Pedida a impugnação de Maurício Requião | Fábio Campana

Pedida a impugnação de Maurício Requião

Ricardo Bertotti, advogado, candidato à vaga do Tribunal de Contas, pediu a impugnação da candidatura de Maurício Requião, irmão do governador. Até agora não teve resposta ao seu pedido.

Bertotti invocou o artigo 140 da Lei Orgânica do TC que impediria Maurício de exercer a função de conselheiro até 2022. Além do que, a vaga a ser preenchida pertence à Assembléia, que não deveria aceitar a ingerência do governador para beneficiar o irmão.

Bertotti já foi sabatinado e estranhou que não lhe fizessem perguntas a não ser a exposição dos motivos pelos quais ele se interessou pelo cargo e se considera apto para exercê-lo.

A sabatina de cada candidato não dura mais do que dez minutos.


3 comentários

  1. Muito simples
    terça-feira, 8 de julho de 2008 – 11:15 hs

    O Requião fica calado quanto ao processo sobre o prédio do anexo que foi arquivado e a Justiça não indefere a candidatura do irmão?

  2. jango
    terça-feira, 8 de julho de 2008 – 16:29 hs

    Sabatinar ou fazer uma sabatina quer significar: “1.Dar ensinamento profundo, detalhado de determinados assuntos. 2.(pronominal) Aprofundar-se nos estudos de determinados assuntos.”
    Esta “sabatina” de 10 minutos da Assembléia, portanto, não é nem um nem outro dos significados, pois nem os candidatos deram ensinamentos profundos de suas pretensas habilitações nem a Assembléia aprofundou-se nos conhecimentos jurídicos, econômicos, financeiros dos candidatos. Esta “sabatina” indubitavelmente é pública e notória embromação, lero-lero dissimulador de formalidades e conteúdos em que a Casa de Leis e seus ocupantes são – estes sim – mestres e catedráticos juramentados.
    No entanto, louve-se o candidato Bertotti que até por seu advogado fez legalmente esperado – impugnou a candidatura do nepote desqualificado. Chega de anomia !

  3. Vigilante do Portão
    terça-feira, 8 de julho de 2008 – 20:37 hs

    So se mudar o foro, se for na Justiça Federal, ele, Requião, leva pau. Aqui no TJ vão dizer amém para o Napoleão.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*