Audiência do programa eleitoral é pífia | Fábio Campana

Audiência do programa eleitoral é pífia

De Roseli Abraão, no HoraH News

A pesquisa DataFolha divulgada no sábado traz uma má notícia para os candidatos que esperavam reverter na “telinha” o favoritismo do prefeito. O programa eleitoral, que teve inicio no dia 19 de agosto, ainda não atraiu o interesse do eleitor curitibano.

Das 848 pessoas ouvidas pelo instituto, 67% disseram que não assistiram ao programa eleitoral e 46% disseram não ter nenhum interesse em assisti-los.

Apesar de 53% (39% um pouco de interesse e 14% muito interesse) terem dito que têm interesse nos programas eleitorais, 43% disseram que eles não serão importantes para influenciar seu voto (28% de eleitores acham que os programas eleitorais serão “um pouco importante” na hora da definição do voto; e 28% acham “muito importante”).


8 comentários

  1. Ruy Cezargay
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 10:18 hs

    Estou entediado. Me da vontade de ler aqueles poemas do Augusto dos Anjos sobre os vermes e o cemitério. Vou me matar. O neoliberalismo vai ganhar deste jeito. É o fim. The End. Oh céus. Oh azar. Lippy não vai dar certo.

  2. .ronaldo
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 10:27 hs

    Ótimo,espero que continue assim até o fim…

  3. tata
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 11:32 hs

    Os textos dos anúncios de rádio do Tio Moreira são de uma infantilidade absurda, coisa de redação do primário, só falta ele chorar para pedir o voto.

  4. Pepe Jal
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 11:36 hs

    É bom os políticos e politiqueiros se aterem as estas informações, pois refletem o pensamento es as ações do eleitorado, que já está cheio de algumas práticas ultrapassadas, e que os políticos insistem em bombardear os eleitores tais como: panfletos distribuídos na rua ou via correio, musiquinhas em carro de som, promessas que não podem cumprir, debates pré estabelecidos o que vão falar e perguntar, tudo isso cansa o eleitor que não está nem aí para briguinhas e pecuínhas de candidatos, pois se nesta eleição estão brigando, na outra podem estar coligados e se abraçando! Então chega de melodramas e politicagem, o povo já está saturado de tudo isso! Temos várias alternativas para fazermos coisas mais interessantes e produtivas do que ver estes programas cansativos!

  5. ronaldo
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 12:02 hs

    Quando o programa de govêrno e a criatividade dos candidatos são pífios, temos audiência pífia.Vai ser assim até o final.

  6. O Povo
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 12:27 hs

    Horario eleitoral é palhaçada, não transmite nada de conteúdo que seja aproveitável, é totalmente dispensável e substituído por outras coisas por fazer por parte do eleitor, que não está nem aí para está desgraça que vem desde os tempos do regime militar!
    Tem que ser revista a Lei, pois do jeito que está só causa nausea em quem assiste!

  7. Geroldo Meussias
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 13:35 hs

    Com aquela conversa do Fabio Camargo de que sou prefeito dos bairros mas vou fazer pelo centro tambem. O Moreira com aqueles leterings ilegiveis e com aquele jeito de fanho sem carisma. O Beto dizendo que tudo esta uma maravilha e o cara do PV repetindo o que a oposição diz. É melhor seguir o Gomyde que sem tempo nos chama pra falar no chat. Digo no CHATÔ. Porque esta muito CHATÔ. A unica coisa que nos da alegria é a lindinha. Ela é dez.

  8. Deco
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 14:53 hs

    Geroldo, você deve ter antena parabólica e estar captando imagens de outra Cidade pois aqui em Curitiba, não tem “nenhuma lindinha”, muito menos que ela “seja dez!”
    Só se fôr assim: Ela é Dez orientada
    ela é Dez compromissada
    ela é Dez organizada
    ela é Dez pudorada
    ela é Dez provida de inteligência
    ela é Dez politizada
    ela é Dez qualificada
    ela é Dez dentada
    ela é Dez iquilibrada
    ela é Dez aforada

    Só se é desse jeito de você ver Dez!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*