A nota que ficou pendurada no "Tio Querido" | Fábio Campana

A nota que ficou pendurada no “Tio Querido”

A turma do governador Requião se apressou a pagar a conta e a pedir que a dona do restaurante “Tio Querido”, na Argentina, desmentisse o calote. Ela atendeu aos apelos. Mas não custa publicar a cópia da nota que ela enviou antes e que prova a pendura e o quase calote aplicado na fronteira.

Clique na imagem da nota ao lado para ampliar e ver o documento em tamanho original.


15 comentários

  1. Zé do Coco
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 18:01 hs

    Tarde demais, tanto se abaixaram que a saia levantou.

  2. rio branco do su
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 18:10 hs

    agora ele e presidente dos conseges do parana na secretaria de segurança publica o exemplo vem de casa senhor secretario puxe a olhera desse seu funcionario junior zarur

  3. ronaldo
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 18:31 hs

    Fim de festa , salve-se quem puder e dane-se o povo.

  4. NAGIB
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 18:33 hs

    É isso aí, senhor Requião.
    Confundir vida pública com a privada, dá nisso.
    Que vergonha perante los hermanos e logo da Argentina….

  5. Léo
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 19:26 hs

    VERGONHA PARANÁ!

  6. FRANCO - O ORIGINAL.
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 20:15 hs

    NOSSA.. NEM NO BORDEL EU CONSIGO GASTAR TUDO ISSO..

    A LOCO…

  7. Vigilante do Portão
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 21:23 hs

    Cambada de caloteiro. kkk

  8. cidadã abismada
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 22:43 hs

    Esse governo tão familiar, que tanto gosta dos parentes, não ia deixar um “Tio Querido” na mão, com certeza.

  9. Nhengo
    terça-feira, 9 de setembro de 2008 – 22:43 hs

    segundo o site do governo que relaciona os barnabés, o tal Junior Emerson Zarur, é um DAS-5 Assessor Especial.

    “aspone para assinatura de notas de calote”

  10. Luciano
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 0:18 hs

    Coisa normal, ou vocês são acham que isso não rola na prefeitura?
    existe em qualquer lugar!!!

  11. O GUARDIÃO -
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 9:44 hs

    ESTO FUÊ UN CALÔTE INTERNACIONAL ENTONCES …

  12. ROMERITO
    quarta-feira, 10 de setembro de 2008 – 12:13 hs

    El REIquião es acostumbrado a dar calotes, mirem quando el non cumplio obligaciones financeiras com Curitiba en fucion de acuerdos para obras com em alcaide Beto, justamente em vendeta por não ter recebido apoio eleitoral em 2006.
    CALOTEIRO UNA VEZ, CALOTEIRO SIEMPRE

  13. fabricio
    sexta-feira, 12 de setembro de 2008 – 14:23 hs

    É ISSO AÍ SERGINHO DE SÃO PAULO!!! DÁ-LHE POSTAR CONTRA O SEU AMIGO…

  14. serginho
    segunda-feira, 15 de setembro de 2008 – 22:31 hs

    MEU CARO FABRICIO VOCE NAO ME CONHECE.O JUNIOR FOI UM DOS POUCOS AMIGOS QUE TENHO NESSE GOVERNO,NAO TENHO NADA QUE DIZER DELE PELO CONTRARIO.AMIGO NAO TEM DFEITO VOCE ESTA ENQUIVOCADO COM SEU COMENTARIO.QUERO QUE VOCE VA PARA PQP SE VOCE FOR HOMEM FALE PESSOALMENTE COMIGO QUANDO EU ESTIVER POR AI.SEU COVARDE

  15. Emerson
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 15:01 hs

    Baba ovo de político e além de tudo caloteiro!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*