Quem venceu o debate da Barreirinha? | Fábio Campana

Quem venceu o debate da Barreirinha?

Foto: Carlos Ruggi

Se depender das assessorias, todos venceram o debate entre candidatos a prefeito de Curitiba que aconteceu hoje à noite na Paróquia da Barreirinha. É o que dizem os releases emitidos pelas assessores de imprensa de cada qual.

A verdade é que o debate teve significado porque o ator principal deste inicio de campanha, o prefeito Beto Richa, que tenta a reeleição, decidiu comparecer. Naturalmente ele passou a ser um dos pólos da discussão. Cada um do seus oito adversários apresentaram críticas e ele defendeu a sua gestão.

De resto, o debate foi marcado pela presença de torcidas organizadas que lotaram o salão paroquial, onde havia menos moradores da região e mais gente que cada um dos principais candidatos levou para constituir a sua claque pessoal.

De resto, pouco policiamento para garantir a segurança do evento. Aliás, falta de policiamento e de segurança é uma das unanimidades entre os candidatos.


16 comentários

  1. Cidadão de olho
    domingo, 6 de julho de 2008 – 23:30 hs

    pouca importa quem venceu o debate: se esse ou aquele candidato ! Mas, o certo é que os vencedores foram a democracia e os cidadãos presentes que puderam ver, ouvir
    e sentir os vários aspectos de cada candidato !

    Parabéns a todos e que da próxima vez (em outros debates) que fiquem de fora as tais “torcidas”, que devem resumir-se a fazer presença nos estádios de futebol.

    Que deixem fluir a infante democracia tupiniquim !

  2. CLOVIS PENA
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 6:39 hs

    Acho que serviu para o pessoal do marketing colher imagens que lhes interessam. Principalmente quando o candidato que está na dianteira folgada, aceita ficar ao lado dos menos favorecidos nas pesquisas. Não deixa de ser uma divulgação e uma comparação que influi nas pesquisas de opinião. É só ver como isto irá para os veículos de grande alcance.

  3. Zilkoski
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 9:39 hs

    Assisti ao debate e me parece que o Fabio Camargo saiu-se melhor, pois não se envolveu na briga PT x PSDB. Mas é claro foi mais para testar a militância e iniciar a campanha…Esse debate não tinha quase nada de POVO….

  4. Ganhou a democracia!
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 10:12 hs

    O Beto apesar da tentativa geral de o descredenciar como um bom gestor se saíu muito bem no debate, inclusive demonstrando com dados comprovados que temos uma das melhores estruturas sociais públicas do país na educação, na saúde, etc..

    Viva a verdade dos fatos!

  5. Antonio
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 10:12 hs

    O mais interessante foi a fala final do candidato Bruno Meirinho, do PSOL: “em Almirante Tamandaré, o nosso candidato à prefeito, o companheiro Piva, vai concorrer sozinho contra todos os partidos que aqui estão, que em lá estão coligados!”
    PT, PSDB, DEM, PMDB e outras 15 legendas estão juntas pela prefeitura de tamandaré! É tudo farinha do mesmo saco mesmo, e não tem nem o cuidado de manter a farsa!

  6. debate
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 10:38 hs

    O Vexame ficou por conta desta candidata do PRTB do Vereador Manasses Oliveira. Ela não abriu a boca, melhor pra todo mundo pq não se sabe de que caminhão de mudança caiu. O Vereador deveria ter colocado um ponto para soprar. Se bem que não sei se ia piorar ainda mais, com uma assessoria inútil que ele tem vai saber que perola ia sair.

  7. Marcos Baggio
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 10:53 hs

    Comentários que foi uma guerra de torcida. Uns gritam gafanhoto, gafanhoto, sogra, sogra, outros mensalão, mensalão etc e tal.

  8. Luciano
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 11:19 hs

    Achei que tem muitos candidatos que não sabia pq tavam ali, o Fabio Camargo ficou o tempo todo rindo dos outros candidatos que coisa feia não respeitar as pessoas, olhando em base para mim o melhor do debate foi o Ricardo Gomyde, ele não atacou ninguém e ai foi a pessoa que o Beto fez a pergunta.
    Mas da para ver que a briga na tv, vai ser ataque entre o Moreira e Beto!

