Ei Pessuti, faltou alguém | Fábio Campana

Ei Pessuti, faltou alguém

Deu no blog do Marcus Vinicius:

O vice-governador do estado, Orlando Pessuti (PMDB), em seu nepotismo franco e risonho, citou dois nomes de parentes que devem ser demitidos tão logo seja publicada a súmula vinculante do STF: o da esposa Regina Fischer Pessuti, chefe de gabinete do próprio vice, e o do irmão, Nelson Pessuti, membro do conselho fiscal da Copel. Faltou alguém. A cunhada Roseli Fischer Bassler que ocupa a direção do Museu Alfredo Andersen desde o início da gestão Requião, em 2003. Ei Pessutão, inclua na lista!

P.S.: Sim, cunhado é parente.


3 comentários

  1. Jacob
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 17:10 hs

    A Sra Pessuti foi exonerada de seu cargo na Assembléia Legislativa?

  2. Fatima
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 23:28 hs

    E AQUELES QUE SÃO PARENTES NO SECRETARIADO E MECHEM COM VERBAS POLPUDAS. PAI, FILHO, GENRO, CUNHADO!!! ESSES PODEM? IREMOS DIVULGAR OS NOMES E CARGOS… ACORDA REQUIÃO!!!

  3. Fatima
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 23:30 hs

    …MEXEM

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*