Consenso: pra que? | Fábio Campana

Consenso: pra que?

Roberto Jefferson diz que Fábio Camargo ganhou o debate. Samek diz que Gleisi ganhou o debate. Requião diz que Moreira ganhou o debate. Horácio Rodrigues diz que Lauro Rodrigues ganhou o debate. Melo Viana diz que Maurício Furtado ganhou o debate. Fernanda diz que Beto Richa ganhou o debate. O Cesar Setti diz que o Gomyde ganhou o debate. Heloísa Helena ainda não se pronunciou sobre Bruno Meirinho. O release deve chegar em breve.


22 comentários

  1. Gerson
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 18:49 hs

    Quem ganhou o debate foi o trabalhador que foi dormir para levantar cedo e ir trabalhar. Debate morno e bom para os que nada fazem. A maioria dos eleitores não viu o debate. Muitos nem sabem que aconteceu um debate. Debate tem que ter audiência e ser para o povão e não somente para a elite. Mudem o horário!!!

  2. jango
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:04 hs

    Quem ganhou foi o povo que pode aferir o “gabarito” dos candidatos.
    Há uma diferença: o Prefeito atual tem a vantagem de suas obras para por na mesa.
    Nenhum dos outros candidatos apresentou um programa das principais ações, especificando o que, como, quando, onde, porque e com que dinheiro será feito, embora se julgem “autoridades” em Curitiba.
    Primeiro querem ser eleitos com suas propostas sempre virtuais.
    Querem um cheque em branco do povo.
    Quem se dispõe a assiná-lo ?

  3. Coca
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:07 hs

    A atração foi Lauro Rodirgues, sem sombra de duvida. Graça a ele estou ansioso para proximo. E outra meu voto ele tem.

  4. Ermeson
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:09 hs

    É claro ganha quem é mais comentado no dia seguinte ,Lauro Rodrigues por mais enrolado e atrabalhado que foi , só ouço comentarios dele. rsrsrsrsrsrs

  5. Alvaro
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:17 hs

    Concordo com o Gerson. Sou professor e pedi para meus alunos do terceiro ano assistirem ao debate, pois boa parte deles já vota. Acontece que a maioria não viu por causa do horário. Debate tem que ser as oitoe meia, nove horas da noite. Dane-se as novelas e programas de pastor. Só assim formaremos uma verdadeira consciencia política ….

  6. sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:35 hs

    O Psol acha que ninguém ganhou o debate, porque debate não é luta de boxe. Heloísa Helena disse sobre Meirinho: “Nós do PSOL temos orgulho de ter Bruno Meirinho como candidato em Curitiba, pois o povo brasileiro está cansado de ser governado pela cabeça dos ricos usando o bolso dos pobres. Bruno Meirinho é garantia de compromisso com os trabalhadores! “

  7. Theo
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 19:59 hs

    Se o horário do debate for depois das 21:00 horas, esqueçam, só é assistido por uma minoria que não é influenciada em nada, pois normalmente já tem suas convicções e intenção de voto, naturalmente vai achar que seu preferido se saiu melhor. Não acredito no atual modelo de debates, muita gente e pouca chance de debater programas e projetos para a cidade, não há tempo em 2 minutos ou em 1 minuto para fazer pergunta e responder, fica tudo engessado e sem graça, agressãoe pegadinhas ninguém mais quer assistir, passou este tempo, a exig~encia da populaçãohoje é outra, a demanda tem que ser captada e canalizada entre os veículos de comunicação e assessoria dos candidatos, mas daí tem que haver consenso e isso quase nunca ocorre em prejuízo de todos!
    Então da forma que é hoje não acredito em debates, eles não mudam voto, só fazem a marola que posteriormente é acomodada pela onda ou calmaria!

  8. rock
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 20:09 hs

    Concordo com o Alvaro, como nos poderemos politizar uma população se as melecas das novelas são mais importantes que coisas reais que pode mudar o dia a dia dos cidadões. Mas uma coisa foi visivel no debate o tal de Lauro Rodrigues, foi la para levantar a bola de Beto Richa, mas não conseguiu já que a mesma é muito ensaboada.

