"Preste-se as informações" | Fábio Campana

“Preste-se as informações”

No site do Supremo Tribunal Federal, há a seguinte observação sobre a reclamação 6270 que trata da liminar pedindo a suspensão da posse de Maurício Requião. Preste-se as informações.

Significa que o relator Paulo Roberto Hapner, que cassou a liminar que pedia a suspensão da posse de Maurício Requião, terá que informar seus motivos.

Até lá, Maurício Requião estará empossado. Mas não terá encerrada a batalha contra ele. O processo continua, diz o advogado Cid Campelo Filho, conhecido pela sua obstinação.


Um comentário

  1. Consultor
    quinta-feira, 17 de julho de 2008 – 9:44 hs

    Em toda reclamação ao STF, se abre a oportunidade para o juiz que proferiu a sentença reclamada informar seus motivos.

    Se não foi concedida liminar, provavelmente é porque vão julgar improcedente a reclamação, já que a posse é hoje e estaria mais que configurado o “periculum in mora”.

    3 anos de Direito na PUC tem que servir pra alguma coisa, né Fábio?

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*