Menino na fila para cirurgia de catarata pede socorro | Fábio Campana

Menino na fila para cirurgia de catarata pede socorro

Luís, de quatro anos, tem cataratas nos dois olhos. Um com 100%, outro com 50% da visão prejudicada. Aguarda na fila para uma cirurgia. Suas chances de atendimento rápido são mínimas, pois mora em Itaperuçu.

O pai, Roberto Abrantes, já tentou todos os caminhos do Estado. Nada. Agora, apela para a misericórdia privada. Ele mora na rua Benedito Furquim, 172, Itaú II, em Itaperuçu. Ajuda pelos telefones 3603-1450 e pelo celular 8461-5644.


3 comentários

  1. O Povo
    sexta-feira, 15 de agosto de 2008 – 12:40 hs

    Entre com uma ação no Ministério Público em caráter de “urgência”, quero ver se o Estado/Secretaria da Saúde, não vai atendê-lo rapidamente! “Este é o belo exemplo da cadeira vazia” do Governador, enquanto isso acontece, ele está no Paraguai procurando lugar para seu futuro asilo político!

  2. Bartolomeu Bueno
    sexta-feira, 15 de agosto de 2008 – 20:05 hs

    O hospital do Dr. Moreira, candidato a prefeito de Curitiba não pode fazer essa cirurgia?
    O Estado não tem a obrigação do atendimento?
    A misericórdia não está no coração dos nobres detentores do poder político tupiniquim?
    O dinheiro dessa cirurgia é gasto em churrascos nos fins de semana nos melhores endereços políticos que dão expediente no Centro Cívico.
    Piedade, nenhuma?
    Então pra que serve o Estado?
    Afinal, quando é que o pobre vai ter vez e voz?!

  3. Teodoro
    sábado, 16 de agosto de 2008 – 11:27 hs

    Enquanto isso acontece aqui,o senhor Rei Quião viaja ao Paraguai com o dinheiro nosso sendo muito mal usado!
    Coitada desta população carente, que não tem no Estado uma Secretaria da Saúde que solucione estes casos nos Municipios do Paraná! Lamentável.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*