  9. Carlinhos Rodrigues
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 11:26 hs

    Como não podia deixar de ser um Debate Acalorado, mas com alguns pintos positivos, um Voto de Simpatia ao Ricardo Gomide onde de uma forma firme e sabendo dos fatos principalmente na aréa de Saúde e Esporte deu mostra de ser um cara que tem ainda muito futuro, mas o hj para Curitiba ainda é do nosso Prefeito Beto Richa o melhor do Brasil… * Ponto Negativo o pior Candidato do PMDB dos últimos tempos…

  10. Deco
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 12:30 hs

    Debate com claque não pode dá certo para ninguém, no que isso pode beneficiar. Se não pode-se ouvir nem perguntas e muito menos respostas é falta de organização? ou de educação? Cabe ao TRE estabelecer critérios para “debate de propostas”, caso contrário virá programa de auditório onde chama-se caravanas, paga-se lanche e distribuem prêmios aos participantes do auditório, seriedade, respeito, educação é o que esperamos da nossa Democracia tão suada para ser restabelecida! Quem disser que A,B ou C ganhou o debate está sendo parcial,pois convém aos seus interesses essa visão míope!

  11. Estive lá
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 13:19 hs

    Embora acreditando que todos os debates são positivos, pois fortalecem a democracia, o que vi lá não me agradou.

    Até parecia o programa do Silvio Santos, só faltou o padre gritar “quem quer dinheiro” para aquela enorme e turbulenta claque paga.

    Ouvindo os comentário no meio da “turba do PMDB” presente, mas não sobre o conteúdo do debate e sim sobre se cordenação da campanha iria fonecer lanches ou não, fiquei deprimido!

    Eles estavam lá por que foram obrigados, pois estavam cansados de chaqualhar as bandeiras do “15” odia inteiro para somente ganhar um salário minímo!

    Cadê o lanche da “plebe rude”?

  12. segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 13:59 hs

    Quem ganhou o debate de ontem foi a população que viu o “intocavel” ser tocado na ferida dos 24 Milhoes em publicidade. Ele perdeu as estribeiras e ficou mal na foto, será que ele vai aguentar tanta borrada assim, acho que a mascara vai cair.
    Moreira foi firme e apresentou suas propostas, foi muito bem!
    Gleisi foi fina… e tambem foi bem.
    Gomyde paracia um fantoche do Intocavel….. foi mal
    O Intocavel foi desmascarado e sua tropa de CC ficou esterica.
    O Camargo foi emblematico.
    os outros se esqueceram de ir….
    Moreira e Gleise foram os melhores, mas o Moreira foi quem se saiu melhor, pois desmascarou o Intocavel…….

  13. UFPR
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 14:51 hs

    O “picolé de melancia” deveria é estar preocupado com os seus gastos na UFPR que estão sendo questionados pelo TCU:

    Moreira está na lista de inelegíveis do TCU
    Ex-reitor teve contas reprovadas por sumiço de equipamentos e contratos sem licitação
    Abraão Benício, do Jornal do Estado
    Franklin de Freitas
    Moreira Jr: TCU viu reincidência no descumprimento de decisões
    Moreira Jr: TCU viu reincidência no descumprimento de decisões
    O ex-reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR) e pré-candidato doPMDB à Prefeitura de Curitiba, Carlos Moreira Júnior, foi condenadopelo Tribunal de Contas da União (TCU) e está na lista de inelegíveisque será encaminhada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a quemcaberá decidir se ele poderá ou não participar das eleições de 2008. Nadecisão, tomada no dia 28 de fevereiro de 2007, a 2ª Câmara do Tribunalaponta uma série de irregularidades cometidas pelo peemedebista nagestão da instituição de ensino ao longo de 2003.

    Ao desaprovar a prestação de contas da UFPR daquele ano, o TCU destacouque “a reincidência no descumprimento de determinações do Tribunal,dirigidas à entidade no julgamento das contas de exercícios anteriores,enseja a irregularidade das presentes contas e aplicação de multa aosresponsáveis, por configurar a prática de atos de gestão ilegal,ilegítimo, antieconômico, e infração à norma legal e regulamentar denatureza financeira e operacional (…)”.

    Além de Moreira, foram condenados no processo o diretor-geral doHospital de Clínicas (HC), Giovani Loddo e o então pró-reitor, HamiltonCosta Júnior. Entre as irregularidades apontas pelo ministro AroldoCedraz em seu relatório estão: a não utilização de equipamentos médicosque estavam a disposição do HC, o desaparecimento de equipamentos,assinatura de contratos para prestação de serviços sem licitação e afalta de uma relação do mobiliário da UFPR.

