Justiça recebe denúncia contra onze por fraude no Detran | Fábio Campana

Justiça recebe denúncia contra onze por fraude no Detran

A Promotoria de Justiça de Proteção à Ordem Tributária de Curitiba informa que foi recebida em 22 de julho, pela 3ª Vara Criminal de Curitiba, ação penal contra onze pessoas envolvidas em um suposto esquema de fraudes no Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Paraná (DETRAN-PR).

São eles Cesar Roberto Franco, Eliseu João da Silva, Haroldo César Nater, Eliane Keiko Kobiraki Carvalho, Antônio César Ribas Pacheco, Cristiane Buchmann Fontana, Carlos Roberto Mattos do Valle, Carlos Alexandre Negrini Bettes, Maurício Roberto Silva, Adelino Malinosk Silva, Daniel Francisco Rossi.

A denúncia trata da prática de crime contra a Lei de Licitações, formação de quadrilha, falsidade ideológica, peculato e tráfico de influência. O esquema, que foi investigado pela Promotoria de Justiça e pelo Núcleo de Repressão a Crimes Econômicos (NURCE), teria causado um rombo estimado de R$ 11 milhões nos cofres públicos. O processo foi registrado com o número 2006/8195-8.

Na denúncia, o Ministério Público do Paraná relata que, entre os anos de 1997 e 2001, o então diretor-geral do DETRAN, Cesar Roberto Franco, em parceria com os demais denunciados, teria forjado a contratação, sem a devida licitação, da empresa EMBRACON (Empresa Brasileira de Consultoria). Através desse “contrato”, justificado com a apresentação de cinco procedimentos administrativos falsos, teriam sido desviados R$ $ 11.077.097,34 milhões – dinheiro público.


3 comentários

  1. Marilia de Dirceu
    sexta-feira, 15 de agosto de 2008 – 21:16 hs

    A NOTICIA ACIMA É DO TEMPO DO LERNER. LOGO LOGO TEREMOS A DO TEMPO DO REIQUIÃO E DO “GUARDA BELO”, QUEM VIVER VERÁ.

  2. cabral
    sábado, 16 de agosto de 2008 – 11:23 hs

    O MINISTARIO PUBLICO TEM QUE ENVESTIGAR OS CONTRATOS DA FENASEGUI DAS OPERAÇOES VERAO ETC ETC ETC…

  3. Missao Tanizaki
    sexta-feira, 22 de agosto de 2008 – 11:30 hs

    Toda Sociedade Brasileira precisa cobrar / exigir que verifiquem, através de uma Nova CPI, o que está por trás desses CRIMES.

    No meu entendimento os CRIMES são praticados porque o modelo vigente pode ter sido estabelecido com o propósito de Arrecadar Muito visando beneficiar ilegalmente os participantes dos Esquemas.

    Tudo parece estar certo / correto, mas são “Mentiras que se tornaram “Verdades”

    Para resolver os Congestionamentos e Acidentes de trânsito o Brasil precisa investir em FERROVIAS e outras altenativas à Rodovias – isso não funciona no Brasil por abuso e interesses da MNINORIA, em detrimento ao interesse do Povo Brasileiro.

    MISSAO TANIZAKI
    Fiscal Federal Agropecuário
    Bacharel em Química
    missao.tanizaki@agricultura.gov.br
    Esplanada dos Ministérios, Bloco “D”, Sala 346-B, Brasíla/DF

    TUDO POR UM BRASIL / MUNDO MELHOR

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*