Bancários petistas se revoltam com Gleisi | Fábio Campana

Bancários petistas se revoltam com Gleisi

Os petistas ligados ao sindicato dos bancários não escondem sua revolta com a candidata Gleisi Hoffmann: ela compareceu ao jantar do candidato a vereador do DEM Jesse Krieger, que apóia Beto Richa.

Jesse Krieger é antigo bancário da Caixa Econômica Federal. Os petistas acham que foi um ato de traição à militante histórica Marisa Stedile, presidente do Sindicato dos Bancários de Curitiba e região metropolitana e candidata a vereadora pelo PT.

Em tempo

Marisa Stedile diz que não tem poder de influência sobre a opinião dos bancários e que não tem nada a ver com a revolta. Disse também que o fato não tem nada a ver com a sua candidatura a vereadora e que cabe a Gleisi decidir se ela deve ou não ir ao jantar. “Minha campanha tem pernas próprias”, diz Marisa.


27 comentários

  1. Papai Ratinho
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:03 hs

    Papai ratinho ensinou muito bem….

  2. Pedrinho Eugênico
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:13 hs

    Deixa a Gleisi pedir voto pra todo mundo seus sectários!!!

    A Marisa não vai agora querer bater no Jesse, meu candidato e amigo da APCEF de tantos anos, ô gente!!!

  3. O GUARDIÃO -
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:19 hs

    ESTÁ BEM PERDIDINHA A GLAZY-BARBIE (

  4. Moizés Braz
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:21 hs

    Começou a andar ao lado do reibobão e ja esta aprendendo a trair……..

  5. AQUI NÃO CATERVA
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:31 hs

    este site, que não é nada democratico, pois direcionou as matérias, e foi mais alem, pregou tanto a discórdia dentro do PMDB, que os homens jogaram a toalha.

    moçada não pensem que vão conseguir instalar dentro do PT a discordia como consseguiram fazer com o PMDB.

    nós não nos entregamos nunca, só depois que encerrarem a apuração, lógico, para tomar um folego e partir para a vitória no 2 turno.

  6. cabelo
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:38 hs

    2º turno?
    Vitória?

    HAHAHHAHAHA
    Acorda!!!

  7. O GUARDIÃO -
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 14:55 hs

    E QUEM DISSE QUE UM SITE OU BLOG TEM QUE SER DEMOCRÁTICO ???
    NÉ ET CATERVA
    CABA BLOGO OU SITE TEM UM POSICIONAMENTE POLÍTICO PARTIDÁRIO, ESTE NEGÓCIO DE TRATAR TUDO DA MESMA FORMA, É PARA QUEM NÃO TEM OPINIÃO POLÍTICA FORMADA.
    O QUE NÃO PODE É SER MENTIROSO.
    BEM DIFERENTE DE POSICIONAMENTO POLÍTICO.

  8. bagualla
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:21 hs

    Leiam a historia dos RATOS que ja escrevi antes…..interessante

  9. bagualla
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:25 hs

    O Sonho dos RATOS:

    Era uma vez um bando de ratos que vivia no buraco do assoalho de uma casa velha.
    Havia ratos de todos os tipos: grandes e pequenos, pretos e brancos,
    velhos e jovens, fortes e fracos, da roça e da cidade.
    Mas ninguém ligava para as diferenças, porque todos estavam irmanados em torno de um sonho comum: um queijo enorme, amarelo, cheiroso, bem pertinho dos seus
    narizes. Comer o queijo seria a suprema felicidade…
    Bem pertinho é modo de dizer. Na verdade, o queijo estava imensamente longe, porque entre ele e os ratos estava um gato…
    O gato era malvado, tinha dentes
    afiados e não dormia nunca. Por vezes fingia dormir.
    Mas bastava que um ratinho mais corajoso se aventurasse para fora do buraco para que o gato desse um pulo e… era uma vez um ratinho!!

