Lula vira mito e PSDB entoa Noel: 'Com que roupa?' | Fábio Campana

Lula vira mito e PSDB entoa Noel: ‘Com que roupa?’

Texto de Josias de Souza, na Folha Online

Mais do que medir a popularidade de Lula, a última pesquisa do Datafolha, divulgada na sexta-feira, mensurou o tamanho do desafio da oposição para 2010. Ao atribuir ao governo Lula 64% de aprovação, o instituto informou ao país e aos adversários do presidente que o eleitorado já não vê Lula como um político.

Tampouco o enxerga como uma pessoa. Avista-o como um mito. O mito do retirante nordestino que chegou lá. O mito do ex-metalúrgico que, sem estudo, conseguiu cavar na enciclopédia um verbete mais vistoso que o do antecessor intelectual.O fenômeno acomoda o sonho dos rivais de Lula sob um par de singelas e incômodas interrogações: O que fazer para se contrapor a um mito? Ou, por outra: Que manobras engendrar para derrotar um mito?

Antes de virar presidente, Lula amargara três derrotas. Encarnava, então, o exemplo vivo de que a política brasileira não parecia disposta a homenagear a lógica.

Num país em que os excluídos compõem grossa maioria, só a ilógica explicava as derrotas de um proto-excluído para super-incluídos como Collor e FHC.

A exclusão social não parecia disposta a votar em si mesma. Eleição, para o Lula dessa época, era sinônimo de sinuca.

O ex-retirante jogava contra os donos da mesa. Quando estava em jogo a bola sete –ou a bola 13 do PT—, todos se juntavam do outro lado, derrotando-o.

Para subverter a ilógica, Lula teve de render-se à lógica dos adversários. Na célebre “Carta aos Brasileiros”, prometeu que, eleito, não promoveria viradas de mesa.

Acomodado no Planalto, entregou o prometido. Beneficiado por um cenário externo benfazejo, manteve em ordem a economia. E injetou dinheiro no bolso dos pobres.

Agora, convertido em mito, vai a 2010 como dono da mesa e dos tacos. Exorcizada a macumba do terceiro mandato, chagará chegará à disputa em condições de levar à caçapa a bola –ou o poste—que lhe parecer mais conveniente.

Esboça-se uma disputa presidencial guiada pelo signo da continuidade. Lula e Dilma –o poste por ora mais bem-posto— chegam com o discurso pronto: fazer mais e melhor.

Provável adversário do lulismo, o tucanato, ainda em dúvida quanto à roupa que vai usar na festa, continua levando à vitrola o mestre Noel Rosa:

“Agora vou mudar minha conduta, eu vou pra luta
Pois eu quero me aprumar
Vou tratar você com a força bru…..ta, pra poder me reabilitar
Pois esta vida não está sopa e eu pergunto: com que roupa?
Com que roupa eu vou pro samba que você me convidou?
Com que roupa eu vou pro samba que você me convidou?”


8 comentários

  1. domingo, 14 de setembro de 2008 – 1:57 hs

    Até 2010 muitas águas vão rolar…

    Hoje a melhor roupa seria a fantasia da bolsa família em dobro!!! Em 2010 pode não ser…

    E, não acredito no mito da transferencia de votos!!!

  2. Zé do Coco
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 4:33 hs

    Contra o mito, Campana, só a realidade. Se os partidos oposicionistas não estiverem com o pé firme na realidade, é melhor eles aderirem ao auê geral e vestir uma casca de banana.
    “Chiquita bacana
    lá da Martinica
    se veste com uma casca
    de banana nanica.
    “Não usa vestido,
    não usa calção
    inverno pra ela é pleno verão!”

    O problema, Campana, é que oposição no Brasil só existe em época de eleição ou quando os polpudos proventos que os políticos ganham estão “necessitando” de uma correção, porque estão sendo corroídos pela “inflação” (inflação de político é eufemismo para ganância).

  3. autodidata
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 7:29 hs

    A IGNORÂNCIA JUNTADA AO FANATISMO POR UM MITO È PERIGOSO P/ DEMOCRACIA. A MAIORIA DO POVO BRASILEIRO MESMO MERECE A BOSTA BARBUDA QUE TA AÌ

  4. BETO PINHAIS
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 11:07 hs

    MENOS POVO !!!!!!!!

    VOCÊS JÁ VIRAM A MONTANHA DE DINHEIRO QUE O LULA TÁ SOLTANDO PRA ESTES “ÓRGÃOS DE PESQUISA”, DO JEITO QUE ESTÁ INDO A COISA, DAQUI ALGUNS DIAS ELE SERÁ INDICADO PRA DEUS.

  5. Luciano
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 12:49 hs

    Melhor presidente que tivemos nos ultimos tempos com certeza, esse povinho que não sabe ver que nosso país ta crescendo é aquele que não quer acreditar como que uma pessoa que saiu da classe operaria virou presidente e o maior de todos.
    Tenho certeza que o LULA vai virar um grande mito no País e deveria ter um terceiro mandato para ele.
    Lula de novo com a força do povo!!!

  6. Lelo
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 14:05 hs

    É! Para alguns só a pesquisa do Beto é real…Mas, não há o que discutir é Beto aqui e Lula lá!

  7. Vai Lá
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 14:14 hs

    Estranho determinados comentaristas. Quando a pesquisa é favorável ao prefeito tudo bem. Quando é para o presidente trata-se de pesquisa comprada e que tais. Na verdade se as oposições não acordarem vão levar chumbo grosso em 2010. Acordem, portanto, pois a hora está próxima e, sem qualquer dúvida, teremos mais oito anos de governo Lula. Sim, pois ao fazer o sucessor(a) continuará influenciando na forma de se administrarr o país. Mas o problema das oposições é conseguir esse tal candidato para enfrentar o homem. Esses que estão aí não dão nem para o gasto.

  8. lula forever
    domingo, 14 de setembro de 2008 – 18:20 hs

    O idiota sempre é um autodidata.
    Até a próxima, pois estou Fernando e andando para opinião do Beto Pinhais, aquele que precisa de muita bolsa caráter.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*