    Logo no início do seu parecer, o ministro condena o fato de “não terposto à disposição do público-alvo equipamento de ergometria (…); esubutilização do aparelho de Litotripsia Extracorpórea, pertencente aUrologia, adquirido (…) ao custo de R$ 1.057.347,60, considerando quenão foi posto em pleno funcionamento, apesar do transcurso três anos doseu recebimento (…)”.

    Em outro trecho, Cedraz afirma que a “Carlos Augusto Moreira Júnior,Hamilton Costa Júnior e Giovanni Loddo foi imputada a responsabilidadepelos desaparecimento de aproximadamente 30 otoscópios pertencentes aogrupo 32, do Setor de Otorrinolaringologia, do Hospital de Clínicas,sem resultados concretos quanto à localização dos mesmos”.

    O ministro também condena a “permissão de uso ao Banco Itaú, mediantecelebração do Convênio nº 123/03, tendo por objeto a prestação deserviços bancários pelo ITAUBANCO à UFPR, a título gratuito, com prazode validade de 25 anos; e permissão de uso de espaços físicos, ao Bancodo Brasil, para funcionamento de Posto de Atendimento Bancário, sem anecessária apresentação de justificativa para inexigibilidade delicitação e sem haver previsão de reajuste de preços”.

    Para concluir, Cedraz revela ainda a “inexistência do necessário ecompleto Inventário Físico de Bens Móveis e ocorrência de incorreçõesno inventário existente; e que as cessões dos imóveis nem sempre sãoremuneradas e quando há cobrança, os valores estão muito abaixo dodesejável”.

    Brecha — A condenação, àprincípio, não impede a participação de Moreira nas eleições deoutubro, já os candidatos inelegíveis pelo TCU invariavelmente recorremao artigo 5º da Constituição, que prevê a “qualquer cidadão apossibilidade de levar à apreciação do Judiciário eventuais restriçõesde direito que lhe sejam impostas”. Em geral, os condenados pelotribunal acabam recorrendo à Justiça comum, e conseguem assim mantersuas candidaturas até o julgamento final dos processos.

    Fundações Privadas: Reitor da UFPR é condenado a pagar multa

    Ativo em 04-02-2008 04:57

    Visualizações : 362

    Por não normatizar a relação entre a universidade e a fundação de apoio, o Tribunal de Contas da União determinou que a UFPR desconte do salário do reitor o valor da multa FUNDAÇÕES: Reitor da UFPR é condenado a pagar multa por desobediência ao TCU

    O reitor da Universidade Federal do Paraná (UFPR), Carlos Augusto Moreira Júnior, foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) ao pagamento de multa de R$ 15 mil. A punição foi definida porque a Federal teria desrespeitado 18 das 24 determinações do TCU que normatizam a relação entre a universidade e a Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, da Tecnologia e da Cultura (Funpar).

    O TCU deu prazo de 15 dias, a partir da notificação, para o reitor recolher a quantia aos cofres do Tesouro Nacional. Ainda determinou que a UFPR desconte do salário do reitor o valor referente à multa. Moreira Júnior disse que vai recorrer da decisão em todas as instâncias.

  14. luciano Carvalho
    segunda-feira, 7 de julho de 2008 – 14:59 hs

    Fui no evento por ser morador da região e gostaria de parabenizar a paroquia pelo evento, a parte ruim que vc via que muitos militantes que estavam ali eram funcionarios publícos mas tudo bem o importante que vivemos numa democracia!
    Achei que de todos os candidatos que se saiu melhor foi o Ricardo Gomyde, que soube valorizar a prefeitura e o estado na parte da educação, acho importante colocar que não apenas o munincipio mas tb o estado estamos em 1° lugar no brasil na educação.
    Parabéns a todos os candidatos que participaram do evento!

  15. SABRINA
    terça-feira, 8 de julho de 2008 – 13:49 hs

    Eu tenho uma preferência também por uma(a) dos (as) candidatos(as). Mas o engraçado é que nos blogs as torcidas organizadas e claques também se fazem presentes.

  16. jovelino
    sexta-feira, 1 de agosto de 2008 – 9:23 hs

    Pobre dos Curitibanos!
    Alguns Candidatos são muito ruins, não souberam nem responder as perguntas que lhes foram feitas. A Gleisi foi com certeza a grande vencedora do debate. Percebe-se que vivemos uma grande crise de liderança no Paraná e especificamente em Curitiba.
    Nota zero para alguns candidatos. Nota Zero para o Instituto da reeleição. Nota zero pelo coluio que se percebeu num estilo de perguntas combinbatos entre alguns candidatos.
    Pobre dos Curitibanos. Gleisi nota dez.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*