    Os ratos odiavam o gato. Quanto mais o odiavam, mais irmãos se sentiam.
    O ódio a um inimigo comum os tornava cúmplices de um mesmo desejo: queriam que o gato
    morresse ou sonhavam com um cachorro…

    Como nada pudessem fazer, reuniram-se para conversar.
    Faziam discursos, denunciavam o comportamento do gato (não se sabe bem para quem), e chegaram
    mesmo a escrever livros com a crítica filosófica dos gatos.
    Diziam que um dia chegaria em que os gatos seriam abolidos e todos seriam iguais.
    “Quando se estabelecer a ditadura dos ratos”, diziam os camundongos, “então todos serão felizes”…
    – O queijo é grande o bastante para todos, dizia um.
    – Socializaremos o queijo, dizia outro.
    Todos batiam palmas e cantavam as mesmas canções. Era comovente ver tanta fraternidade. Como seria bonito quando o gato morresse!
    Sonhavam… Nos seus
    sonhos comiam o queijo.
    E, quanto mais o comiam, mais ele crescia. Porque esta é uma das propriedades dos queijos sonhados:
    não diminuem; crescem sempre.
    E marchavam juntos, rabos entrelaçados, gritando:
    “Ao queijo, já!”…

    Sem que ninguém pudesse explicar como, o fato é que, ao acordarem, numa bela manhã, o gato tinha sumido.
    O queijo continuava lá, mais belo do que nunca. Bastaria dar uns poucos passos para fora do buraco. Olharam cuidadosamente ao redor. Aquilo poderia ser um truque do gato. Mas não era. O gato havia desaparecido mesmo. Chegara o dia
    glorioso, e dos ratos surgiu um brado retumbante de alegria.

    Todos se lançaram ao queijo, irmanados numa fome comum.
    E foi então que a transformação aconteceu.
    Bastou a primeira mordida.
    Compreenderam, repentinamente, que os queijos de verdade são diferentes dos queijos sonhados. Quando comidos, em vez de crescer, diminuem.
    Assim, quanto maior o número dos ratos a comer o queijo, menor o naco para cada um.

    Os ratos começaram a olhar uns para os outros como se fossem inimigos.
    Olharam, cada um para a boca dos outros, para ver quanto do queijo haviam comido. E os olhares se enfureceram. Arreganharam os dentes. Esqueceram-se do
    gato. Eram seus próprios inimigos. A briga começou. Os mais fortes expulsaram os mais fracos a dentadas. E, ato contínuo, começaram a brigar entre si. Alguns
    ameaçaram chamar o gato, alegando que só assim se restabeleceria a ordem.

    O projeto de socialização do queijo foi aprovado nos seguintes termos:
    “Qualquer pedaço de queijo poderá ser tomado dos seus proprietários para ser dado aos ratos magros, desde que este pedaço tenha sido abandonado pelo dono”.
    Mas como rato algum jamais abandonou um queijo, os ratos magros foram condenados
    a ficar esperando…

    Os ratinhos magros e fracos, de dentro do buraco escuro, não podiam compreender o que havia acontecido.
    O mais inexplicável era a transformação que se operara no focinho dos ratos fortes, agora donos do queijo.
    Tinham todo o jeito do gato, o olhar malvado, os dentes à mostra.
    Os ratos magros nem mais conseguiam perceber a diferença entre o gato de antes e os ratos de agora.\
    RATO = GATO

    Os ratos fortes se tornavam cada vez mais fortes. Diziam mentiras para enganar os outros ratos. Os ratos fracos acreditavam nas mentiras por ignorância ou por medo. Por medo, muitos ratos fracos defendiam os ratos fortes, na esperança ganhar alguma migalha de queijo.
    Os ratos fortes criaram impostos. Sempre aumentavam estes impostos. Precisavam arrecadar dinheiro para poder ficar mais fortes e assim poder cuidar do queijo. Precisam de mais e mais impostos, porque só eles poderiam cuidar da saúde dos ratos fracos!
    RATO = GATUNO

    Todo rato que fica dono do queijo vira gato. Não é por acidente que os nomes são tão parecidos.
    “Consegues compreender o que está ocorrendo hoje no Brasil?”

  10. caco
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:26 hs

    DONA GLEISI..VAI PEDIR EMPREGO PRO LULA..VAI…..AQUI EM CTBA ESSA PTZADA INCOMPETENTE NÃO TEM VEZ……TCHAUUUUUUUUUU PTTTTTTTTTTTT

  11. Cleunice
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:34 hs

    Porque só agora,o assunto veio à tona, passado mais de vinte dias,do tal jantar da CEF? Quem teria interesse em requentar esta notícia? Quem a plantou quer o quê? Se alguém me explicar, agradeço.

  12. O Povo
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:40 hs

    Quando a derrota bate na B…., cria a revolta e discordia, os Petistas estão já se matando entre eles.
    Mas bem feito, não deram poderes para uma Petista que caiu de paraquedas aqui em Curitiba e não lhe deram a Presidência do partido, agora aguentem!
    Por isso a convicção, “dinheiro não é tudo, e nem sempre é a solução”!

  13. Mauricio D
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:42 hs

    E CATERVA VC NADAM NADAM E AINDA MORREM AFOGADO.

