Terminou o drama de Emanuélli Gabardo | Fábio Campana

Terminou o drama de Emanuélli Gabardo

Foto : Lineu Filho

Emanuélli Gabardo, de 21 anos, grávida, furou o bloqueio da polícia, foi para casa, entregou a arma e saiu da cidade com a mãe para internar-se numa clínica. Assim terminou o caso que tomou a atenção da cidade desde as 17 horas de hoje, quando ela se fechou dentro de um carro na praça Osório e ameaçou se suicidar como represália pelo amor não correspondido de um tenente da PM.

Emanuélli Eluisi Gabardo Fonseca é filha do major Márcio Luiz Fonseca e da soldada Silvana Gabardo, enteada do sargento Esio Biancchini, todos da PM do Paraná. A menina havia tentado se matar semana passada na Rua Pedro Gabardo onde mora. O motivo seria a rejeição da família do namorado.


26 comentários

  1. Armínio
    segunda-feira, 4 de agosto de 2008 – 23:37 hs

    A mãe dela, Sgt Gabardo, também é da PM e trabalha com o delegado Francischini na prefeitura. Acho que está disponibilizada pela polícia para trabalhar na secretaria municipal.

  2. Maria Bueno
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 0:38 hs

    Tá e daí fofoqueiro, já não chega o que esta menina e a família dela passaram hoje, o que que o Franchischini e onde a Mãe dela trabalha tem a ver com tudo isso. Vai cidar da tua vida! Fuxiqueiro, Sissi!!!

  3. Andre
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 9:22 hs

    Pois é, realmente a lei não é para todos. Pára uma cidade, desobedece a autoridade policial, fura barreira e sequer é encaminhada à uma delagacia, vai para uma clínica com a mãe… E o prejuízo dos comerciantes o transtorno aos moradores e a quem passava pela região??? Felizes são os parentes de políticos e ocupantes de altos cargos públicos, que sempre tem emprego garantido e alívio em situações onde o resto da população estaria encarcerada ou até mesmo baleada!!!

  4. Doroti Costa
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 9:42 hs

    Respeito o drama da família. Mas se fosse um pobre coitado qualquer a polícia teria dado um jeito de prendê-lo, não é verdade…

  5. malu
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 10:23 hs

    É uma cidade sem lei!!!!!
    A boneca deslumbrada, interrompe o centro da cidade e sai numa boa!!!
    Se estivesse no Rio, ja tinha levado uma bala na cara..
    se estivesse em uma outra cidade seria PRESA e registrada um BO e encaminhada para a justica, para a sentenca!!!
    cade a LEI!!!!
    malu

  6. Mercado das Pulgas
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 10:24 hs

    Para Maria Bueno
    Se fosse eu, ou um outro zé ninguém qualquer, taria preso com a chave jogada fora, só pelo fato de dar tiros em via pública. Agora, esta mocréia, que deve ser feia pra dedéu, tá aí, foi levada para a casa da mamãe. Agora, será que o Francischini não tem nada a ver com isso? Duvideo-o-dó. Esse povo só porque está no poder acha que tem o direito de fazer o que bem entender e ficar por isso mesmo.

  7. Anderson
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 10:24 hs

    Maria Bueno, isso não é fofoca e sim informação. Claro que a população quer saber de onde e porque ocorreu todo aquele transtorno ontem.
    Fofoca seria, ” O governador vai de sunga vermelha à ilha das cobras…” mas não é isso.
    Deixa de ser rancorosa.

  8. paulo henrique
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 10:54 hs

    nada a ve fofoqueiro essa menina e familia dela merecem, por td o q eles fazem ñ tei nada q ficarcar com dó, eles merecem td isso, e a menina só fez isso para se aparecer , e ñ ér a primeira nem segunda vez q ela faz isso

  9. Deco
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 11:05 hs

    A moça é evidente que precisa de tratamento psiquiátrico, acho que já foi falado bastante do caso, agora temos que respeitar a família e as pessoas envolvidas indiretamente ou diretamente, por uma mente perturbada! Que Deus de a ela saúde e condições de melhora para seguir sua vida em paz.

