Menos, Dilma Rousseff, menos | Fábio Campana

Menos, Dilma Rousseff, menos

Em Curitiba, a ministra Dilma Rousseff disse que o governo federal está investindo na cidade R$ 500 milhões em habitação e saneamento através do PAC.

Um pente-fino nos repasses feitos por Brasília mostra que o número divulgado pela ministra está bem acima da soma realmente liberada. O governo se comprometeu a repassar R$ 74 milhões do PAC para os programas de moradia, mas até agora só foram entregues R$ 18 milhões.

Além dos recursos do PAC, tem dinheiro do orçamento da União para os programas de habitação da cidade – R$ 19 milhões. Desse montante, foram repassados R$ 9,5 milhões. Somando os dois – PAC e orçamento federal -, dá o total de R$ 27,5 milhões.

Talvez a ministra também esteja contabilizando os R$ 66 milhões em financiamentos habitacionais do programa Pró-Moradia. Mas aí não vale, pois os recursos serão pagos pela Prefeitura de Curitiba à Caixa Econômica, com juros e as correções contratuais.

Não é dinheiro a fundo perdido, mas recurso pago pelo município e pelos mutuários da Cohab.


15 comentários

  1. Grego
    segunda-feira, 18 de agosto de 2008 – 21:44 hs

    Pelo jeito, vale o ditado “mentira tem perna curta”.

  2. Linco
    segunda-feira, 18 de agosto de 2008 – 21:46 hs

    Aviso aos Petistas:
    Não adianta mentir. Olha o que vocês fizeram com a pujante Londrina. Em Ponta Grossa nem querem mais saber de PT.
    Não venham acabar com Curitiba.
    Como diz o companheiro Lula: Tá certo que a gente nascemos analfabetos. Mais burro nóis não semo.

  3. O Povo
    segunda-feira, 18 de agosto de 2008 – 21:49 hs

    Essa Senhora Dilma, bem como outros dirigentes do PT, sempre são pegos no contra pé, mentem descaradamente, ou são muito mal informados tecnicamente sobre os assuntos que falam, como se tivessem conhecimento de causa, mas na verdade são péssimos administradores, incompetentes, tendenciosos e fazem da política o constante uso da má fé. Porque será que a candidatura da Gleisi é tão pífia em Curitiba, pois a população de Curitiba é exigente e cobra os resultados das Promessas, o que Beto Richa fez, faz e fará tem a fiscalização da população, gente que faz promessas sem sentido (criar uma gravadora de CD para artistas locais/Promessa Gleisi), não tem vêz no cenário da “Cidade da Gente”!

  4. Zohraide
    segunda-feira, 18 de agosto de 2008 – 23:32 hs

    O PT sempre foi o partido do discurso. Na hora do vamos ver eles não sabem nem onde estão. É muito fácil criticar e contar “inverdades”, na prática eles não têm “prática”. Governo mais corrupto da história do Brasil. Fiquem longe da minha cidade, arruaceiros folgados!!!

  5. jango
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 0:22 hs

    O número tem aquele poder de prestidigitação que os políticos adotam para se diferenciar do mágico de circo, só que com o efeito contrário: o mágico tira o coelho verdadeiro da cartola, o político (inclusive pretenso) tira o número virtual. Lá nós queremos ser enganados, aqui eles querem nos enganar. Fiquemos com o mágico de circo, ele é honesto.

  6. Jofrey
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 0:34 hs

    Dilma, o povo de Curitiba não curtiu você, pode crer!

  7. Vigilante do Portão
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 5:59 hs

    Pior do que as mentira deslavada e do engodo que é o PAC eleitoreiro do LULA/DILMA, é a incopetência dos ministros desse governinho.
    O DENIT (Ministério dos Transportes) devolveu ao tesouro mais da metade da verba orçamentária. Não soube aplicar os recursos. Na certa não havia no país uma estrada precisando de uma recapagem ou de sinalização.
    Incopetência Pura.

  8. adoniran
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 8:01 hs

    quem é Dilma???

  9. PARANÁ
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 8:07 hs

    Foi liberado apenas 18 milhões fruto da incompetência da COHAB na formulação dos projetos. Apresentaram ao Ministério das Cidades uma proposta para reurbanização e regularização fundiária e outros projetos para Caixa Econômica. RESULTADO. PENTE FINO. Bateu na trave. Agora estão tendo que refazer tudo. a Dilma está certa até agora de recursos do governo federal, para o PAC, e outros projetos da COHA, liberados recursos pelo Ministério das Cidades, totalizam R$ 500 milhões. O responsável pelo site do Fábio Campana deveria se informar melhor e ser menos tendencioso. Já ta dando muito na vista Fábio, sua preferência pelo UCANATO.

  10. PESSOA
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 9:18 hs

    Todos Vcs estão enganados!!!!
    Não enendem nada de PAC.
    Há sim previsão de 500 milhões para Curitiba.
    Porém esse grupo incompetente do Beto apresenta projetos imcompletose mal acabados. Habitação, Saneamento e regularização fundiária. Vcs sabem o que é isso.
    Nosso obrigado a Dilma e ao Presidente Lula!

  11. Troiano77
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 11:04 hs

    Ah, pera aí, vai me dizer que a Dilma falou a verdade? Nem pro Brasil inteiro liberaram 500 milhões.
    Mentirosa, sim, e é essa aí que o PT e o Lula querem para a Presidência da República.

  12. PESSOA
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 11:49 hs

    Troiano77 e Demais
    Procurem saber primeiro o que é PAC.
    Esse é o primeiro ano do Programa, e os recursos são liberados de acordo com os projetos apresentados e o decorrer do cronograma de execução das obras.
    Ou acha que o Governo Federal iria entregar todo o recurso de uma só vez nas mãos desses incompetentes? Eles sumiriam com a grana. Certo? Lembra do Ezequias e sua sogra????? rsrsrs

  13. Anderson
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 12:09 hs

    Ótimo esclarecimento, Pessoa.

  14. Ale
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 14:12 hs

    Essa Companheira Estrela……………. não é mole não!!!!

  15. Troiano77
    terça-feira, 19 de agosto de 2008 – 16:00 hs

    Pessoa, você parece ser gente muito boa. Muito educado, por sinal. Mas é muito crédulo. O PAC não tem 500 milhões para Curitiba nem em 30 anos. Dê uma olhada e veja se tem algo que se aplica a Curitiba: http://www.fazenda.gov.br/portugues/releases/2007/r220107-PAC.pdf
    Abraços.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*