    ESSA MULHER BOTOX NAO VAI A LUGAR ALGUM POR NUNCA TER FEITO NADA

  14. Derrota
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:48 hs

    Quando o PT de Curitiba viu que o Lula conseguiu com pesquisa emplacar e o Beto fez a mesma coisa e deu certo, estão sem saber o que fazer com a porrada nas urnas antes de abrir.

  15. zeca
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:52 hs

    PUTZ ESSE GUARDIÃO ENVERGONHA A CLASSE QUE CARA MAIS ANALFABETO estuda menino e venha falar corretamente.. que coisa

  16. JOVEM
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 15:55 hs

    O Jantar não era do Jesse. Ele esteve presente pq é Economiário/Bancário, como todos nós que estavamos presentes. Foi apenas uma confraternização.
    Aliás, ele nem grana tem para organizar jantar. rsrs
    Foi por adesão.

  17. Alice K.
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 16:18 hs

    Sindicalista é a pior raça do mundo, né não gente?

    Deixa a Gleisi em paz.

  18. Jaqueline Sozin
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 16:26 hs

    Sobre a nota “Bancários petistas se revoltam com a Gleisi”, a assessoria de imprensa do candidato a vereador Jesse Krieger (DEM) esclarece que Jesse foi ao jantar dos bancários, a convite dos próprios colegas da categoria, e não teve interferência na lista de convidados e nem de sua seleção para o evento. Ressalta, ainda, que Jesse apóia Beto Richa.

  19. Centro
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 16:37 hs

    Toda media seria tem posição. Só ver os grandes jornais americanos e europeus; a diferença é que a posição fica clara, anunciada, para o leitor.
    Já no Brasil é bonito ser neutro. Se mostram uma roubalheira do governo, acham alguma outra coisa da oposição para ficar no “olha, somos neutros, viu, viu, viu” , comparando laranja com abacaxi e justificando a roubalheira desse governo do PT.
    Na província é pior ainda, tem o grande jornalzinho marrom que andou meio vermelho no começo da campanha, mas, como a sua candidata, foi abandonando o barco aos poucos. A RPC (TV)está de parabéns.

  20. pois é
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 16:43 hs

    Aí Petezada eu acredito no 2º Turno, no Papai Noel, Coelhinho da Páscoa etc. E para não me alongar PT SAUDAÇÕES e até daqui a 2 anos.

  21. eleitor
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 16:54 hs

    Este é o novo PT. alia-se com todo mundo, faz showmício dizendo que é concentração da militância, e por aí vai. O que esperar de um partido histórico, importantíssimo na redemocratização do país, mas cujos atuais dirigentes optaram pelos caminhos mais fáceis? E mais rápidos para se destruir um partido também. Infelizmente, essa senhora, que não deveria ter sido a candidata, está comprometendo o futuro da legenda no Paraná.

  22. Ruy Siqueira
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 17:15 hs

    O unico bancário sério e honesto é o Messias. Este é um lider na categoria e não trai a Gleisi. O resto é o resto. O Messias sim é um cara fora de série. E tenho certeza que não foi ele que fez esta confusão toda. Afinal ele é um agregador e nunca foi desagregador. O Messias é dez.

  23. Vicente
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 17:52 hs

    Futuro do PT é ser PMDB onde se concentra ´gente de todas as especies os trairas, malacos, dollares na cueca, usuarios de CPF alheios, os mensaleiros, os gafanhotos, os nepotista, os Lander Hover e a esquerda mentirosa etc………..

  24. sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 18:44 hs

    Alice, concordo com você de que sindicalista é a pior raça do mundo…E atualmente vivemos na República Sindicalista do Brasil,portanto confundir, protestar, se fazer de vítima e não saber de nada faz sentido não ? …Eu me enganei uma vez com o PT , como eu não gosto de ser ludibriada, roubada mesmo e pago o salário dessa gente,,tenho mais é que exigir pois ellles trabalhaem decentemente para mim . MAS nunca mais votarei nessa seita pois é muito perigosa.

  25. O GUARDIÃO -
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 18:51 hs

    Prezado Zeca,
    analfabeto é a pata que te pôs

  26. Henrique
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 19:08 hs

    Guardião,não fica bravo com esse tal de Zeca,o cara é gentalha,só aparece aqui para escrever,além de ser comissionado também é cego.

  27. Zé do Coco
    sexta-feira, 26 de setembro de 2008 – 19:23 hs

    Sindicalista e ainda por cima DO PT???
    ah, já entendi…

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*