  10. Heart of Darkness
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 11:11 hs

    Só não levou bala porque é filho de bacana……..

    Mais imbecil ainda foi o comentário do policial militar dizendo que não foram atrás para não piorar a situação……

    Se fosse um coadjuvante da vida com certeza teria levado bala e teria ido em cana…..

  11. bonfim
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 11:20 hs

    parabéns DECO, depois de centenas de comentários maudosos.

    enfim um comentário decente aleluia!

  12. Lucas Pelizaro
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 12:00 hs

    A “Maria Bueno” está bêbada?

  13. Educação
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 12:24 hs

    Como pai e sabendo que a mesma tem pais bem estruturados e bem informados, a essencia da família não é cutuada nessa família pelo jeito.

    Olha a expressão de tristeza e abandono da menina, para chegar há esse desespero público vejo como um alerta da doutrina futura de algumas pessoas e não pode ser visto como um mero episódio corriqueiro.

    Cade o apoio antes da família e porque não vem a público e deixa o caso dela ser usado agora que se tornou público como um exemplo .

    Família é coisa séria , não podemos banalizar situações só porque se tornou pública nacional ou internacionalmente falado.

    Família essa essencia merece TOTAL respeito e sempre rever posição e situação.

    Deus é magico.

  14. Educação
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 12:26 hs

    Agora olhando o fator Polícia e se é de família influente ou se poderia ser de uma família pobre,,,,

    Nós povo temos poder de mudar atos e não podemos focar em fatos.

  15. Educação
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 12:28 hs

    Oração não importa a crença dessa família, usem sempre faz um bem maravilhoso e conforta há alma incosolada por atenção humana.

    A busca do equilibrio espiritual , ela tem que ser diária e não momentaneas.

    A todos muita paz e FE.

  16. Luiz
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 12:34 hs

    Não sou da polícia e nem morro de amor por ela.Mas quando a polícia atira sem motivo ficam todos revoltados; e com razão. Quando são “prudentes”(com aspas neste caso) criticam também e fazem apologia ao um fuzilamento desproporcional. Ela, que eu saiba, ameaçou apenas a si própria. Mas concordo que prejudicou muitas pessoas. Nestes casos agir com imprudência, aí sim ela poderia pelo desespero se matar ou atirar nos outros.É claro que a polícia amaciou, eles fazem parte da mesma entidade. Quando um estranho nos prejudicam agimos com mais rigor; quando é nosso familiar amaciamos. Ela teve uma crise, coisa que muitos motoristas têm todos os dias ao volante. Causam acidentes,atrapalham os outros bloqueando a rua, e nunca acontece nada.

  17. Tarologo
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 13:04 hs

    Como o fato aconteceu há uma quadra do meu consultório e não podendo fazer nada há não ser mentalizar energias positivas porque afinal é uma vida em jogo, deixo aqui neste respeitado Blog do conceituado Jornalista Fábio Campana para Emanuelli e sua família 5 vídeos que se encontra no YOUTUBE para refletir e ter como apoio emocional e de força.

    Antes de mais nada só queremos a evolução da humanidade e a paz dotada do mais alto equílibrio emocional e espiritual de cada ser, mesmo as vezes não sendo compreendido ou entendido na sua essencia evolutiva.

