede de esgoto, já se passaram quatro anos e nada de obras. O passado quando um jornal citou que Ro

  30. Roberto
    sábado, 13 de setembro de 2008 – 2:06 hs

    O Passado quando disseram que Roque havia dito que tinha na câmara 16 no bolso e 03 bobos, me perdoe se com o numero redizido de vereadores atual, alguma semelhança acontecer, pois hoje são onze, e o placar dessa gestão foi sempre 09 X 02. Participe e conheça melhor, quanto ao pagamento dos Precatórios, assunto em moda, a ordem cronológica de pagamentos não foi obedecida e isso me parece que fere a Lei incorrendo em crime, pois antes dessa precatória de trinta e poucos mil, existem outras e uma delas é de aproximadamente R$5.000.000,00. De onde o Prefeito vai tirar o dinheiro se não foi previsto em ditação do orçamento do município?
    Julião, somos livres para expressar as nossas opiniões, agora brincar com a inteligência das pessoas e ofender, ou ainda querer vincular personalidades e pessoas diferentes’, fica difícil aceitar.

  31. Juliao Cardoso O S
    quarta-feira, 17 de setembro de 2008 – 9:09 hs

    Roberto, sei o que escrevi. Já trabalhei com o pai desse moço. Voce querer disvincular Alceuzinho do seu pai é piada.Eles tem os mesmos pensamentos. A própria música de campanha do Alceuzinho diz tudo :ele segue os passos do pai… E tem mais a ligação com os Rquião não é invenção minha. Aguarde a retomada nos próximos dias das conversações para Alceuzinho voltar aos colos dos Requião.Encerro por aqui minha esta pequena polêmica. Alceuzinho, aguarde mais 12 anos e apareça.

  32. Roberto J Ramires
    sexta-feira, 19 de setembro de 2008 – 12:26 hs

    Realmente , soube que o Alceuzinho e os Requião estão se acertando… Dá-le novo!!!!!!
    Que vergonha Alceuzinho!

  33. Roberto
    quinta-feira, 25 de setembro de 2008 – 23:09 hs

    É, concordo. Chega dos Mesmos, depois do dia 5 de outubro vamos ter a resposta de quem está com a verdade.

  34. Raul Jose Reis
    quinta-feira, 2 de outubro de 2008 – 14:59 hs

    Só faltam 03 dias . Tchau Alceuzinho,Nélio e principalmente ROQUE.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*