Nos bastidores do debate, o tema foi a nova derrota de Maurício Requião | Fábio Campana

Nos bastidores do debate, o tema foi a nova derrota de Maurício Requião

Inevitável. Depois de um dia de decisões surpreendentes no Judiciário, quando dois desembargadores voltaram a se confrontar, a obstinação do clã Requião em fazer o caçula Maurício conselheiro do Tribunal de Contas foi assunto em todas as rodas de convidados, jornalistas, curiosos e assemelhados que foram à TV Bandeirantes para ver o debate entre candidatos a prefeito de Curitiba.

Ontem, às 17h25, o desembargador Paulo Hapner derrubou a liminar que impedia Maurício Requião de assumir o cargo de conselheiro. Houve foguetório no Canguiri e em Santa Felicidade. Uma hora e três minutos depois, às 18h28, o desembargador Jorge de Oliveira Vargas desistiu das férias e derrubou a decisão de Paulo Hapner, devolvendo Maurício Requião á condição de ansioso pretendente à vaga de conselheiro do Tribunal de Contas.

A expectativa é de que a questão não entre em pauta do Órgão Especial que reúne-se hoje e que a pendenga termine em Brasília no Supremo Tribunal Federal.

Uma coisa é certa. Requião não desiste de nomear o irmão caçula e este não abre mão do cargo e seus acessórios. Nessa novela, o Paraná vai se tornando motivo de chacota no resto do país pelo obstinado nepotismo de seu governador.


6 comentários

  1. Gerson
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 6:49 hs

    É coisa da Prefeitura, não falaram sobre o Bigorrilho, que chama de Chasmpagnat. É o local em que existem mais cahorros do que crianças. É um desfile de madames, homens encorpados e serviçais, andando com um ou mais caninos, que só fazem cacaca. Um paraíso de fezes nas calçadas, que estão todas manchadas. Algum candidato tem proposta para acabar com isso. Vá na feira noturna da Praça da Ucrania, hoje à noite. Comidas e pelos de cachorros, mais cocô.

  2. CLOVIS PENA
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 6:58 hs

    Sempre foi realizada uma pesquisa de opinião pública em relação ao desempenho dos candidatos no debate. Caso tenha ocorrido é importante conhecer os resultados.

  3. zthox
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 9:39 hs

    Não é só na praça da Ucrânia que essa turma espalha merda…

  4. Marcelo Wadowski
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 10:27 hs

    O problema do cão em apartamento e em casas para cuidar do imóvel tornou-se uma praga sem controle. Onde padeço (pois morar não seria a palavra correta) estou rodeado de 15 cães que latem o dia todo todos os dias a qualquer movimentação de transeuntes, e nada pode ser feito, pois o cachorro aparentemente é melhor protegido pelas leis do que as pessoas, as crianças atiradas pelas janelas e arrastadas por carros, experimente matar um cachorro destes que late o dia todo pra ver o que te acontece! O modismo destes yupies vagabundos, que poderiam ocupar o seu tempo de passeio e cuidados com cachorros fazendo uma curso de linguas, ou lendo, ou assistindo um filme, é utilizado para provocar o seu vizinho descaradamente, indo cagar na frente do portão, no gramado da casa vizinha, isto é de uma agressão e provocação que merecia uma surra. Todo mundo acha muito bonitinho o cachorrinho cagando na frente da casa dos outros, agora experimente chamar a atenção como eu cai na infelicidade de fazer, as vagabundas descem de seus tamancos e passam a te xingar, que a rua é publica, que chegou primeiro, que voce é estressado… agora assumirem a responsabilidade pelos seus atos anti-sociais, istonão fazem. Olha tenho nojo desta gente com cachorro, cachorro é pra ficar no quintal, na casinha de cachorro e não no salão de beleza como estas madames, desocupadas, esbanjadoras fazem. Enquanto isto tem criancinha catando comida no lixo, olha esta gente não sabe o significado da palavra “exibicionismo” pois é de uma afrona a dignidade humana ver estes animais trajando roupinhas, indo n o salão cortar o cabelinho, no spa para tirar o stress e no consultorio do veterinario pra limpar os dentinhos. Claro que esperamos que seus comportamentos anti-sociais serão julgados mais tardes, enquanto isso, ande com a cabeça baixa pra ver se não pisa numa bosta de cachorrinho de madame.

  5. Lucas Pelizaro
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 11:53 hs

    Bem, existe uma lei municipal que proíbe o aluguel de cães para segurança, mas a prefeitura descumpre a lei, porque não fiscaliza. Os “empresários” do setor contam com grande apoio do candidato do 14, o Fábio Camargo, que tem gente dentro da Secretaria de Urbanismo pra impedir essas e outras fiscalizações. Coisas como essas que o BETO e o FÁBIO e todos os candidatos deviam exlicar no debate, não fazer aquele show de MENTIRA E DEMAGOGIA BARATA.

  6. Mano da Vila
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 22:01 hs

    Na vila em que moro, de alto padrão favelano, também há os mesmos problemas que bairro de bacanas e madames. Mas aqui a turma resolve o problema, detonando os caninos. Até dá dó.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*