    Primeiro
    Fathers Love Letter
    Carta de Deus para voce.
    youtube

    Segundo video
    Oração
    Para atrair um grande amor
    outube

    Terceiro video
    Linda história de amor
    outube

    Quarto video
    unchainde meloly
    traduzida
    youtube

    Quinto video
    Rosa de Sarom – sem voce
    youtube

    Peço desculpas por não colocar os vídeos já aqui por usar a ferramenta muito pouco, mas és inteligente e saiba que é um ser muito importante para esse mundo.
    Luiz Antonio
    Tarologo

  18. Alan Daniel
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 13:42 hs

    Eu também fico indignado dela sair tranquilamente…
    Também acredito que se fosse algum coadjuvante estaria ferrado…

    Se a justiça quer mostrar que não é ridícula e favorece elites, essa é a chance…

    Tenho 22 anos e não é por isso que ajo inconsequentemente…

    É muito facil atribuir desequilibrio mental…
    Porém, aqueles pobres que passam fome, que o cerebro não se desenvolve e acabam tendo que te roubar, por razões ambientais, será que eles também não são desiquilibrados mentais??????????????

    Fica a pergunta:
    Você é tão hipócrita e não vê a diferença de tratamento entre uma pessoa da elite e um pobre favelado????

    Agora aprenda a ser humano e viver em sociedade.

  19. JB
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 13:48 hs

    Q absurdo essa polícia deixar essa mulher fugir depois do caos q ela causou no centro por tantas horas!! Uma vergonha!!!
    Mas parabéns ao fotográfo pelas fotos!!!

  20. Regina
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 13:48 hs

    Esta menina colocou em risco toda a população ao disparar arma de fogo. Ela cometeu dois crimes disparo de arma de fogo e porte ilegal de arma e os policiais do choque não a perseguiram?? Muito estranho deixar a moça fugir!!! Se fosse um cidadão comum com certeza será que teriam tomado a mesma atitude??

  21. Marlos
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 13:54 hs

    A PM não cumpriu a Lei. Deveria ter preso a menina em flagrante por porte de arma e atirar em via pública (não esqueçam que ela estava armada, descontrolada e colocando a vida de outras pessoas em risco). Caberia um Processo Adminstrativo para apuarar os fatos.

  22. Franco
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 14:22 hs

    O comportamento das autoridades foi exemplar em se tratando de uma situação que envolvia risco real de vida aos transeuntes e uma pessoa totalmente descontrolada. Queriam o que ? Tiros na moça ? Que o povão cercasse o carro com ela armada dentro ?
    Só gostaria de pensar que o comportamento da policia seria o mesmo caso a situação envolvesse um afro-descendente vestindo uma camisa velha do Corinthians dentro de um chevete 86 com placa de Piraquara…
    O que vcs acham que aconteceria ?

  23. adoniran
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 14:36 hs

    se fosse uma ranhenta da vila pinto empunhando uma arma por causa de um caboclo da favela que tivesse engravidado ela e depois quisesse pular fora com certeza a policia do requiao teria passado fogo na menina….

  24. Funeraria
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 15:11 hs

    Tinha umas 10 de plantão, e uns urubus torcendo para mais uma cliente.

  25. André
    terça-feira, 5 de agosto de 2008 – 15:39 hs

    Caros leitores, o pai dessa desesperada jovem é amigo do REI? Dizem que tem acesso livre aos melhores locais de cavalgadas. A Polícia Militar foi proibida de agir? Se foi, quem proibiu? Preservar a vida é excelente, mas prendê-la como fazem com pessoas humildes é necessário. POBRE É BANDIDO, RICO É DOENTE!!! A PM deve ser guardiã da vida e da comunidade, mas também, cumpridora da lei. Em outros casos idênticos, os PMs deverão agir de igual forma. Parabéns, a HIERÁRQUIA e a DISCIPLINA são fundamentais em instituição desse porte.

  26. Peter Zero
    quarta-feira, 6 de agosto de 2008 – 9:31 hs

    As pessoas estão indignadas pelo fato da moça ser de uma família de polícias, o que pode ter sim ajudado a dar um tratamento diferenciado ao caso. No entanto, a polícia realizou seu trabalho a contento: protegeu a população, a ameça foi contida, e ninguém saiu ferido. É evidente que os problemas psicológicos da moça necessitam de tratamento, e muito provavelmente será usado como atenuante.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*