  9. Andressa
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 20:12 hs

    Tenho 17 anos, sou eleitora (tenho o Título) e quero votar bem. Assisti um pequeno pedaço do DEBATE e tive que ir dormir para levantar às 06 horas e ir para a escola. Eu soube mais tarde que ninguém pediu o primeiro voto. Nós jovens somos falados, com blá, blá, blá. O voto do jovem elege vereador e decide a eleição de prefeito. Os velhos políticos ou seus sucessores não gostam do voto da juventude. NÃO VOU VOTAR NESSES MUSEUS E JUNIORES DELES. POR FAVOR, O HORÁRIO DO DEBATE É PARA BOÊMIOS…

  10. Lucas Pelizaro
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 20:17 hs

    Sugestão de temas para o próximo debate: 1 – Achaque; 2 – Desvio de recursos públicos; 3 – Funcionários fantasmas; 4 – Faltas ao “trabalho”; 5 – Promessas não cumpridas; 6 – Tráfico de influências; 6 – Licitações dirigidas; 7 – Puxa-saquismo e trairagem; 8 – Nepotismo; 9 – Autoritarismo; 10 – Falta de vergonha na cara. O resto é demagogia e balela de jornalista paspalho, que destaca o “alto nível” de um debate “propositivo” que não leva a nada nem a lugar algum.

  11. Andressa
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 20:39 hs

    Por ter 17 anos e desejar votar em bom candidato, não sendo boêmia, assisti um pouquinho do tal DEBATE. Fui dormir porque tinha que levantar cedo e ir para a escola. Soube que ninguém pediu o 1º VOTO. Senti que os políticos são os de sempre ou renovados por seus parentes. O HORÁRIO DO DEBATE É PARA OS CABOS ELEITORAIS DEVIDAMENTE COMISSIONADOS. Pergunto: se o comissionado receber dedicação exclusiva, não estará ocorrendo crime eleitoral. Cabos pagos pelo erário publico. Quero saber. Alguém me ensina? Grata…

  12. rodrigo
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 21:33 hs

    muito chato o debate. parecia um grupo de senhoras tomando café colonial na piegel. que sono! pra animar as coisas, a campanha política podia ser como o big brother: todos os candidatos dentro de uma casa, disputando competições variadas, cada semana um candidato sendo eliminado. no final, o ganhador leva a prefeitura por quatro anos, que deve valer mais que um milhão de reais. talvez fosse uma porcaria, mas o povão não ia perder nenhum.

  13. Renildo
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 21:38 hs

    Pobre da jovem de 17 anos, os políticos são sempre os mesmos. Se mulher votasse em mulher, elas seriam eleitas, visto que as mulheres ganham dos homens no eleitorado. Quanto ao horário, concordo com todos, não pode ser de madrugada. DEBATE deve ser nobre em propostas e no horário da apresentação. 16, 17, 18 e até 19 anos de idade, acredito estarem votando pela primeira vez. JOVENS ESCOLHAM CANDIDATOS QUE POSSAM COLABORAR COM O FUTURO DE VOCÊS E NÃO COM O FUTURO DELES. O ELEITOR É O PATRÃO DE QUEM FOR ELEITO E ELES SÃO DESOBEDIENTES, FAZEM O QUE NÃO LHES FOI CONFERIDO PODER FAZER.

  14. João
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 21:41 hs

    @Lucas

    They don’t get it.

    Queremos é ver o circo pegar fogo!
    Queremos ver os candidatos se ofendendo, inclusive pessoalmente!
    Queremos que os candidatos esculhambem as propostas adversárias, no que forem inviáveis!
    Queremos um debate em que o candidato que peça para usar o direito de resposta seja chamado de maricas por todos os outros.
    Ad nauseam.

  15. Mano da Vila
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 21:45 hs

    Eu e uma galera assistimos ao debate, e ninguém conseguiu identificar propostas. Só conversa mole, do tipo “vou trazer a Copa para Curitiba”, vou construir postos de saúde, escolas, creches, vou contratar mais médicos, mais professores, vou por a polícia nas ruas……vou ……. Proposta decente tem que dar as seguintes respostas: O quê? Quando? Quem? Quanto? Como? . Com certeza a estrela da noite foi o Lauro Rodrigues, pois personificou com tamanha perfeição a real situação dos nossos políticos, a falta de preparo para a Administração Pública. Gostaria de ouvir no próximo debate o compromisso formal diante de cameras de todos, dizendo Não ao Nepotismo!
    Beto e Barbie, tudo bem ensaiadinho e sem novidades. Morreira ameaçou aplicar a velha estratégia requiana de agressões e pegadinhas. Tem condições para no máximo se prestar a isso. Demonstrou não ter estatura para o cargo com a total falta de conhecimento da cidade em que vive.
    Meirinho, lembrando-lhe, já estamos no século XXI! Seu socialismos está além do ultrapassado, superado, desgastado ….
    O resto foi o resto, batalhando preciosos minutos de TV para alavancarem suas futuras candidaturas no legislativo. E o mediador Gladimir, ótimo pessoa e jornalista, mas precisa caprichar mais na condução do programa.

