Adiada a votação da lei dos estacionamentos | Fábio Campana

Adiada a votação da lei dos estacionamentos

Foi adiada para segunda-feira a votação da lei que estabelece a cobrança fracionada nos estacionamentos de Curitiba. A primeira votação do projeto de lei estava agendada para hoje de manhã, mas o autor do projeto, vereador Pedro Paulo, do PT, faltou à sessão, e a votação acabou adiada.

A lei prevê que os estacionamentos podem continuar cobrando a primeira hora cheia, mesmo que o carro fique estacionado por alguns minutos. A mudança aconteceria a partir da segunda hora, quando os estacionamentos passariam a cobrar a cada 10 minutos.


3 comentários

  1. João
    terça-feira, 26 de agosto de 2008 – 17:13 hs

    Eu tenho medo desse tipo de Lei.

    Em vez de R$ 2,00 por hora, vão nos cobrar R$ 0,50 por cada dez minutos que excederem a primeira hora. Podem anotar.

  2. sábado, 30 de agosto de 2008 – 21:04 hs

    O que acontecerá o João já alertou. Pois preço é do mercado. Cobra quem pode e paga quem quer – ou será o contrário?
    Eu saio mais cedo, estaciono o carro mais longe, pago menos e ando mais a pé.

  3. fernanda
    segunda-feira, 22 de setembro de 2008 – 17:29 hs

    eu acho certíssimo, afinal os donos de estacionamentos privados também devem ganhar seu lucro… pois as despesas de um estacionamento são altíssimas; só o que é gasto com o seguro, dos carros que estão estacionados, anualmente é um absurdo!

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*