Em Balsa Nova, crtl+c e crtl+v entram na briga | Fábio Campana

Em Balsa Nova, crtl+c e crtl+v entram na briga

A imprensa denunciou na semana passada que o prefeito José Franco Pellizzari não cumpriu a lei orçamentária votada pelo Legislativo e gastou quase 30 por cento em suplementações, quando estava autorizado a gastar só cinco por cento.

Para responder as acusações, o secretário de finanças, Celso Rossoni, foi até a Câmara acompanhado de 28 pessoas e ocupou o plenário para dizer que se tratava de um “equivoco” e atribuiu os números conflitantes a um erro de digitação. Uma confusão entre “digitar ctrl+c ou ctrl+v”.

Como ninguém ficou convencido e não foi explicado como a cópia da Lei 465/06 encaminhada ao Tribunal de Contas não tem o timbre da prefeitura e nem a assinatura do prefeito, e mais o fato da “digitação equivocada” ter ocorrido justamente no artigo nove que previa cinco por cento e não 30, a explicação foi devidamente deletada e o assunto volta a discussão nesta segunda-feira.


2 comentários

  1. BARTOLOMEU
    segunda-feira, 11 de agosto de 2008 – 9:37 hs

    Esse na foto não é o diretor de obras da Cohapar? Quezada?

  2. NOBRE
    segunda-feira, 11 de agosto de 2008 – 9:48 hs

    Campana

    Favor corrigir a foto. Quem está com Rafael Greca nela, é o Eduardo Quesada diretor de obras da cohapar!
    Abs

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*