  16. meninos eu vi
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 23:06 hs

    Que foto!!!
    Encontro de dois meliantes.
    O mestre e o discípulo encantado.
    Bob Jef e Fafá, este com olhar de
    admiração pensando quando crescer
    quero ser igualzinho vou até mudar de nome.

  17. O Pensador
    sábado, 2 de agosto de 2008 – 7:58 hs

    O Lauro Rodrigues ganhou o debate! Com certeza!

  18. Vigilante do Portão
    sábado, 2 de agosto de 2008 – 9:40 hs

    O candidato declarou na Gazetona de hoje que não terá problemas em declarar de quem vai receber os R$14 milhões que vai gastar.
    Talvez seja esse o verdadeiro motivo da vinda do Jefferson à Curitiba, veio trazer aqueles R$4 milhões que ele diz ter guardado do episódio do mensalão. kkk

  19. VigilANTA do Porão
    sábado, 2 de agosto de 2008 – 14:24 hs

    Na verdade a candidatura do Fabio tem tudo pra crescer e começa incomodar as “forças”políticas tadicionais” que querem e fazem de tudo para que tudo fique na mais perfeita ordem….pra nada ser mudado…

  20. João
    sábado, 2 de agosto de 2008 – 19:44 hs

    Depois do debate, eu voto Lauro Rodrigues, com certeza!

    Sobretudo por conta de suas considerações finais, espetaculares!

  21. Alberto Ignaro
    sábado, 2 de agosto de 2008 – 21:16 hs

    essa estratégia do Lauro Rodrigues, foi muito inteligente: fez-se de bobo sincero e ganhou a atenção de todos … e até a simpatia de outros mais bobos ainda …

    hehehehehe…

    Os outros quiserem se mostrar/parecer muito espertos e passaram em branco …

    Estamos maus de campanha eleitoral…Esperemos que o processo esquente e fique mais animado e interessante !

    Tudo esta muito igual, os candidatos são fracos em termos de bagagem intelectual, são meros ventrílocos de marqueteiros de plantão …

    Peguei pesado ? – Acho que não: o debate da Band provou isso ! Nenhuma tirada inteligente, nada de inovador ! Infelizmente …

  22. Ronaldo
    segunda-feira, 4 de agosto de 2008 – 10:37 hs

    O debate foi realmente morno. Falta muito preparo aos políticos, que devem mostrar capacidade, bom senso e conhecimento da cidade. O Sr. Lauro Rodrigues foi uma vergonha. Eu se fosse ele, abandonaria minha candidatura pois evitaria passar por mais vexames. A Gleise tem nas costas o medonho PT que é financiado e financiador de políticas terroristas das FARC; o Moreira, apesar de parecer preparado, tem nas costas o vitimizador e nojento Requião. O Meirinho tem casca de bom senso mas arraigadas as idéias perigosamente revolucionárias destes Psol, Pstu etc; O candidato do PV tinha um imenso ponto eletrônico que lhe dizia tudo o que dizer, mostrando um visível despreparo para algo tão importante como um debate. O Fábio Camargo é um Getúlio Vargas remodelado, mais chavista e incrivelmente mais populista: de dar náuseas. O Gomyde não tem nada de mal assim, precisa de mais experiência e diversificar seu discurso: sabe-se que o esporte é importante mas uma prefeitura tem muito mais que isso.
    Assim, apesar de tudo ainda tem meu voto o Beto Richa, que apesar de ter deixado o trânsito da cidade caótico, é quem tem mais preparo, conhecimento para levar a cidade em frente. Só precisamos fiscalizá-lo mais de perto…

    Saudações.
    Ronaldo.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*